segunda-feira, 14 de julho de 2008

PRIMEIRA GRANDE SACOLADA DA CREIDE: a experiência, por Joo

O pãozinho chinês e a lata de chá verde foram só pra justificar o tempo que passei no nosso ponto de encontro, a Itiriki Bakery, esperando pela Loo e demais moças phynas que compareceram ao ensolarado bairro da Liberdade (na foto vocês podem conferir o céu azul e a decoração munita) ontem. Na real meu pensamento já estava na barraquinha que vendia Natura e Avon com desconto, armada bem na porta da padaria. Mas como a barraquinha não ia sair correndo de lá, aproveitei a companhia para tomar um simpático bizarro café da manhã.


Por dez reais, consegui na barraquinha um rímel Beautifull da Avon, que a Loo já usou e aprovou. Aproveitamos que a Rua Galvão Bueno ainda não estava intransitável devido à festa nipônica marcada pro mesmo dia de nosso evento – e digo que havia mais gringos falando inglês do que japoneses propriamente ditos – e assim nos dirigimos a nosso destino principal, a IKESAKI, non? No caminho, nossa amygha e leitora Ariett (foto) parou para admirar os cosméticos John Frieda para gente loira expostos em um dos diversos shoppings espalhados pelo bairro /momento Caras>.

Logo na entrada da Ikesaki estavam expostos os produtos de nosso maior interesse, e mulheres de todas as faixas etárias (inclusive duas senhorinhas septuagenárias e hype procurando por ‘maquilagem Duda Molinos’) se acotovelavam no balcão. Tinha Marcelo Beauty, Marcelo Beauty Metal Look, Revlon, Elke, Tracta, Duda Molinos e nossa querida Vult, dentre outras marcas. Batom Vult a R$2,99 (que a Loo levou) e lip Tint Duda Molinos por R$25 e uns quebrados (a famosa "canetinha", que eu levei), enquanto a Fabiana, também amygha leitora, reclamava que nós e nosso pobre blog a estávamos levando pro mau caminho.

Só um toque pras moças que não são finas e, por isso, gongam Vult ao mesmo tempo que exaltam Duda Molinos: o fabricante é o mesmo, benhês. A Loo já tinha mencionado isso aqui no blog e realmente, o colaborador (que se chamar de vendedor eles ficam bravos) que cuidava de ambas as marcas na Ikesaki era o mesmo, o display era quase igual e algumas embalagens (como a do blush em creme da Vult e a do corretivo do Duda Molinos) são as mesmas. Ao que parece o que muda é que a linha do Duda dá a idéia de produtos mais sofisticados (como o Lip Tint, o Forma, o Santé) e um nome forte por trás (uy!). Duvido que os componentes dos produtos sejam muito diferentes, assim como duvido que um maquiador importante como Duda Molinos colocasse seu nome numa coisa que fosse uma porcaria.


A gente observou que os preços da Ikesaki, em geral, não estavam ruins, principalmente considerando produtos mais caros. A Ari, por exemplo, conseguiu um bom preço num kit com três produtos da Neutrogena. Vi um spray para pessoas loiras da linha John Frieda por R$33, contra R$41 pelo mesmo produto, na Audrey, por isso é bom que, visitando a Liberdade, a consumidora esperta pesquise, pesquise e pesquise antes de comprar. No final, o destaque da Ikesaki foi o produto da foto, uma imitação do já barato e considerado tosco (mas que eu nem acho tão ruim assim…) perfume Gabriela Sabatini. Acho que o próximo passo é vender no camelô em bandeja de isopor embrulhada no papel filme, minha gente!


Yeah, a Audrey foi nossa parada seguinte, onde tinha Marco Boni a bons preços, Vult mais cara do que na Ikesaki (mas tinham a linha Sun, que não tinha na Ikesaki, com uma base em gel bem interessante que só não comprei por puro medo de que entupa meus poros e pó queimador a R$9,50, que arrematei). Havia boas opções de pincéis (Klass Vough e Marco Boni), maletas que quase fizeram esta redatora ter um ataque histérico e um estranhíssimo produto extensor de sobrancelhas garimpado pela Jaspion, um pincel com líquido dentro que custa R$60 e serve pra dar forma às sobrancelhas.


Destaque para o display da Prestige, marca americana que eu adoro, onde havia gloss/lip-plumper por R$57 e lindas palhetas com 8 sombras ou combinados de sobra e gloss por preços que variavam de R$45 a R$74 – sim, eu acho que vale a pena porque o produto dura e é excelente. Na Audrey havia ainda duas pérolas do jornalismo-verdade e que agora vocês, amyghas leitoras, conferem nas fotos (a fotógrafa aqui pede desculpa pela qualidade – ou falta de – mas é que como os funcionários dessas lojas não costumam gostar que a gente fotografe as mercadorias, tive que fazer tudo por debaixo dos panos). A começar por um produto da Anaconda com pinta de rímel, mas que na verdade serve como tintura temporária pra cabelos grisalhos. há ainda a maquiagem para pernas da mesma marca, que a gente ficou gongando mas a Loo jura que, durante nossa permanência na loja, entraram várias mulheres procurando pela dita cuja. Medo. Vamos combinar que "Vult" é um nome totalmente creuza, mas acho que nada explica uma marca de cosméticos que se chama pelo mesmo nome que uma cobra grande e feia e que engole inteiros grandes mamíferos (tipo a gente).


