quinta-feira, 31 de julho de 2008

Avon chama: arghhhhhhhht


Movida por um fio de esperança levantado pela mais nova revendedora Avon da praça, liguei no 0800 afim de reclamar do cheiro maldito horrível da tal base Personal Match. Liguei, me identifiquei, reclamei e esperei, esperei, esperei. Enquanto isso forneci meus dados e toda a identificação da base, que só vence em 2011. Quase 5 minutos depois explicando que não estava estragado, o cheiro que era ruim demais mesmo, a guria me informou que a Avon trabalha de acordo com o código de defesa do Consumidor que garante a troca em caso de insatisfação em até 7 dias. E eu recebi a tal base dia 17 de junho ..... arght que ódio. Eu podia estar roubando, eu podia estar matando, mas eu só quero me desfazer da maldita.

Não, eu não estou fazendo mimimi, a Avon está agindo certo e etc, mas poxa, qqcusta fazer uma kriente feliz? Porque agora eu estou duplamente insatisfeita .... e vendendo a maldita, btw (eu sei que fede, mas tem gente que recomenda, mas infelizmente não me lembro em qual Flickr que vi.)

Minha experiência no Morangão.


Estou sendo deveras xingada porque dei a dica do Morangão e agora as amyghas estão gastando que nem loucas (quem dera eles estivessem me pagando porcentagem). Mas tenho que dizer que recebi minha primeira compra essa semana e, tirando a demora (não sei se a credito a nossos amigos Correios ou ao fato de que o site é de Hong Kong), o serviço é impecável.

Primeiro, tudo que eu pedi é original, e isso não tem nem discussão. A compra de três produtos, que me deu direito a desconto, foi a seguinte: um blush sólido roll-on da Stila, um creme para os olhos Laura Mercier e um lip stain Laura Mercier (que já usei e parece mais com o batom matte da Contém 1g, aquele que a gente aplica com pincel, do que com o Lip Tint ou o Just Bitten, que não têm textura). De brinde, veio uma embalagenzinha de pó facial solto Calvin Klein, tudo individual e lindamente embalado em papel prateado (espero que pelamor não estejam colocando escravinhos pra embrulhar os cosméticos, acho que eu devolvia tudo), acompanhado de uma cartinha amigável escrita no bom inglês que é falado na China. Tudo deu US$75, eles não cobram frete e eu não fui taxada, estando mais uma vez demonstrado que a alfândega possui critérios (ou falta de) que a gente ignora.

O grande atrativo do Morangão é o preço, mesmo. Que é mais barato do que as coisas aqui no Brasil é quase óbvio; mas a grande sacada é que ele pode ser mais barato do que grandes lojas de cosméticos como a Sephora. Com viagem marcada pra 01/09, tendo como destino a terra do Tio Sam, andei fazendo minhas listinhas e o queixo caiu ao descobrir que quase todos os produtos L'Occitane e Laura Mercier saem mais em conta no Strawberrynet do que na Sephora. E aposto que eu ia encontrar coisa mais barata de outras marcas também, se continuasse procurando. Sem contar que o site não cobra frete nem taxa, e todos os estados americanos embutem uma porcentagem, a título de sales tax, no preço final do produto. Claro que devido aos já falados critérios (ou falta de) obscuros da alfândega, você corre o risco de ser taxada. Mas eu acho que comprar aos poquinhos resolve o problema.

Moral da história: mesmo que você vá viajar, dê uma olhada no Morangão primeiro. Não pra sair comprando que nem louca, mas pra economizar, sim, que é justamente o espírito deste humilde bloguinho.

quarta-feira, 30 de julho de 2008

Vencendo a preguiça - NYX Cosméticos

Quando "descobri" a NYX, logo fiquei sabendo que é caro e caro pra mim leva a tecla do foda-se porque eu lembro que existe Vult e o comparativo Mac X Vult. E eu sou uma pessoa turca, apesar dos 2 sobrenomes italianos que sempre tenho que soletrar. E ai bateu a preguiça de perder alguns minutos olhando o stand da NYX. Bateu preguiça há um mês atrás, quando estive bem perto do Shopping Paulista mas não fui ver, bateu preguiça sábado, no stand colado na escada rolante do Shopping Higienópolis, e bateu preguiça hoje, quando voltei no mesmo lugar de um mês atrás perto do Shopping Paulista. Mas hoje eu tava bem feliz, fui praticar o jornalismo gonzo investigativo que move esse blog. Cheguei e olhei, olhei, olhei. Ao contrário da Contem 1gr, ninguém tentou me empurrar nada, aliás, nem boa noite eu recebi. Vi o preço de tudo, os valores estavam um pouco acima desse Flickr que a Marina recomendou hoje. Quase indo embora, interrompi o beesha vendedor da conversa animada que ele tava tendo para perguntar da tal necessárie: R$ 50,00. Foi o suficiente, depois do bronzer de R$ 161 (gigantesco, tenho que dizer). Testei 2 batons no dorso da mão e tirei foto, mas não vale a pena publicar. Vult com força a R$ 2,99. Fui descontar o preço caro no Halim, porque amamos comidas baratinhas e maravilhosas.

E hã, não recebemos para falar bem de marca nenhuma (ainda). Quando isso acontecer, vocês saberão.

Vivendo de amostras - II


Conforme dica da nossa leitora e colega de labuta Bel, fiz o cadastrinho* no site da VitaDerm em troca de amostras grátis. Era prometido produtos da linha Vita Spa, e escolhi a loja do Shopping Higienópolis para retirar. Passei lá sábado, pouco antes de fechar, e a vendedora não tinha mais amostras da linha Vita Spa. Me ofereceu amostras de shampoo e condicionador adequado ao meu tipo de cabelo**, e 3 de cada, por causa do tamanho ***. Como não tinha do prometido, ela falou que eu podia pedir amostras sempre que passar por lá. Yupi!

O shampoo tem um cheiro forte de café, idêntico ao de bala de café, e não faz espuma. E eu gosto de shampoo que faz bastante espuma. Maaaaaas, mesmo assim, sabe quando você passa a mão no cabelo molhado e faz aquele barulho de cabelo limpo? Poizé, fez. Amey. O condionador tem cara, cor e textura de doce de doce de lata, bem cremoso. Mesmo depois que você passa nos cabelos. Achei bem Ok. Não reparei se logo depois de enxaguar o cabelo continua com cheiro de café. Apliquei o leave-in logo depois e não senti cheiro nenhum (oi? eu odiaria ter cheiro de café no meu cabelo durante o dia).

O shampoo custa R$ 21,30 e o condicionador R$ 22,10. Achei o produto bom, mas não pago mais de 20 reais por ele de jeito nenhum.





* Pede CPF no maldito cadastro, mas não tem validação, então pode colocar o telefone do vizinho no lugar que serve.

** Para todos os tipode cabelo. Bem específico.

*** Cortei meu cabelo na altura dos ombros. Odeio esse pessoal de progressiva com nojo preconceito de cachos.

Ps. Depois do cadastro, você tem que imprimir e levar o comprovante. Ela mal olhou e não recolheu. Ou seja, chegachegando pedindo amostras que você leva.

terça-feira, 29 de julho de 2008

A resenha da leitora.

Quando a gente começou esse blog, já que não éramos (e continuamos não sendo) experts em maquiagem nem nada, queríamos fazer testes, opinar e ouvir o que as pessoas acham dos produtos.

Isso acabou acontecendo depois que muitas amyghas pheenas descobriram o blog. Se bobear, hoje tem mais dica nos comentários do que no blog propriamente dito. Depois de trocar informações com leitoras, aprendi a colocar código de desconto no EDM e também a fazer o raio do olho esfumado.

E já que a gente tem recebido muitos comentários e e-mails, queremos publicar as resenhas das amyghas leitoras. Se recebessemos resenhas suficientes, publicaríamos uma por semana, digamos, às sextas-feiras. Então, meninas, querendo resenhar seus produtos de make favoritos, é só escrever pra gente em vendenafarmacia arroba gmail pontocom. A única exigência é seguir a proposta do blog, ou seja, falar sobre itens que a gente não precise vender nossas calças pra comprar. Vamos fazer a experiência e ver se dá certo? Tudo pela ciência...

Então... escrevam, meninas, que sexta a gente publica!

Vende na farmácia: Superstay Lipcolor, da Maybelline.

A chegada da minha encomendinha que fiz no Morangão (um blush sólido da Stila que é lindo mas eu esperava que fosse maior, um creme para olhos Laura Mercier, um lip stain também Laura Mercier e, de brinde, o pó facial solto da Calvin Klein) me deixou empolgada para escrever uma resenha neste pobre blog abandonado.

Ontem, enquanto meu namorado comprava barbeador na Droga Raia, deparei-me com esse aparato aí da esquerda, que é o Superstay Lipcolor, da Maybelline. Havia poucas cores disponíveis, então levei a 745, que acho até que é essa da foto. Embora a tampa seja vermelha-russian-red, a cor do produto puxa mais para um vinho de vibe sangue-venoso-pobre-em-oxigênio-do-filme-do-Conde-Drácula.

O esquema é o seguinte: etapa 1, aplicação do batom líquido de longa duração, com aquele pincel-esponjinha básico. Etapa 2, aplicar por cima o balm condicionador. Aí eu já fiquei com os dois pés atrás. Morro de medo desses batons de duas etapas, meu primeiro foi um da MAC (sim, da MAC!) que deixava a boca dura. Depois, fiquei pensando na lambança: a gente sabe o que acontece quando passa balm por cima do batom.

