segunda-feira, 9 de fevereiro de 2009

Somente o necessário

Voltei, e baita susto! 280 e poucas mensagens não lidas no meu e-mail, entre comentários, pedidos para o Baú e outras coisas (mas nada do e-mail que os @$%## dos Correios prometeram me mandar sobre a encomenda que eu mandei pra Sam e que nunca chegou - a notícia que temos até agora é de que o carteiro foi roubado. Enfim.). Surpresas, só boas, como as fotos das participantes - só meninas lindas!!! - do concurso da Dermage. De resto, os spams de sempre, como aqueles de aumento do tamanho dos seios e etc, onde está claro que o spammer nunca me viu, hehe.
A Disney está aquela Disney de sempre, onde eu fujo do Mickey e procuro me inspirar em personagens divertidos como o Baloo (do Mowgli, desenho da época em que as crianças não precisavam ser submetidas a coisas como High School Musical). Foi do Baloo o primeiro grande ensinamento* pra essa viagem: somente o necessário. Sim, eu fui muito frugal, procurei não deixar as minhas calças nas lojas de maquiagem (e nas lojas em geral), fiz listinhas do que achava que precisava (tipo uma mala carry-on, uma camisa branca e um creme pros olhos que fosse bão-bão mesmo) e fui às compras humildemente. E aprendi que, se é pra pagar 50 dólares num creme da Lancôme, que ele venha com nécessaire, quatro sombras, um blush, um hidratante facial, um batom, um mini-rímel e um hidratante para as mãos de brinde. Não há fronteiras para as creuzas!
Rolaram algumas encomendas e mimos, rolou o presente de niver da Loo-socinha (que passou todo esse tempão um tanto socinha-sozinha) e eu também trouxe, claro, presentes prasleitoratudo. Mais detalhes em breve, esse é só um gostinho pra deixar vocês curiosas. Tudo de qualidade, claro, porque esse blog não dá presente ruim. Ninguém deveria poder dar presente ruim. O castigo para presente ruim deveria ser o afogamento no laguinho das carpas da Liberdade, sem misericórdia.  
Obrigada às meninas que me deram dicas de coisas legais para ver e fazer, muitas delas eu não conhecia. E obrigada sobretudo a quem disse "não faça pauta nas férias, relaxe!". Tive que obedecer! Mas juro que ainda posto a respeito dos cosméticos creuzos que me salvaram naqueles dois graus negativos e secura, que deixaram minha pele louca e meu nariz mais rinítico do que nunca.
Também juro que tô com vontade (embora saiba que não vá fazer) de publicar um manual de etiqueta pra brasileiros no exterior. Vi cada brasileiro-barraqueiro que vou te contar, inclusive o tonto que não sabia ler placas, entrou na fila errada e daí me acusou de estar furando a fila da montanha-russa (eu estudei e sei ler as palavras "this way"). Muita vergonha alheia, não de ser brasileira, mas de que ELES sejam.
Pra fazer como eu e aprender com o Baloo, é só ver o vídeo aqui.
* caso alguém queira saber qual foi o segundo grande ensinamento, foi o "quem converte não se diverte", by minha tia.

6 comentários:

  1. Hahahaha Talvez a esposa do carteiro tb é viciada em make... Vai lá saber rs!

    ResponderExcluir
  2. Doida pra saber dos presentes prasleitoratudo.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  3. Bem vinda!
    "quem converte não se diverte" é o melhor ensinamento nesses tempos...

    ResponderExcluir
  4. oba, ficamos com saudade!! welcome back...

    bejos

    ResponderExcluir
  5. Por favor... posta logo as dicas de sobrevivência da pele com produtos creuzos!!! Tô indo viajar daqui dez dias, e já estou desesperada com o frio que vou encontrar! Por favor, por favor, por favor... rsrsrs... ajude uma creuza nessa difícil jornada!!!! hehehe

    Bjsss

    ResponderExcluir

É novo(a) por aqui? Então preste atenção nas seguintes observações:

- O VnF? não é uma democracia
- Apreciamos críticas construtivas
- Comentários que tenham por objetivo apenas a auto-promoção poderão ser removidos.
- As postagens antigas estão sofrendo moderação para evitar os chatíssimos robôs-spam