A parada final (não porque a gente quisesse, mas porque às 13 horas o lugar já estava completamente lotado e havia uma banda de rock japonês com uma vocalista que balia como uma cabra antevendo o fim do mundo) foi a Tenman-Ya, recomendada pelo Ike. Não achamos Carmex, mas havia Chapstick a R$10 (R$9,90 na Audrey), havia o porta-tofu (???) tão desejado pela Fabi e um Curvex da marca japonesa Kai a R$14,90, que funciona bem (comprei e testei) e vem com simpáticas instruções na língua nipônica. Levei também um apontador munitinho para meus lápis de olhos e boca que não são retráteis (esqueci de dizer que tinha lápis retrátil da Vult na Audrey por volta de R$6).


Não sei vocês, mas achei sucesso total e arrumei muito assunto pro blog, já que tenho muitos produtinhos novos pra testar. E tô louca pra repetir a dose em breve, lá na Liberdade mesmo, num dia em que as pessoas não estejam tão ávidas para pendurar papéis coloridos com seus desejos (foto) nas arvres, ou em outro lugar onde seja possível fazer boas compras sem gastar as tampas!!! Obrigada a quem foi, obrigada a quem não foi, obrigada à Loo (e morra o velho que bateu no espelho dela na volta), obrigada a Tenman-ya que vende gelatinas a R$0,25 para saciar a fome das consumidoras. Espero que logo tenha mais!

11 comentários:

  1. Adorei a gelatina de R$ 0,25. ;)

    E adorei a companhia e o passeio! Nada como estar com as profissas.

    ResponderExcluir
  2. Su, vc não perdoa, hein?!

    Ari, tá loirona na foto!

    ResponderExcluir
  3. Hahahaha relato hilário!
    Ai como eu queria estar em SP para participar...

    ResponderExcluir
  4. "E esse Duda Molinos deve ser uma tremenda bichona"

    ahahahahhahahahaha perfeito!!

    "moças que não são finas e, por isso, gongam Vult ao mesmo tempo que exaltam Duda Molinos: o fabricante é o mesmo, benhês"


    você tirou as palavras da minha boca e roubou um post meu porque eu tava afim de escrever exatamente isso.

    ResponderExcluir
  5. Seguinte: já usei essa linha John Frieda para cabelos loiros, é bôua. Paguei o preço da Ikesaki no saldözo Stand Center, mas ainda assim, dá uma dor no coração pagar 30 e poucas terezas em um produtim que custa 4,25 do-lar no US&A... agora só uso quando rola uma muambança por parte de algum amigo. Anseio por experimentar a linha Frizz Ease, me disseram que é melhor que a linha loura.
    Aliás, alguém que já tenha usado produtos da TiGi pode me dizer se são bons mesmo?

    ResponderExcluir
  6. Realmente, John Frieda para pessoas louras é muito bom, inclusive estou com o Sheer Blonde Spun Gold shaping and highlighting balm na bolsa neste exato momento (ouvi dizer que o Brad Pitt também usa)! hahahahaha Eu também gostei do 100% Shine Glossing Mist da Frizz Ease, tira todos os arrepiados e dá AQUELE brilho saudável. Ai Joo e Loo, vcs são minhas ÍDOLAS!!!! hahahahaha Quero me mudar pra SP! bj!

    ResponderExcluir
  7. Gente, morri!
    Pena que eu não pude ir, adorei!!! hehehe

    Eu também já vi gente gongando Vult e exaltando Duda Molinos...rs Vult rockeia!

    Gente, combinem mais!!!!!!
    Bjus

    Samantha
    http://ajudaeu.blogsome.com

    ResponderExcluir
  8. ai que coisa!!!
    eu qro gente!!
    da prox vez podia rolar fazer umas encomendas, no fim do mundo, onde eu resido, nao tem metade dessas coisas!!!

    beijao e obrigada pelas dicas... sempre excelentes!

    ResponderExcluir
  9. Gente, eu descobri esse blog agora e tô devorando! Tô tipo... AMANDO!
    Um poquinho antes de vcs (no dia 10) tb fui na Liberdade e gastei as tampas c/ a minha irmã.
    Se vcs quiserem mais um companheira p/ garimpar produtinhos na Liberdade... estou aki! hahahaha
    bjus

    ResponderExcluir

É novo(a) por aqui? Então preste atenção nas seguintes observações:

- O VnF? não é uma democracia
- Apreciamos críticas construtivas
- Comentários que tenham por objetivo apenas a auto-promoção poderão ser removidos.
- As postagens antigas estão sofrendo moderação para evitar os chatíssimos robôs-spam