quinta-feira, 9 de outubro de 2008

Unhas brasileiras worldwide

A Adriana é uma fofa e também é responsável por algumas daquelas bolinhas que a gente vê na África do Sul quando abre o mapa pra checar de onde vêm nossas visitas. Fiz uma visita à casa que ela tem aqui em SP e ela ficou me contando sobre a linha de maquiagem que ela tem e sobre a outra atividade da empresa dela, que é importar os produtos Risqué para a África do Sul.

Sim, amyghas! As sul-africanas acham os nossos esmaltes brasileiros super glamourosos e diferentes. Desde as moças de maior poder aquisitivo até as de menor poder aquisitivo, segundo a Adriana, têm levado o produto pra casa, ou saído das manicures com suas unhas banhadas no legítimo Risqué da brazilândia. E eu acho que isso também acontece aqui, né?

Ela contou que as unhas de gel são uma verdadeira febre lá e que ter unhas naturais, como a maioria das moças têm aqui, é algo über exótico, incomum mesmo. Tanto isso é verdade que, quando eu cheguei na casa dela, ela me mostrou um questionário que ia responder. O assunto era "natural nails" e ele seria usado numa matéria pruma revista de beleza de lá. E eu aqui pensando em fazer o caminho inverso e colocar unhas postiças, de tanto que as minhas lascam.

Agora, vejam só: o velho e bom Risqué, que vendenafarmacia por mais ou menos R$2,50 aqui no Brasil, lá custa 64 Rands para o consumidor final, e um pouco mais barato para manicures e salões. Isso dá (acabei de converter) R$15,65. É isso aí, valorização do produto brasileiro rules!

Daí que unhas naturais brasileiras são temdemsia e esmalte da terrinha é artigo de luxo em Johannesburgo! Portanto, Creuzas, quando vocês estiverem na Sumirê comprando Risqué (rimou sem querer) e pagando com notas de R$2 amassadas porque sairam da bolsinha de moedas, sintam-se in!!!


7 comentários:

  1. Como eu demorei tanto tempo pra descobrir esse blog?!
    Amei! A minha cara...rs

    Beijinhos!
    nanda

    ResponderExcluir
  2. Joo, naqueles lados de lá do mundo é assim mesmo. Se vc vai no salão, o serviço é hiper porco, pq elas não tiram a cutícula (por vários motivos), as manicures não são boas e caprichosas como as nossas (bom, nem todas!). E todo mundo lá usa ou unha postiça, ou esse gel doido. Eu acho feio, especialmente pra gente que tem uma certa visão do que é unha bonita. A de gel fica bem menos grosseira que a versão mais antiga, mas mesmo assim é meio estranho. E salão é sempre muito caro, 40 dólares pra fazer pé, às vezes pé e mão. Serviço caro e ruim. Por isso que a maioria das mulheres faz a própria unha, ou coloca essas coisas pra unha ficar mais tempo feita - paga um baitolão de dinheiro de uma vez só, mas fica livre de gastar com isso durante mais tempo. Eu sou mais nosso jeitinho. Mas sou mais os esmaltes deles. Não sei como é na África, mas na Austrália, que tem muito imigrante, especialmente asiáticos e indianos, as cores são muito mais bonitas, e loucas, e diferentes. Eu uso Risqué numa boa, mas Risqué ainda não é páreo pra O.P.I!! :X

    ResponderExcluir
  3. ahhh to pensando de sumiere so tem aqui na av. jabaquara! hahahahaha
    deve ter por sp toda e eu num to sabendo.. hahha



    po.. risque eh tudo de bom... desde q eu passei a fazer unha (e nao tirar em seguida! :P. eu uso risque... hahaha
    pura influencia da mae e da tia! :P

    ResponderExcluir
  4. Ai, amooooo renda!
    Toda semana ele está lá, nos meus pés! :o)

    Beijossss

    ResponderExcluir
  5. Pois é...acabei de chegar da África do Sul, mas não vi nenhum risquezinho prá vender. Me esbaldei foi nos Mavalas e Essie. Cada cor MARA.... a durabilidade deles são MARA ao quadrado,mas bem carinhos, na faixa de 57 Rands cada. Reparei nas unhas das africanas, pq as minhas estavam um lixo, todas impecáveis, muito, mas muito esmalte branco... e eu querendo um vermelhão tipo tomate na mão, a qq preço, kkkkk

    ResponderExcluir
  6. Que fantástico! :D Adorei.
    Eu amo os esmaltes risqué, especialmente as cores mais bizarras tipo roxo e laranja. XD

    ResponderExcluir
  7. Quérida,
    Dê um pulinho no meu site (www.notasdebeleza.com.br) e procure pelo post "unhas de emergência". Falei das unhas postiças auto-colantes da Fing'rs, que na minha opinião são o máximo em quebra-galhices para peruas do bem como nós.
    Bjoquitchas,
    Letícia
    (P.S.: Já chegaram suas sombras-decalque?)

    ResponderExcluir

É novo(a) por aqui? Então preste atenção nas seguintes observações:

- O VnF? não é uma democracia
- Apreciamos críticas construtivas
- Comentários que tenham por objetivo apenas a auto-promoção poderão ser removidos.
- As postagens antigas estão sofrendo moderação para evitar os chatíssimos robôs-spam