E o desgraçado não é nada fácil de aplicar. A cor é liiiinda, luxo mesmo (embora não dê pra usar em qualquer ocasião, não é uma cor pra usar pra ir ao mercado) mas, se não aplicar devagarinho, sai pra fora da boca, borra e mancha. Precisa de várias demãos (/pedreiro>) pra ele ficar com uma cor uniforme nos lábios.

Na hora de passar o balm, nem eu acreditei. O batom já estava aderido na boca, colado mesmo, então a nhaca que eu previa (sair todo o batom no balm, e o balm ficar todo emporcalhado de vermelho) não rolou. Depois do balm, até que me senti confortável com aquilo na boca. Comi salada, tomei coca-cola, beijei, joguei videogame e o negócio só saiu quando eu ESFREGUEI um algodão com aquele demaquilante bifásico da Lancôme. E fica-a-dica: o batom não sai, mas o balm sim, o que significa que, durante a noitada, você não tem que reaplicar a cor mas tem que reaplicar o condicionador, senão o lábio vai ficar com aspecto ressecado.

Eu acho que, pela dificuldade de aplicar, ele merece uma ocasião mais elaborada mesmo. De início não gostei do produto pela dificuldade em aplicar, mas daí resolvi largar de ser Creide e pensar que, às vezes, a gente precisa dispender um tempinho maior com a maquiagem.

Vende na Farmácia? só não aprovou o preço: R$29,90. Embora esteja na média dos demais lip stain, como disse Frederico, "tudo isso por uma coisinha tão pequena???".

segunda-feira, 28 de julho de 2008

Momentos de Sabedoria no gtalk

Juliana: meu morangão foi entregue
vi no site do correio

Juliana: gostaria de saber por onde andam minhas outras encomendas!!!
e vc tb, né?

Luciane: aff, nem me fala, eu fico pensando se o correio só tenta entregar na hora que não tem ninguém em casa
mas acho que é que nem menstruação atrasada: só desencanar que chega

O que vem por aí ...

- Minha participação num "curso" de "auto-maquiagem" (e a explicação sobre tantas aspas)

- Mais da série "Vivendo de Amostras"

- O poder da maquiagem em gente-como-a-gente

- E fotos de tudo isso ....


Isso em breve, porque a gente trabalha (lerê lerê), estuda, namora, tem família, bichos e principalmente preguiça.

sexta-feira, 25 de julho de 2008

And the Oscar goes to...

Estamos nos achando animal porque ganhamos mais um prêmio. E este não é um prêmio comum, nem pelo prêmio em si, mas porque quem nos deu foi a super-ultra-luxo-expert em maquiagem Marina, do 2beauty, e ainda nos colocou pra encabeçar uma lista de outros blogs que a gente lê e admira... u-huuu


Abaixo, em itálico, uma descrição do Prêmio Dardos. Sem itálico, nossos comentários (porque a gente é tagarela e não ia deixar passar, neam???):


O que é prêmio?

Recompensa; distinção conferida por certos trabalhos ou por certos méritos. (valeu aí!)


O selo é o Prêmio Dardos: Com o Prêmio Dardos se reconhecem os valores que cada blogueiro mostra cada dia em seu empenho por transmitir valores culturais, éticos, literários, pessoais, etc…, que em suma, demonstram sua criatividade através do pensamento vivo que está e permanece intacto entre suas letras, entre suas palavras. (valeu aí x2!)


O Prêmio Dardos tem certas regras:


1. Aceitar exibir a distinta imagem (demorei um pouco pra perceber que era uma máquina de escrever, mas ia publicar assim mesmo)

2. Linkar o blog do qual recebeu o prêmio (essa é fácil, a gente linka ela o tempo todo!)

3. Escolher quinze (15) blogs para entregar o Prêmio Dardos (ok, prometemos escolher 15 blogs sem fazer cara feia e tentando não repetir os já indicados... só entendam que nossos critérios são bem subjetivos, pessoais e definem nosso way of life...)



And the Oscar goes to...


1. Ariett, nossa amygha e 'assessora de imprensa'

2. Tô com Fome, para as famintas de plantão

3. Tie Dye Poa, para cabelos maravilhosos

4. Bem Casadas, de utilidade pública

5. Shoe me, variedades para a moça phyna

6. Oficina de Estilo, moda linda e usável no dia-a-dia

7. Garotas Estúpidas, porque a Camila é chique sem ser fresca

8. La Reina Madre, e as bolsas mais lindas da galáxia

9. Sou pára-raio de doido, pela semelhança incrível com a realidade da moça phyna *

10. I don't mind a rainy day, porque adoramos a dotôramédica

11. Samantha, leitora e amygha esperta

12. Céu azul lindo demais na Ilha de Siris - ele fala por si mesmo

13. A arte de se maquiar, que tem dica pra caramba

14. Se mata..., e força na campanha pelo fim da inclusão digital!

15. Fale com Deus: para os momentos espirituais



* para os p*nheteiros de plantão, Loo as conhece há mais de década hohoho

quinta-feira, 24 de julho de 2008

Chorei. E agora?

Atire a primeira pedra quem nunca fez mimimi. Eu, por exemplo, sou conhecida por aqueles choros-desabafo, em que me descabelo por uns minutos e, logo após, me sinto outra. Só que esses poucos minutos já são suficientes pra fazer minha cara ficar uó. Meus olhos incham, a pálpebra inferior fica cheia de pontos vermelhos, meu nariz fica enorme, meu lábio racha... é rédículo.


Daí, putz, por algum motivo eu preciso sair. Tenho que ir trabalhar, tenho uma festa, alguém me chamou prum programa imperdível, sei lá. E estou com cara de koo. Sei que, se sair assim, todo mundo vai ficar me interrogando sobre a cara de koo e eu vou ficar de saco muito cheio.

E agora, José?

Nos 10 minutinhos que eu já iria mesmo levar pra me acalmar, aproveito pra aplicar dois truquezinhos de Creuza que são uma mão na roda pra moças choronas. A primeira coisa é levar correndo meu creme de olhos preferido (confesso que quando aprendi esse truque, há milênios atrás, ainda não era maníaca por cremes para a área dos olhos, usava um hidratante para peles oleosas mesmo) pra dentro da geladeira - sim, é isso mesmo. E enquanto ele fica lá, vou lavar o rosto com meu sabonete de todo-dia e embeber dois saquinhos de chá de camomila em água gelada.

Vocês adivinharam: 10 minutos deitada, dando um relax, com um saquinho em cada olho fechado. Depois, é só ir buscar o creme (que também já deve estar geladinho) e usá-lo pra massagear a área dos olhos, e assim ativar a circulação. /creuza>


Feito isso, o próximo passo é a maquiagem, e o jeito vai ser caprichar no corretivo, sob os olhos e nos pontos que estiverem mais vermelhos. Vale lembrar que o acabamento do corretivo TEM QUE SER (sem conversa!) igual ao tom da pele do seu rosto, sob pena de você parecer uma louca - que é justamente o que estamos tentando evitar. Sem querer parecer que estou recebdo jabá (não estou, mas já acho que deveria, hehe), indico o corretivo da EDM, que vem em pó mas, em contato com a pele, fica cremoso, muito legal. Eu tenho o "peach", mas ando lendo muitos elogios ao "multitasking". De qualquer modo, corretivo é algo muito pessoal: é que nem cu corazón, cada um tem o seu. Base e pó também ajudam nessas horas, porque fazem com que o tom da pele fique uniforme.

É bom tomar cuidado com o blush, porque talvez a pele já esteja rosada o suficiente devido ao chororô. Mas pó bronzeador aplicado com pincelzão pode e deve ser usado, pra dar ar de saúde (pincel de blush Prada, em torno de R$8 e pó da Vult Soleil, em torno de R$10). Se os olhos já estiverem descongestionados, vale um iluminador ou sombra clarinha na pálpebra móvel e lápis branco pra delinear a pálpebra inferior - o efeito é sutil mas é legal. Se os seus pobres zoinhos ainda estiverem inchados, melhor deixar quieto. Dá até pra apelar pros óculos escuros que, além de esconderem um pouco a cara de koo, protegem o olho e fazem com que a gente não fique franzindo a testa. Mas só se estiver de dia, hein... óculos escuros à noite não, pelamor!!!

Pra hidratar os lábios, serve a Naturavene da Loo, serve meu Nívea Lip Care, serve o Chapstick de R$10 que tem na Liberdade. Batom claro ou gloss com brilhinho ajudam, tudo bem discreto, pelo menos até que você esteja se sentindo melhor. Perfume suave, rímel incolor ou com aplicador de pentinho pra não empelotar (repetindo, se os olhos já estiverem ok) and you're ready to go!

Ah, pra terminar, minha dica de vibe Dr. Lair Ribeiro: durante a maquiagem, ponha pra tocar e cante junto suas músicas preferidas, mas só as que te deixem pra cima. Comigo é sempre Beatles, não tem jeito, Back in the USSR faz maravilhas. Pra aquelas que acham que esta é uma dica sem-noção de auto-ajuda, não é bem assim: a cantoria vai te ajudar a relaxar os músculos da face e aí, você pode ter a certeza que não vai sair pra rua com a cara do Coisa.

Grrrrr!!!!

quarta-feira, 23 de julho de 2008

Ainda a fama ...

Nossa leitora Silvinha nos deu o selo (uy) "Esse blog é Mara". A gente também não sabe quem é essa pessoa que parece mulher mas pode ser homem, mas amei o pingente de cavalo. Uma vibe TDUD? sabe?

