terça-feira, 10 de fevereiro de 2009

Foneshop salva!

Lembram do Edward Mãos de Tesoura, gente? Tudo ali começa com uma revendedora de uma marca famosíssima de cosméticos, que vai de casa em casa tentando vender cremes, maquiagens e afins. Só que ela não se dá muito bem: as vendas vão de mal a pior e, numa tentativa desesperada de vender um creminho que fosse, bate na porta do casarão onde encontra Johnny Depp de peruca preta e com lâminas bizarras nas mãos em lugar de dedos.
Ok. Se a pobre revendedora conhecesse o Foneshop, nada disso teria acontecido. Criado pela Redecard, o Foneshop torna possíveis vendas com cartão de crédito através do celular do vendedor: ele transforma o celular na "maquininha" do cartão de crédito, e assim os revendedores podem ir de porta em porta vendendo seus produtos com cartões Mastercard e Diners.
Pensa só: a revendedora do seu hidratante favorito, que acabou na semana passada, toca a campainha da sua casa justamente quando você tem apenas dez centavos no bolso. Se ela tem o Foneshop, bom pra você, que vai poder usar seu Mastercard ou Diners numa boa e ainda dividir as compras em três vezes sem juros; e bom pra ela, que vende mais, não precisa ficar circulando com dinheiro na mão por aí, e tem o valor das vendas com cartão de crédito creditado diretamente na conta corrente, evitando cheques sem fundo (lembrem-se sempre que moça fina não gasta o que não tem, hã?). E além de você poder comprar seu produto na comodidade da sua casa, ainda tem a tranquilidade de saber que nenhum dado do seu cartão fica armazenado no celular de quem está vendendo.
Chega de fiado, chega de calote, chega de encomenda que some quando enviada pelo correio. Chega de vendas que não rolaram porque o cliente tá sem dinheiro na hora. E chega de bater em porta de casarão assombrado porque não conseguiu vender nada na vizinhança...
Se a revendedora Avon do filme tivesse se credenciado na Redecard, não teria terminado a história com um corte de cabelo brega feito por um cabeleireiro com tesouras em lugar de mãos. Mas você, vendedor ou vendedora, não precisa passar por sufoco: cadastre-se na Redecard, instale o aplicativo no seu telefone celular e começe desde agora a facilitar suas vendas. 
Veja no site da Redecard como fazer o credenciamento e os telefones das centrais de atendimento: https://services.redecard.com.br/novoportal/site/3699/default.aspx. E pra saber como funciona o Foneshop, é só assistir: http://www.youtube.com/watch?v=tVlkbffFi1k. Boas vendas!

(Este post é um publieditorial cuja renda será revertida em prol de tornar este blog mais bonito e interessante para as leitoras!) 

8 comentários:

  1. Ah, se eu soubesse disso, teria arrecadado muito mais no pedágio!
    O que não inventam para ganhar dinheiro...

    ResponderExcluir
  2. kkk! achei legal ! utilidade pública. o que gostei mais na verdade, é q foi tipo, pago, mas vcs assumiram q foi! nada de reportagens tipo do site bolsa de mulher, q elas ainda juram de pé junto q naum! melhorrrrrrrrrrr assimmmmm cara limpa forever pras meninas do vnf!

    ResponderExcluir
  3. Ai, mas eu não posso saber dessas coisas!! Vou gastar até... putz!!!
    hahaha

    ResponderExcluir
  4. Tem selinhos para vc lá no blog!
    beijos

    ResponderExcluir
  5. É então não é tão fácil assim ...
    Liguei lá, porque achei interessantíssimo o lance de poder ter mais essa forma de pagamento, já que dentro de mais algum tempo eu vou vender makes makes de fora do pais , mas qdo vc liga lá automaticamente a atendente ( bem sem educação diga se de passagem ) lhe pergunta qual empresa te indicou pro serviço , pq não é qq pessoa que pode se cadastrar no serviço , somente as indicas ...
    Mas a dica foi incrível !!!! Amei !!!
    Tks linda !

    Bj K

    ResponderExcluir
  6. Vixe, atendente sem educação? Espero que a Foneshop pague muito bem vocês pelo jabazão.

    Baci

    ResponderExcluir
  7. Oi Karisa e Luana!

    O atendimento da agência entrou em contato conosco novamente (eles tinham seu comentário no mesmo dia, conforme falei no seu blog), e se vc vende produtos de empresas que não são parceiras da Redecard, é legal você entrar em contato com o atendimento, registrar o interesse e informar qual é a empresa que você revende os produtos.

    A Redecard também informou que vai instruir novamente o atendimento para perguntar, quando se tratar de uma revendedora de produtos de outras empresas, qual é a empresa e passar as informações necessárias.

    beyjas!

    ResponderExcluir

É novo(a) por aqui? Então preste atenção nas seguintes observações:

- O VnF? não é uma democracia
- Apreciamos críticas construtivas
- Comentários que tenham por objetivo apenas a auto-promoção poderão ser removidos.
- As postagens antigas estão sofrendo moderação para evitar os chatíssimos robôs-spam