O tal do lip stain.

Lip stain, como o nome já diz (dã), é o produto que serve pra "manchar" os lábios: colori-los, mas sem que haja nenhuma textura, ou com a mínima textura possível.

Os mais falados pelos blogs de maquiagem afora são o Lip Tint do Duda Molinos/Vult e o Just Bitten, da Revlon. O primeiro é mais fácil de encontrar do que o segundo, tem em diversas lodjeenhas na Liberdade (o meu veio da Ikesaki) e na Drogaria Iguatemi. O produto da Revlon andou sumindo das prateleiras, mas como eu consegui comprar o meu antes disso (encontrei na Onofre Megastore da Av. dos Nhambiquaras, em Moema), posso dar uma palavrinha sobre ambos. Ah, eles custam mais ou menos a mesma coisa, de R$25 a R$30, o que eu acho meio facadinha.


O Lip Tint é bem bonitinho, parece uma canetinha daquelas hidrográficas, com a qual você rabiscava a parede da sua casa quando tinha cinco anos e deixava sua mãe louca. É meio estranho usá-lo no início porque realmente parece que você está pintando sua boca com uma canetinha Faber Castell, e dá medo de ressecar tudo. Depois acostuma e você vê que não resseca. Como dá pra ver aí na foto, há bastantes cores disponíveis, para os mais diversos gostos, e a maioria tinha na Ikesaki quando fomos lá. O meu tem a cor um, rosinha pálido. Dá um colorido legal nos lábios e dura bastante mesmo - se bobear, em mim, fica por umas quatro horas. Não é a melhor coisa pra se usar em lábios secos ou rachados, a menos que você passe um balm incolor por cima. Paguei a bagatela de R$25 e uns centavos, gostei, não me arrependo e estou usando feliz e contente. Vende na Farmácia? aprova, apesar do precinho salgado.


O Just Bitten tem um pouquinho só mais de textura do que o Lip Tint. Até por isso, dá pra usar como blush, sem parecer uma coisa muito tabajara. O lado ruim é que, se não tomar cuidado, você sai com os dentes vermelhos depois da aplicação. A cor que eu tenho é essa aí da foto mesmo (berry juice), acho linda de morrer e tem feito sucesso no inverno. Depois que seca, também dura bastante, beijei com ele e não saiu, juro. Vem nessa embalagem roll-on, parecida com os frascos daqueles brilhos que foram tão gongados aqui no blog e, por isso, é mais difícil de aplicar do que o Lip Tint, se não tomar cuidado acaba borrando as bordas dos lábios. Como eu disse, ele anda meio sumido das lojas. Pra quem quiser arriscar (eu não sou muito fã) tem no Mercado Livre a R$29,99. E vale pra ele o mesmo que foi falado do produto do Duda Molinos: não resseca a boca mas, pra quem quiser hidratação, convém usar um balm depois, porque ele apenas tinge mesmo. Vende na Farmácia? usa e gosta.

Qual dos dois é melhor? Difícil dizer. O Lip Tint é um pouco mais barato e mais fácil de aplicar. Em compensação, o Just Bitten serve de blush e tem cores mais bonitas (embora eu só tenha visto duas até hoje). Acho que vou deixar as amyghas decidirem!

terça-feira, 22 de julho de 2008

Tutorial da Creide: Como escolher o kit de amostras-grátis no site da EDM???

Pode parecer óbvio, mas não é. O mecanismo é meio chatinho mesmo, além do que o site dá pau toda hora (é só vocês conferirem o horário nos meus print screens e ver que os primeiros são da hora do almoço e os seguintes, do começo da noite, que foi só quando consegui fazer funcionar a bagaceira). Não obstante, nós do Vende na Farmácia? recomendamos os produtos. Não dêem bola pra umas discussões do Flickr, onde dizem que a EDM não é tão legal assim, que a M.A.C. é melhor, etc. Porque tipo, dã. A M.A.C. é campeã, mas nem todo mundo tem crédito e estômago pra dar 70 dinheiros num batom (só pra constar, o Morangão voltou a vender M.A.C., mas a quantidade de produtos ainda tá meio reduzida).

Considerações feitas, vamos ao que interessa: nosso tutorial loosho, com direito a imagens editadas no Paintbrush (que eu espero que aumentem se a gente clicar nelas), tudo em sintonia com o espírito tosco-chic deste blog.

Passo um: vá ao topo da imagem e escolha "makeup" e depois, na barra verde escura, "custom kits".

Passo dois: Desça um pouquinho a barra de rolagem até encontrar o "free sample makeup kit", é esse que você quer. Adicione-o a seu carrinho de compras clicando em "add to cart".


Passo três: nessa janelona, é só clicar "OK".


Passo quatro: na barra da direita, dentro do seu carrinho de copras ("shopping cart") já deve constar o kit que você escolheu.



Passo cinco: O kit dá direito a 3 amostras de base ("foundation"), uma de blush e uma de corretivo ("concealer"). Para escolher as cores, volte ao menu "makeup" (aquele do primeiro passo) e vá clicando nos produtos cujas cores você quer escolher. Nesse tutorial, vamos usar a base ("foundation") como exemplo, e depois é só repetir a operação com o blush e o corretivo.



Passo seis: com o mouse, botão esquerdo apertado, arraste a cor que você gostou pra "dentro" do seu carrinho. De novo, são três cores de base, uma de blush e uma de corretivo. Mas que isso, o sistema não aceita e vai aparecer uma janelona dizendo que você não pode fazer isso e etc.



Passo sete: Nas bases, assim que você escolher e arrastar cada cor para o carrinho, uma janela vai abrir, perguntando o acabamento que você quer que sua base proporcione. Eu tinha prometido falar a respeito num post, mas como a Marina já o fez e somos muito fãs dela, aqui vai a explicação que ela deu, e a gente já mata dois coelhos com uma pedra (era pedra?) só:


Original GLO
Ideal para peles normais ou secas. Dá ao rosto um toque luminoso e possui cobertura média e duradoura.

Semi-Matte
Ideal para peles normais ou mistas. Essa fórmula é bem “sequinha”, mas não chega a ser totalmente opaca, pois também dá ao rosto um pouco de luminosidade (de forma BEM mais sutil que a Original Glo). Seu acabamento é natural.

Matte
Ideal para peles oleosas. Seu acabamento é opaco, porém sedoso e a cobertura é média.

Intensive
Ideal para todos os tipos de pele. Seu acabamento é muito parecido com o da fórmula Matte. Controla a oleosiade quando necessário, mas não resseca a pele. Na minha opinião, é a fórmula que dá melhor cobertura.


Depois de escolher as bases é só fazer o mesmo com o blush e o corretivo. Se quiserem também comprar outros kits, a operação é exatamente a mesma, se o site ajudar e não emperrar. Daí pra frente é só cadastrar nome, endereço, cartão de crédito e etc.


Sejam felizes com suas amostras-grátis. Afinal, de graça, até choque.

UPDATE: Leia aqui: A EveryDay Minerals parou de entregar no Brasil??

De volta do limbo!

E eis que eu volto de uma licença médica completamente offline pra encontrar este humilde blog bombando de visitas, muitas antigas e muitas novas, que vieram do blog da Rosana Hermann e do jornal Destak (ambas as indicações com o dedinho da nossa 'assessora de imprensa' Ariett).

Eu tinha até um post preparadinho pra hoje, mas apareceram tantas dúvidas interessantes que comecei a arrumar mais outros. Esperem para muito breve, então, os seguintes assuntos:

+ um tutorial sobre como comprar no EDM, com direito a fotos simpáticas tratadas no paint (só não publiquei ainda porque o site deles vive cheio de pau, e hoje não consigo fazê-lo funcionar por nada);

+ um post sobre o tal do lip stain;

+ uma dúvida de muitas leitoras: o que raios é matte, semi-matte, shimmer, sheer, etc? Vou contar o pouco que sei sobre acabamentos de maquiagem.

+ o que fazer quando você chorou, sua cara está amassada e você precisa sair pra rua sem assustar os passantes? Vende na Farmácia? conta.

Tenham paciência com esta recém-adoentada, ainda abismada com o monte de gente que apareceu aqui... :)

Ainda sobre a Contém 1gr.

Nos comentários do post abaixo vocês me lembraram da beleza (sic) que é o atendimento ....


Enquanto eu tentava ver alguma coisa interessante no balcão com produtos da liquidação, com uma pele que dava pra fritar um pastel, a vendedora, em vez de oferecer o tal fluido matificante, me pergunta se uso sombras e tenta empurrar o tal Creme Fix .... eu ri né?


total falta de senso ...


(eu não trabalho com vendas, mas vendi meu ingresso de estudante pro show do Metallica que fiquei com medo de ir sozinha dentro do 917H, entre a Dr. Arnaldo e a Pio XI para um cara que nunca tinha visto antes e nem estudante era para apresentar a maledeta carteirinha)


segunda-feira, 21 de julho de 2008

Jornal Destak !!


Depois do comentário de Ro! (grazie!), descobri que saímos no jornal Destak. O link é esse aqui: http://www.destakjornal.com.br/noticia.asp?ref=28694 mas parece que só funciona no Virtua da minha casa. A versão impressa está disponível em http://www.bancadigital.com.br/destak/reader/, penúltima pagina, Seu Destak.


Gente, ameeeeeeeeeeeeeeeey. Vende na Farmácia? é a cara de jornal distribuído no metrô, não é mesmo minha gente?


domingo, 20 de julho de 2008

Promo Contém 1Grama - faça valer o seu direito

Estive há pouco num stand da Contém 1gr

- Oi, quanto tá o blush líquido?
- R$19,90
- mas tá em promoção no site ....
- a promoção é só caso leve 2 produtos ...
- mas não tá falando nada disso ... (já desistindo...)

Nisso a vendedora resolve perguntar pra gerente (quem dera se todas agissem assim)

- Quanto tá saindo o blush líquido na promoção?

(gerente) - R$ 9,00.
(eu) - dá o mais claro logo, por favor.

Nisso me bate o espírito gaaaaaaastar loucamente, mas não tinha 1/3 dos produtos que estão anunciados no site no balcão da promoção, para a sorte das minhas finanças, claro.


Portanto, insista caso a vendedora fizer cara de koo porque a promoção é até o final do estoque. O blush líquido é bacana, perfeito para ficar com cara-de-quem-correu-um-pouquinho, como definiu muito bem uma vendedora há uns anos atrás, mas não achei digno pagar na época os mais de R$ 20, n-ã-o v-a-l-e tudo isso.

sábado, 19 de julho de 2008

Ai meus zoios!


Sensibilizada pelas rugas nascentes sob os meus olhos dada a proximidade dos 30, minha querida tia, cuja secretária revende Avon, trouxe ontem de presente o mimo aí da foto: Avon Renew Ultimate Complexo Reparador para o Contorno dos Olhos.

De cara, já achei a embalagenzinha mimosa: a parte de baixo é o creme, que você usa de dia e à noite, e na parte de cima é o balm, pra ser usado sobre o creme, apenas à noite. Ele promete redefinir o contorno dos olhos, suavizar inchaço na pálpebra inferior, reduzir as rugas e tornar a pele mais clara e uniforme. É indicado para mulheres acima de 45 anos ou com sinais de envelhecimento precoce da pele - antes que vocês perguntem, eu não me enquadro em nenhum dos dois casos, ou pelo menos acho que não me enquadro no segundo, mas os vincos na minha pálpebra inferior andam me matando de medo, por isso acho que não custa tentar, alternando esse produto e o da L'Occitane.

Claro que de anteontem pra cá não deu pra notar resultado algum mas quando houver, se houver, aviso vocês. Posso adiantar que ele não tem muito cheiro, a textura é legal e eu apenas achei meio bizarro esse negócio de passar o balm por cima do creme, acho que mistura tudo e não faz muito sentido, mas enfim...

Minha tia tem mais de 40 e menos de 50, usa Renew há muitos anos e recomenda. Quanto a mim, no quesito creme pra olhos, ando mesmo atirando para todos os lados: Burt's Bees, Avon, Nivea, Avene, Lancome (adquirido mediante usucapião da minha mãe, hehe) e um da Laura Mercier que comprei no Morangão mas tô vendo que, quando chegar, se chegar, as rugas já terão triplicado...

O Avon Renew Ultimate Complexo Reparador para o Contorno dos Olhos custa R$45 e pode ser comprado aqui.

E queremos saber o que as amyghas leitoras usam para retardar a velhice. Fill us in, please!

sexta-feira, 18 de julho de 2008

Truque de Creuza: lábios Jolie-wannabe

Uma das utilidades do lápis branco é que, com ele, a gente consegue fazer um truquinho de Creuza para realçar nossos humildes lábios, já que não nascemos com o potencial labial da amygha Angelina.

Aqui, o lápis branco vai funcionar como um iluminador que irá realçar determinadas partes do contorno do lábio. É bom que a textura dele seja mais cremosinha, porque o que a gente quer é apenas iluminar, e não fazer um traço branco chapado, de vibe Liquid Paper.

Experimentem, antes de passar o batom, delinear o "V" do lábio superior com o lápis branco e dar uma esfumadinha, com o dedo mesmo ou com um pincel fino e macio. Repitam a operação traçando uma linha reta com o lápis branco sob a parte mais gordinha do lábio inferior, e também esfumando.

É, eu sei, falando assim parece Creuza demais. Resolvi ilustrar com fotos e então, por coincidência, encontrei este produto no site da Benefit, que usa o mesmo princípio. E como a boca da foto deles é bem mais simpática do que a minha boca, chupinzei descaradamente:



A diferença aí é que eles propõem delinear o lábio inferior com um tom mais escuro, esse 'mocha', o que vocês podem tentar também. Dá pra fazer isso com o Touche Eclat ao invés do lápis branco, e/ou com os primos pobres dele, tal qual o corretivo da Avon Renew. É só tomar cuidado pra não ficar com os bigodes esbranquiçados. De novo, a idéia é apenas realçar partes do contorno dos lábios pra dar impressão de boca mais gordinha.

Onde vende L´occitane?

Ou "uma visita a mercados de neo-ricos atrás de produtinhos pop"

Logo após a 1ºGSDC, fui ao St. Marchê, e para não perder a viagem, fui saltitando até o corredor de cosméticos (que divide espaço com papinhas de bebê, coisa pheeena). Não havia pincéis novos, além da versão profissional do pincel para lábios.

Aproveitei para comprar o Sabonete de limão EST, que há tempo me chamava a atenção. Custou +- R$ 5 e foi aprovado no teste de qualidade do meu namorado, que achou bem investido o valor (ele tem nome e olheira de árabe sovina, então é um bom parâmetro da relação custo-benefício).

Tem para vender no Submarino. O sabonete tem um cheiro intenso estilo Lush, e aqui deixo para você leitora avaliar com seu nariz se isso é bom ou ruim (tem gente que odeia Lush, eu amo).


Próximos aos vinhos e aos caixas, tem um quiosquinho (uy) da L´occitane, com produtinhos vários cujo preço tenho medo de saber. Vou tentar passar lá para ver se tem esse perfume sólido que Joo falou, por R$ 30 acho válido.


Durante essa semana, fui ao Mambo da Vila Madalena. Maquiagem zero, a única coisa comprável era aplicador de sombras Marco Boni, que parece um cotonete (não comprei). No mesmo corredor, um Kit Neutrogena com o Deep Clean mais um outro produto que não me lembro, mas da faixa de 20 dinheiros, com um DVD do filme "Como perder um Homem em 10 dias" por R$ 95. Nessa hora eu chamei a polícia e meu advogado, pois isso é roubo e extorsão. Não tem L´occitane, mas em ambos os mercados os vinhos estavam em preços convidativos, sendo que eu de vinho entendo que é feito de uva e líquido, portanto, deve ser bebido.


quinta-feira, 17 de julho de 2008

3 por 10


Vocês, em suas vidinhas, já tinham ouvido falar duma marca de cosméticos chamada Andyer? Nem eu. E num dos belos e ensolarados (ahã) dias em que passo na Barra Funda, ao visitar esta lodjeenha aqui, deparei-me com lápis da dita marca, 03 unidades vendidas a R$10.

Tá, eu sei, é quase uma baciada. Mais apavorantes ainda eram os erros de grafia do inglês estampados nos produtos, mas vamos perdoar os amigos chineses, neam? Além do mais, colocar três unidades de um produto a R$10 na minha cara é pedir pra eu levar e fazer a experiência. Tudo pelo jornalismo verdade, etc.

Comprei as três cores aí de cima: azulão, branco perolado e vinho. Não é isso que está escrito neles (não tem NADA escrito a esse respeito, pra ser exata, apenas que eles são pra olhos e boca e contêm vitaminas), é invenção minha mesmo. O resultado da cor na minha pele vocês vêem na foto. Passemos ao veredito.

Branco perolado: foi o que eu mais gostei. O fato dele ter um apontador fofo na tampa ajudou. É legal pra delinear dentro do olho ou passar na pálpebra móvel, fazendo um traço firme ou esfumando, já que a textura dele é cremosinha. Depois vou postar aqui um truque de creuza em que se usa lápis branco pra fazer a boca parecer mais gordinha sem usar lip plumpers nem injeções bizarras de colágeno.

Azulão: parecido com o branco perolado na textura, porém vem sem o apontador. Como ele é muito chegay, acho que o uso dele fica meio limitado (eu e a Loo discordamos sobre o uso de sombra azul no dia-a-dia, ela acha que não dá e eu acho que dá, mas essa cor realmente é espantada demais). Vou tentar na balada.

Vinho: é o piorzinho. A cor é até bonita, mas ele é duro que nem o inferno, seja pra usar nos olhos ou delinear boca. Ainda não sei o que vou fazer com ele, provavelmente usar de palito pra prender meu cabelo enquanto estiver lavando roupa.


Vende na Farmácia? semi-aprova, mas não lamenta os R$10 gastos por boa causa.

quarta-feira, 16 de julho de 2008

Curso de Auto-Maquiagem Vult

Já tinha visto no site e nossa leitora Eliana já deu a dica, e agora é "oficial" e confirmado na loodjenha


Curso de auto-maquiagem Vult
Dia 25 julho das 10 as 13 (sim, é numa 6a)
Ikesaki Liberdade
Rua Galvão Bueno, 37 - info no fone (11)3346-6968


Para participar, basta comprar 3 produtos Vult (não serve lápis ou esponja) e ir lá no dia. LÓGICO que tem que comprar na Ikesaki e levar a nota fiscal no dia, conto com a esperteza de você, leitora antenada em gastar pouco e sair bem na foto. No dia da sacolada garanti minha participação comprando 3 produtinhos (fotos e resenha em breve, eu prometo) e estarei lá, numa sexta feira (porque eu faço horários alternativos, oi?) contando e fotografando tudo para vocês (se deixarem eu entrar com minha camêra de bolsa /piada>)



2008, a Spa Odissey

Em abril, quando esse blog ainda não existia, a L’Occitane fez uma promoção na qual o cliente comprava um tratamento no spa deles, e ganhava outro igual. Eu, que tenho mais ou menos três mães, aproveitei pra presentear cada uma delas com um tratamento dividido em oito mil vezes no cheque especial e, claro, também ir junto, que não sou boba nem nada.


Acontece que eles venderam tanto tratamento que só conseguimos agendar o nosso pra dia 12 de julho, ou seja, o sábado que passou. E minha experiência com o Spa L’Occitane (Rua Bela Cintra, 2023, São Paulo/SP) não começou muito bem, já que a recepcionista que me atendeu era bem chatinha, fez confusão com os horários e AINDA ficou resmungando no telefone (e eu achando que quem precisava de uma massagem relax era ela).


Ainda bem que a impressão mudou quando chegamos lá e então eu, mamman, titia e vovó fomos atendidas pela vendedora Cristiane e por Vanessa e sua turma, que nos mostraram as opções de produtos para massagem corporal (eu e minha mãe ficamos com o óleo revitalizante, enquanto minha vó e minha tia optaram pelo hidratante de lavanda) e, depois de nos oferecerem roupões e biquinis descartáveis (um sutiã tamanho 36 do qual primeiro eu ri, depois tirei da bolsa o biquini que tinha levado ao antever a situação) nos levaram para salinhas à meia-luz onde recebemos 1 hora e 30 minutos de massagem e, depois, massagem-esfoliação-máscara facial.


Achei muito bacana eles terem sacado direitinho o tipo de pele de cada uma e usado produtos condizentes. Na minha mãe e minha vó aplicaram a linha anti-idade, na minha tia combinaram linha anti-idade e anti-oleosidade e, em mim, usaram a linha anti-sinais de 25 a 35 anos, mais máscara de oliva e argila pra absorver o óleo da minha cara.


Como na Disneylândia, onde toda atração termina numa loja de suvenires com preços astronômicos, também terminamos a tarde na lojinha que fica no andar de baixo, e onde eu infelizmente me acabei no tônico e no esfoliante de maçã maravilhosos e no gel de oliva para área dos olhos (que, acreditem se quiser, já deu uma diminuída na olheira do mal).


Mas claaaaaro que, mesmo no meio de tantos belos produtos a preços proibitivos, nós do Vende na Farmácia? temos uma sugestão pra quando nossas leitoras que não gostam de gastar muito visitarem a L’Occitane. O perfume sólido de flor de cerejeira está saindo (e eles vão estar vendendo e vocês vão estar comprando e vão estar se perfumando, sacaram?) por 30 e poucos dinheiros. Como vocês podem ver na foto do post, é tipo um balm cheiroso, vem bastante produto numa latinha e, portanto, deve durar um tempo razoável. Bom para moças que têm namorados frescos (tipo o meu) e não gostam de perfumes fortes.


Vende na Farmácia? adorou, aprovou mas foi à falência e só volta lá quando ganhar na megasena acumulada.

terça-feira, 15 de julho de 2008

Liquidação Contém 1gr


Anne Makeup deu a dica e como é bom a gente repassa:

Vários produtos em promoção, Blush líquido a R$ 9.00. Olha aqui um post sobre ele

Post original aqui.

Maquiagem mineral: NÃO QUERO OUTRA COISA!!!

Fiquei devendo um comentário sobre os produtos da Everyday Minerals que recebi semana passada. Quando abri a caixinha, minha mãe estava junto e começamos a testar tudo que nem loucas, quando então ela correu pro computador pra pedir coisas da EDM pra ela.


Recebi o kit de amostras (meninas, É GRÁTIS, só entrar no site, escolher as cores e pedir, pagando apenas o frete) mais o pincel mini kabuki e as 10 mini sombras que pedi. Minha pele oleosa já está agradecendo pelas bases, principalmente pela light neutral, que é facílima de aplicar com pincel, cobre as imperfeições sem parecer que você ficou horas na frente do espelho se maquiando e não entupiu meus poros grandões.


O corretivo – pedi na cor peach, um tom alaranjado – é uma delicia à parte. Esconde bem mesmo as olheiras e, usando junto com o Touche Eclat, parece que eu tive 9 horas de sono ao invés das parcas 5 ou 6 horas com as quais estou acostumada. E o blush, na cor walkee-talkee, é um rosa que funciona bem sozinho ou mesclado com o pó bronzeador.


Tomei um susto quando abri a embalagem porque achei que não tinham mandado o mini kabuki… a surpresa foi que ele é minúsculo mesmo, olha aí a foto dele na minha mão. No final achei bem macio e o legal é que, como disse a minha mãe, ele cabe certinho na pequeníssima embalagem da amostra - embora vocês tenham que analisar se o custo benefício vale mesmo a pena, porque ele custa US$6 mais frete, e dá pra achar pincel legal por esse preço lá na Liberdade. Quanto às sombras, usei apenas a cor pic nic, que é amarela clara e combinou direitinho com o vestido marrom que eu estava usando no dia em que recebi a encomenda.


MENINAS, CORRAM PRO SITE DA EDM, VOCÊS NÃO VÃO SE ARREPENDER!!! Peçam pelo menos o kit amostra grátis pra testar. E, se quiserem pedir alguma coisa a mais, sigam o conselho da Dani, nossa amygha leitora do Rio: no site, acessem o menu COMMUNITY e então entrem em SPECIALS. Ali vocês encontrarão códigos de desconto de descontos que podem ser usados logo na primeira compra (lembrando que o código muda de tempos em tempos).


EDM: o Vende na Farmácia? testou, aprovou e ficou contente.

segunda-feira, 14 de julho de 2008

PRIMEIRA GRANDE SACOLADA DA CREIDE: a experiência, por Joo

O pãozinho chinês e a lata de chá verde foram só pra justificar o tempo que passei no nosso ponto de encontro, a Itiriki Bakery, esperando pela Loo e demais moças phynas que compareceram ao ensolarado bairro da Liberdade (na foto vocês podem conferir o céu azul e a decoração munita) ontem. Na real meu pensamento já estava na barraquinha que vendia Natura e Avon com desconto, armada bem na porta da padaria. Mas como a barraquinha não ia sair correndo de lá, aproveitei a companhia para tomar um simpático bizarro café da manhã.


Por dez reais, consegui na barraquinha um rímel Beautifull da Avon, que a Loo já usou e aprovou. Aproveitamos que a Rua Galvão Bueno ainda não estava intransitável devido à festa nipônica marcada pro mesmo dia de nosso evento – e digo que havia mais gringos falando inglês do que japoneses propriamente ditos – e assim nos dirigimos a nosso destino principal, a IKESAKI, non? No caminho, nossa amygha e leitora Ariett (foto) parou para admirar os cosméticos John Frieda para gente loira expostos em um dos diversos shoppings espalhados pelo bairro /momento Caras>.

Logo na entrada da Ikesaki estavam expostos os produtos de nosso maior interesse, e mulheres de todas as faixas etárias (inclusive duas senhorinhas septuagenárias e hype procurando por ‘maquilagem Duda Molinos’) se acotovelavam no balcão. Tinha Marcelo Beauty, Marcelo Beauty Metal Look, Revlon, Elke, Tracta, Duda Molinos e nossa querida Vult, dentre outras marcas. Batom Vult a R$2,99 (que a Loo levou) e lip Tint Duda Molinos por R$25 e uns quebrados (a famosa "canetinha", que eu levei), enquanto a Fabiana, também amygha leitora, reclamava que nós e nosso pobre blog a estávamos levando pro mau caminho.

Só um toque pras moças que não são finas e, por isso, gongam Vult ao mesmo tempo que exaltam Duda Molinos: o fabricante é o mesmo, benhês. A Loo já tinha mencionado isso aqui no blog e realmente, o colaborador (que se chamar de vendedor eles ficam bravos) que cuidava de ambas as marcas na Ikesaki era o mesmo, o display era quase igual e algumas embalagens (como a do blush em creme da Vult e a do corretivo do Duda Molinos) são as mesmas. Ao que parece o que muda é que a linha do Duda dá a idéia de produtos mais sofisticados (como o Lip Tint, o Forma, o Santé) e um nome forte por trás (uy!). Duvido que os componentes dos produtos sejam muito diferentes, assim como duvido que um maquiador importante como Duda Molinos colocasse seu nome numa coisa que fosse uma porcaria.


A gente observou que os preços da Ikesaki, em geral, não estavam ruins, principalmente considerando produtos mais caros. A Ari, por exemplo, conseguiu um bom preço num kit com três produtos da Neutrogena. Vi um spray para pessoas loiras da linha John Frieda por R$33, contra R$41 pelo mesmo produto, na Audrey, por isso é bom que, visitando a Liberdade, a consumidora esperta pesquise, pesquise e pesquise antes de comprar. No final, o destaque da Ikesaki foi o produto da foto, uma imitação do já barato e considerado tosco (mas que eu nem acho tão ruim assim…) perfume Gabriela Sabatini. Acho que o próximo passo é vender no camelô em bandeja de isopor embrulhada no papel filme, minha gente!


Yeah, a Audrey foi nossa parada seguinte, onde tinha Marco Boni a bons preços, Vult mais cara do que na Ikesaki (mas tinham a linha Sun, que não tinha na Ikesaki, com uma base em gel bem interessante que só não comprei por puro medo de que entupa meus poros e pó queimador a R$9,50, que arrematei). Havia boas opções de pincéis (Klass Vough e Marco Boni), maletas que quase fizeram esta redatora ter um ataque histérico e um estranhíssimo produto extensor de sobrancelhas garimpado pela Jaspion, um pincel com líquido dentro que custa R$60 e serve pra dar forma às sobrancelhas.


Destaque para o display da Prestige, marca americana que eu adoro, onde havia gloss/lip-plumper por R$57 e lindas palhetas com 8 sombras ou combinados de sobra e gloss por preços que variavam de R$45 a R$74 – sim, eu acho que vale a pena porque o produto dura e é excelente. Na Audrey havia ainda duas pérolas do jornalismo-verdade e que agora vocês, amyghas leitoras, conferem nas fotos (a fotógrafa aqui pede desculpa pela qualidade – ou falta de – mas é que como os funcionários dessas lojas não costumam gostar que a gente fotografe as mercadorias, tive que fazer tudo por debaixo dos panos). A começar por um produto da Anaconda com pinta de rímel, mas que na verdade serve como tintura temporária pra cabelos grisalhos. há ainda a maquiagem para pernas da mesma marca, que a gente ficou gongando mas a Loo jura que, durante nossa permanência na loja, entraram várias mulheres procurando pela dita cuja. Medo. Vamos combinar que "Vult" é um nome totalmente creuza, mas acho que nada explica uma marca de cosméticos que se chama pelo mesmo nome que uma cobra grande e feia e que engole inteiros grandes mamíferos (tipo a gente).


A parada final (não porque a gente quisesse, mas porque às 13 horas o lugar já estava completamente lotado e havia uma banda de rock japonês com uma vocalista que balia como uma cabra antevendo o fim do mundo) foi a Tenman-Ya, recomendada pelo Ike. Não achamos Carmex, mas havia Chapstick a R$10 (R$9,90 na Audrey), havia o porta-tofu (???) tão desejado pela Fabi e um Curvex da marca japonesa Kai a R$14,90, que funciona bem (comprei e testei) e vem com simpáticas instruções na língua nipônica. Levei também um apontador munitinho para meus lápis de olhos e boca que não são retráteis (esqueci de dizer que tinha lápis retrátil da Vult na Audrey por volta de R$6).


Não sei vocês, mas achei sucesso total e arrumei muito assunto pro blog, já que tenho muitos produtinhos novos pra testar. E tô louca pra repetir a dose em breve, lá na Liberdade mesmo, num dia em que as pessoas não estejam tão ávidas para pendurar papéis coloridos com seus desejos (foto) nas arvres, ou em outro lugar onde seja possível fazer boas compras sem gastar as tampas!!! Obrigada a quem foi, obrigada a quem não foi, obrigada à Loo (e morra o velho que bateu no espelho dela na volta), obrigada a Tenman-ya que vende gelatinas a R$0,25 para saciar a fome das consumidoras. Espero que logo tenha mais!

domingo, 13 de julho de 2008

Post rapidinho sobre a 1º GSDC

Na ida eu quase atropelei uma Creiça e na volta um velho filhodaputa estressado quis me fechar, deu um tapa do meu retrovisor (oi? o que eu faço com as digitais dele?) que estava com merda de passarinho pois meu carro dormiu na rua, me chamou de vagabunda, tentou me seguir (chupa Fox) e não conseguiu.


ahhh, comprei coisinhas, também.

detalhes amanhã

sábado, 12 de julho de 2008

O tal do Bepantol


No post sobre o truque-de-creuza para orelhas problemáticas, muita gente falou sobre o Bepantol. Quando coloquei meu piercing, passei Bepantol para ajudar na cicatrização (que não ajudou em nada porque foi um drama mas deixa pra lá) e na comunidade "Pele Bonita e Saudável" (sem links porque não tenho Orkut, só o meu papagaio quem tem) vi que muita gente usa Bepantol na região das olheiras antes de dormir. Por causa das vitaminas e etc, quem usa diz que tem um efeito supimpa. Usei por um tempo, mas dormir com pomada oleosinha na cara não é bom e eu sofro com milios, aquelas bolinhas brancas que costumam nascer em criança e idosos. E na limpeza de pele, a esteticista disse que é uma tendência de peles oleosas. Então, sem condições de manter a experiência.


O Hipoglós tem um efeito parecido, inclusive nos lábios. Como eu sou uma pessoa problemática e fresca com cheiros e sabores, prefiro prevenir com o velho Naturavene diariamente antes de dormir.

sexta-feira, 11 de julho de 2008

A PRIMEIRA GRANDE SACOLADA DA CREIDE ESTÁ CHEGANDO !!

A Primeira Grande Sacolada da Creide está se aproximando, ú-hu!! É domingo agora, dia 13 de julho, começando as 10:30 na Itiriki Bakery e terminando sabe-se lá como, pois vai ter uma festa maldita tradicional japonesa para colocar ainda mais japonesinhos no nosso caminho até o ouro, digo, maquiagem.

De novo, é só aparecer das 10:30 às 10:59 horas na Itiriki Bakery (Rua dos Estudantes, 24 - Liberdade São Paulo - SP Tel: 11-3277-4939) e procurar pelo canto da padaria onde estiver rolando mais bagunça. A gente não promete pagar café nem pastel pra todo mundo (se tivéssemos grana estaríamos em Monte Carlo jogando nos casinos e comprando La Prairie), mas prometemos amor, carinho, maquiagem e reportagem fotográfica!

E desculpem mas não tinha foto da Creide pra colocar no post, então teve que ser essa aí da Creuza numa vibe oriental, que também serve!

O que vem por aí no Vende na Farmácia? ...

A semana está acabando e com ela, claro, a minha paciência de moça trabalhadora. Hoje, por exemplo, tenho mais coisas a fazer do que meus dois bracinhos permitem e amanhã acordo cedo como se fosse dia de semana - a boa notícia é que é prum curso de fotografia, ou seja, vou aprender a tirar fotos melhores aqui pro blog, que a Loo não vai gongar.

Mas antes, deixarei as amyghas leitoras fofas com um preview do que vai acontecer aqui no blog de amanhã em diante. Esperem por posts a respeito de...

+ mais detalhes a respeito do famoso Bepantol, por Loociane.

+ a Grande Sacolada da Creide, craro. Nosso primeiro megaevento multimilionário e concorridíssimo (cof cof), durante o qual fuçaremos nas lodjeenhas e lodjonas da Liberdade e, no day after, contaremos tudo aqui!

+ minhas amostras Everyday Minerals que chegaram, com direito a fotos dos produtos e quem sabe dos testes. Mas já adianto que não quero mais outra coisa na vida além de base mineral em pó.

+ os três lápis que comprei a R$10 (é, os três a R$10) na Barra Funda, e um truque de creuza com lápis branco pra parecer que você tem bocão.

+ um post encomendado pela Señorita T a respeito do Touche Éclat, que eu não tinha feito só porque ele não vende na farmácia e custa as tampas. Será que consigo efeito parecido com outros produtos??? Vou dar uma de Marina e testar.

+ água termal: é coisa de fresco? pra quê serve? será que existe a água termal boa e barata?

+ por último, um relato creuzo sobre minha visita ao spa da L'Occitane, onde uma massagem e uma esfoliação corporal esperam por mim, amanhã, às 15:30 h.

Também estamos atualizando nossa lista de links (fizemos tantas amyghas leitoras que tá dando trabalho contabilizar todo mundo, mas a gente chega lá, yeah!) e, para um futuro mais distante, quem sabe um leiáute bacaninha...

quinta-feira, 10 de julho de 2008

Links e vídeos

Já visto vários vídeos dessa moça, e são muito bons. Aqui, ela testa e aprova o Creme Fix da Contém 1 gr, para sombras.




Nesse, uma menina nova (18 anos, tipo, eu já era estressada quando ela nasceu) ensina um make natural de forma bem didática e com ótimas dicas.

E ela comenta a pérola: "sempre achei que a gente nao precisa gastar mil reais pra sair bem na foto" oi? querida, essa vai para a galeria de melhores das melhores tá? Se alguém a conhece, por favor avise (tá, tudo bem, eu mesma aviso pelo youtube)

Por último, até o momento (dãm), um blog chamado A Arte de Se Maquiar, que tem muito, mas muito conteúdo, vale a visita e vai direto para a lista de links ao lado.


Update!

gente, tem a parte 2 do vídeo! Dãm! Apesar da Hilary Duff, é obrigatório para todas as leitoras verem tudinho, e tenho dito!

Curso on-line de auto-maquiagem: não fiz ainda, quem fizer/já fez conta aqui pras cálegas.

E claro, todos os vídeos da Marina

O que diz a Receita Federal...

Agora que minhas encomendas da Everyday Minerals chegaram (depois eu conto, depois eu conto!!!) e eu super me empolguei com esse negócio de pedir maquiagem barata 'no estrangeiro', fui bisolhar os mitos e verdades sobre as importações (sim, podem se sentir gatcheenhas, quando vocês pedem maquiagem no EDM ou no Morangão estão importando, vejam só) na fonte: o site da Receita Federal.

Aqui eles explicam tudinho. Para moças preguiçosas, transcrevo e grifo o texto, a seguir:

Importação de Bens Via Remessa Postal ou Encomenda Aérea Internacional, Inclusive para Remessa de Compras Realizadas Via Internet – RTS (Regime de Tributação Simplificada)

Aplicação
Importação de bens pelos correios, companhias aéreas ou empresas de courier, inclusive compras realizadas pela Internet.
Esse regime aplica-se, ainda, no despacho aduaneiro de presentes recebidos do exterior.
Este regime não se aplica à importação de bebidas alcoólicas, a fumo e a produtos de tabacaria.


Valor Máximo dos Bens a serem Importados
O valor Máximo dos bens a serem importados neste regime é de US$ 3,000.00 (três mil dólares americanos)


Tributação
60% (sessenta por cento) sobre o valor dos bens constante da fatura comercial, acrescido dos custos de transporte e do seguro relativo ao transporte, se não tiverem sido incluídos no preço da mercadoria.
Obs. : Quando a remessa contiver presentes, o preço será o declarado, desde que compatível com os preços praticados no mercado em relação a bens similares;


Tributação na Importação de Software
Softwares pagam 60% (sessenta por cento) sobre o meio físico, somente se o valor do meio físico vier discriminado separadamente na Nota Fiscal
Atenção:
Caso o valor do meio físico não seja discriminado na Nota Fiscal o pagamento do imposto recairá sobre o valor total da remessa.


Isenções
Remessas no valor total de até US$ 50.00 (cinqüenta dólares americanos) estão isentas dos impostos , desde que sejam transportadas pelo serviço postal, e que o remetente e o destinatário sejam pessoas físicas;


Medicamentos, destinados à pessoa física, sendo que no momento da liberação do medicamento, o Ministério da Saúde exige a apresentação da receita médica.
livros, jornais e periódicos impressos em papel não pagam impostos (art. 150, VI, "d", da Constituição Federal);


Pagamento do Imposto
Na hipótese de utilização dos correios, para bens de até US$ 500.00 o imposto será pago no momento da retirada do bem, no próprio correio, sem qualquer formalidade aduaneira.
Quando o valor da remessa postal for superior a US$ 500.00, o destinatário deverá apresentar Declaração Simplificada de Importação (DSI)
No caso de utilização de empresas de transporte internacional expresso, porta a porta (courier), o pagamento do imposto é realizado pela empresa de courier à SRF. Assim, ao receber a remessa, o valor do imposto será uma das parcelas a ser paga à empresa;
Obs.: Nas remessas postais o interessado poderá optar pela tributação normal. Para isso deve informar-se no momento da retirada do bem nos correios.
Na hipótese de utilização de companhia aérea de transporte regular o destinatário deverá apresentar a DSI podendo optar pela tributação normal.

Uma ressalva? Pelo visto esse negócio de obedecer ao limite de US$50 não vale apenas pra presentes de pessoa física pra pessoa física, porque meus EDM de US$ 30 (compra mais frete) vieram com o nome da empresa no remetente e eu não fui taxada. Mas que haveria brecha pra me taxar, haveria...
Ressalva number two: se livros não pagam imposto, isso quer dizer que eu posso me acabar na Amazon que nem uma louca???

quarta-feira, 9 de julho de 2008

Uma série sobre pele oleosa

Destinada unicamente a moças que já passaram dos 20, pois antes disso, pra mim, tecnicamente ainda é adolescência e adolescente tem que mais que se fuder sofrer um pouco mesmo. No quesito acne-espinha-pele-oleosa, minha adolescência foi bem tranquila. Quase não tive espinhas, e quando tinha, era por cutucar algum cravo que acabava inflamando. E no meu caso, esses cravos que inflamavam saravam bem rapidinho (às vezes eu sou favorável a inflamar, porque a pele se prepara para isso e cicatriza mais rápido, mas meu embasamento cientifico é proporcional ao meu conhecimento em árabe.)
Usei bastante aquela linha para acne da Avon, com esfoliantes, máscaras, sem saber que é mais importante é limpar.

Limpeza: limpar a pele oleosa é o primeiro e principal passo. Pele oleosa, em cidades com ar puro e cheiroso como São Paulo, atraem toda a sujeira atmosférica para seu rosto, o que faz você parecer a Céu (qual será o próximo personagem da Débora S*cco? depois da Sol e da Céu, poderemos esperar por Sal?), suja e meio pobre. Claro que estou falando na minha condição da época, e não de hoje onde entro no carro para ir trabalhar e só saio ao tempo quando vou almoçar - quando vou almoçar. Naquela época eu pegava de 2 a quatro ônibus por dia, respirava fumaça de monte, dormia em qualquer canto, e no auge da vida junkie, usava Leite de Colônia para "remover as impurezas" e não ficar parecendo um morador de rua.


Limpe com suavidade: mas claro, não basta limpar. Na ingnorancia típica, quando mais seca e repuxada ficar o rosto, melhor, certo? Errado, muito errado. A pele tem o seu efeito rebote: quando mais óleo você tirar dela, mais óleo ela vai produzir. No fórum da saudosa Lush, lembro de ter lido certa vez que "óleo se remove com óleo", coisa que já tinha visto ser feita em mais um dos derramam*ntos da Petrobr*s: usava-se óleo de cozinha para remover o p*tróleo impregnado nas av*s. Limpe de modo que sua pele fique seca, mas não esticada. Mais dicas em Beleza Bacana que também diz que ...



Hidrate: sim, hidrate sua pele oleosa. Partindo do principio acima, se você fornecer "óleo" para sua pele, ela não precisará produzir. Hidrate levemente, usando produtos adequados, e principalmente, use pouca quantidade. Não é Sundown (que eu odeio, cheiro horrível) para você espalhar e formar uma barreira. Use a menor quantidade possível: algo como um grão de mostarda - aquele de acupuntura. Espalhe entre as pontas dos seus dedos e salpique sobre sua pele. NÃO ESFREGUE. Ao esfregar, sua pele irá produzir óleo e yadda yadda yadda.

Eu tinha a esperança (ou ilusão, como preferir) que oleosidade era coisa de adolescência e depois dos 20 anos isso tudo ia acabar. Ledo engano. Só diminuiu a quantidade de cravos. Aos 25, no auge do stress no trabalho, passei a ter espinhas enormes, que cresciam no mesmo lugar, a ponto de deformar o queixo (aqui tem um pouco de exagero, mas era bem feio). Da reclamação na dermatologista acabei fazendo a famosa RMI do House atrás da Síndrome de Cushing, pois o cortisol e o DHEA estavam nas alturas. 2 endocrinologistas depois, acabei me resolvendo com a maravilhosa ....

Pílula anticoncepcional: sim, ameega, se você quiser resolver a pele oleosa e descobrir que raios é essa tal de pele seca, tome a pírula. 3 meses tomando a tal, dormi com a pele oleosa e acordei com ela seca, descascando (literalmente, sem exageros). Era uma coisa tão super-duper que nem lavar o rosto eu lavava mais. Bastava a água do banho que ficava tudo lindo. O único efeito colateral negativo sentido foi que os pêlos das minhas sobrancelhas começaram a crescer alucinadamente (no comprimento, não na quantidade), uma vibe meio Cláudio Lembo, que resolvi rapidamente com tesourinhas compradas naqueles kits de pincéis toscos de 5 reais. Além claro, do peitão. Se você não toma pílula porque acha que vai engordar, lamento dizer, o que engorda é comida mesmo. Botar a culpa na pílula é a desculpa mais tosca que alguém poderia dar. E minha doutora preferida também concorda. Então, passe no amigo (a) gineco e se joga.


Observe que não falei sobre lenços anti-oleosidade ou fluidos matificantes, pois, para mim, isso é meio místico ainda. Estou esperando minha encomenda do EDM chegar para ver qualé. Ah, depois de 2 anos eu parei com a pílula, só para ter uma idéia. Pretendo voltar a tomar em breve.
em breve, opinião sobre produtos

terça-feira, 8 de julho de 2008

Barra Funda, quase Jardins

Cada um trabalha onde pode, e eu trabalho na Barra Funda. Meu namorado também trabalha na Barra Funda, nós cuidamos de um cachorro que mora numa rua da Barra Funda, enfim, boa parte do meu mundinho como eu o conheço fica na Barra Funda.

E não gonguem, porque trabalhar nos Jardins seria clichê demais, com todas aquelas óbvias Diesel e Oshklen e Doc Dog e não teria a menor graça procurar por novidades ali (haha, claro, claro). Trabalhando na Barra Funda eu assumo a tarefa árdua de garimpar aquele lugar esquecido por deus em busca de algum glamour, para que as leitoras possam experimenta-lo a preços populares quando forem à Disal (ok, Chu?), ao fórum trabalhista (ruim), ao fórum criminal (pior) ou ao Playcenter (pior ainda).

No início do ano descobri a Julie Presentes, que fica pertinho dos fóruns, na Rua Joaquim Manuel de Macedo, 311. Os donos pegaram um daqueles galpões enormes, arrumaram bonitinho e colocaram lá pra vender de tudo um pouco: desde aquele caro e bizarro sorvete japonês de melão até artigos para casa e cozinha, passando por roupas, sapatos, bolsas, acessórios, artigos de papelaria, perfumaria e, é claro, maquiagem. Desde então, a loja virou parada obrigatória nas (raras) vezes em que consigo sair do computador e ir almoçar na rua, e minha salvação quando preciso comprar um presente e não tenho tempo.

As roupas não são muito baratinhas: um casaquinho estruturado em sarja preta sai por R$125 e um vestido chemise de viscose estampada sai por R$85. Camisetas básicas por R$25, sapatilhas fófis (essas sim de bons preços) por R$75 a R$85, peep-toes de salto médio por R$100. Écharpes e bijuterias de todos os preços e bolsas meio bregas sobre as quais não tive curiosidade.

Na seção que nos interessa, temos hidratantes Victoria's Secret a R$55, loções Revlon Naté Naturals (eu adoooro a de camu camu) a R$17,90, a máscara da Basicare que eu adoro por R$19, pincéis da Basicare (R$20 o de blush), estojos de maquiagem e nécessaires a preços variados e três lápis de olhos/boca por R$10, várias marcas, sendo que alguns já vêm com apontador. Comprei, e assim que testar conto (é, eu sei, medo).

As atendentes são simpáticas e sempre dão brindes, da última vez ganhei uma canetinha prateada em miniatura que cabe na carteira, parece a famosa Penali Pen especial para preencher cheques /polishop>.

segunda-feira, 7 de julho de 2008

Liberdade, por quem entende.

A PRIMEIRA GRANDE SACOLADA DA CREIDE vem se aproximando e estamos muito ansiosas. Tentando sempre servir bem a nossas leitoras, claro que estamos nos informando sobre os locais a serem visitados.

E ninguém melhor para dar dicas sobre o tradicional bairro da Liberdade do que um... japonês. Com vocês, Henrique, a.k.a. Ike, meu amiguinho japa entregando o ouro no Gtalk:



Henrique: tenho coisas pra compartilhar
Joo: tem?
Henrique: a loja que fica bem de frente para a itiriki bakery... qual o nome mesmo?
Joo: ai, num sei, sou ruim com nomes, pra lembrar o nome da itiriki foi um parto
Henrique: hahaha
então
encontrei carmex e chapstick lá
tinha carmex de todos os tipos... tipo gloss de cereja, tipo manteiga de cacau mesmo, sem brilho e sabor de menta para meninos que têm a boca ressecada como eu
haha
e váaarios tipos de chapstick, com protetor, com cheiro, sem cheiro
Joo: ueba
Henrique: pinças incríveis de aço inoxidável, cortadores de unha dignos de feira de design
adoro essas coisinhas
hahaha
eu amo farmácia
Joo: vou postar isso!!!!

domingo, 6 de julho de 2008

Espelhinhos duplos fofos Marco Boni...

... em torno de R$5, no Supermercado Madrid (Rua Martim Francisco, 777, Higienópolis). Aliás eles têm um monte de coisa da Marco Boni, desde escova de cabelo a esponja de banho infantil, mas não têm pincéis... acho que vou dar a idéia da próxima vez em que for lá.

Vende na Farmácia? testa: Depilador Roll-on Gama

Eu tenho muuuuita preguiça de sair de casa pra certas coisas, e uma delas é ir à depilação. Quando vou, costumo ir à Vanessa, como mamãe já fazia antes de eu nascer, e porque lá eu sei que não se pratica meu grande terror em relação à cera quente: o reaproveitamento de cera. Eca.

Mas constantemente a depilação em casa mesmo, usando a boa e velha pinça, a boa e velha gilete e o Satinelle, o aparelhinho do horror. Ok, ele arranca os pêlos pela raiz e eles demoram pra crescer de novo, mas usá-lo em certas áreas do corpo é uma tortura. Virilha, parte interna da coxa e axila, aff, nem pensar.

Eu soube de muita depiladora usando esse sistema roll-on e, quando vi pra vender por R$66, com garantia de 50 meses dada pelo fabricante na Belíssima, resolvi experimentar. Calculei o custo benefício, considerando que vou gastar muito mais se tiver que ir depilar a perna uma vez por mês. Claro que se você é adepta da praticidade, simplesmente ir ao salão e ficar lá deitadona enquanto a profissional faz o serviço sujo é muito mais fácil, mas eu pessoalmente prefiro fazer isso sentada no meu quarto, assistindo West Wing.

No kit que custa esse preço vêm o aparelho em si, um refil de cera (a moça me garantiu que outras marcas de refil, tipo Depiroll, também são compatíves com o Gama), 20 folhas de papel e uma garrafinha de óleo pra tirar resíduos. Você coloca o refil dentro do aparelho, liga na tomada, espera de 20 a 25 minutos, desliza o roll-on sobre a perna ou o lugar que quer depilar, coloca o papel por cima, respira fundo e dá um puxão de macho no sentido contrário ao do crescimento do pêlo.

Dá pra fazer tranquilamente. Acho que não terei coragem de fazer a virilha com ele (o que significa minha pinça e muito West Wing), mas a parte interna da coxa fiz tranqüilamente e acho que, cortando o papel direitinho, rola até fazer o bigodón. Não fez sujeira nenhuma, sou super descoordenada mas tomei cuidadinho. Os pêlos órfãos que sobraram tirei com o Satinelle do horror, porém como era pouca coisa, dessa vez eu não quis morrer.

Demanda algum trabalho sim, não é a coisa mais fácil do mundo, tipo passar a gilete no corpo todo em 10 minutos e pronto. Mas gostei do resultado, achei que valeu a pena. Fora que gasto menos dinheiro em salão, em gasolina, e gasto menos o meu saco também.

Vende na Farmácia? aprova.

sábado, 5 de julho de 2008

Meu beiço vestindo Benefit


Assim fica o Rush Hour, o 2-em-1-batom-blush da Benefit, na minha boca. Sabem, aquele que tem a cor única, do qual falei há uns posts atrás? Esse.

Assumam que na vida real ele tem menos brilho, 80% é obra do flash. O ideal seria que eu tivesse tirado essa foto durante o dia, sob luz natural, mas tive que aproveitar a visita à casa da minha mãe pra usar o dela, já que ainda não tenho o meu. Tudo pela ciência.

Mega truque de Creuza !!

Você, moça fina e alérgica, não resiste a aqueles brincos-de-farmácia, diversas vezes bonitinhos mas quase sempre ordinários? O níquel (ou algum outro metal bizzarro que não lembro o nome e aprendi em química que é extremamente barato) é o vilão da história, e por experiência própria, esmalte ou base não resolvem a alergia, que no meu caso, chega a soltar pus pelo furo da orelha.

Minha-amiga-que-usa-e-gosta-de-Monage, além de moça fina e devota da causa desse blog, é enfermeira (ok, isso não tem nada a ver, mas fica mais sério :-P ) e recomendou acetato de dexametasona em pomada para resolver esse "incômodo". Antes de usar, você deve lavar o brinco (não sei para quê, se ele já estiver limpo, mas palavra de enfermeira é palavra de enfermeira), secar bem, mergulhar a "agulha" (como descrever a parte que você enfia na orelha heim?) na pomada e ser feliz. Não vai funcionar de modo que você possa passar dias e dias com o brinco, mas pelo menos não vai tirar os brincos no meio da balada como eu costumo fazer. Essa pomada serve também para berebas na pele em geral, já que a dexametasona é um dos mais famosos cortidóides (e provoca euforia nessa colunista).

Até a ultima gota

sexta-feira, 4 de julho de 2008

Vult em João Pessoa e BH

Meninas, atendendo a pedidos de Leitoras de João Pessoa e BH, escrevi para o SAC da Vult, que me retornou o seguinte:

Conforme solicitação, segue a relação de lojas onde os consumidores podem encontrar os produtos Vult:

Em Belo Horizonte/MG:
ESQUINA DO CABELEIREIRO
AV.SIFRÔNIO BROCHADO,225, LJ A
BARREIRO
3384-4477

ESSÊNCIA DA BELEZA
AV:RESSACA,15 LJ05
CORÃÇA EUCARÍSTICO
3413-0618

BELEZA PURA
AV. AFONSO PENA -CENTRO
FEIRA SHOPPING

SUPER COSMÉTICOS
AV. PADRE PEDRO PINTO, 987
VENDA NOVA
3451-2626


Para saber onde comprar em João Pessoa favor entrar em contato com a Val (79) 3214-1694.



É isso aí, agora é só se jogar!!!!

Twitter

Vende na Farmácia? também tem Twitter !!

http://twitter.com/vendenafarmacia

quinta-feira, 3 de julho de 2008

PRIMEIRA GRANDE SACOLADA DA CREIDE!!!!

A Liberdade é um bairro mundialmente famoso por seus japoneses (dã) e por concentrar bibocas com os produtos mais variados e interessantes possíveis. O único porém é que todos os japoneses (e são muitos) e descolados de São Paulo gostam de passear por lá, o que torna o lugar um pouco intransitável (o que fez nossa leitora Yara soltar essa pérola com qual concordo plenamente). Pensando nisso, Joo e Loo pretendem fazer comprinhas populares no próximo domingo, dia 13 de julho (não é o próximo, é o outro outro na verdade) e convidam as leitoras do blog para a PRIMEIRA GRANDE SACOLADA DA CREIDE: o bate-perna de moças finas que sabem onde gastar dinheiro. Esperamos de coração que num domingo a Ikesaki e a Audrey estava numa condição razoável para que possamos nos divertir.

Não precisa fazer inscrição, não precisa pagar nada (embora o dinheiro não esteja sobrando...), não precisa nem pedir por favor. Só precisa aparecer e, requisito indispensável, não ter preconceito. Preconceituosas serão atiradas sem misericórdia ao laguinho das carpas.

Programação:
10:30 h - Encontro na famosérrima Itiriki Bakery (Rua dos Estudantes, 24 - Liberdade São Paulo - SP Tel: 11-3277-4939) para um café ou um quitute japonês que dê 'sustança' pra maratona de compras que virá a seguir.
11:00 h - saída rumo às bibocas atrás de cosméticos bbb
Depois disso - só o futuro dirá...


Outras informações, confirmações e o que mais vocês quiserem nos comentários ou no vendenafarmacia no amigão gmail.