segunda-feira, 14 de setembro de 2009

O tal do gorda pride.

Botticelli se remexe no túmulo!


Lembram do post da Pri que gerou milhares de comentários? Sobre ele, eu gostaria de dizer algumas coisas, agora que está ficando calorzinho e as moças estão voltando a mostrar as carnes nas ruas.


A primeira coisa é que eu me sinto extremamente confortável com a minha aparência, muito embora esteja, no momento, com 6 quilos de sobrepeso, e tenha passado a maior parte da minha vida adulta com sobrepeso, fosse mais ou menos do que o atual. Mas num ponto, me sinto exatamente como a Pri: eu não acredito no gorda pride.


Desculpa, mas se o gênio da lâmpada aparecesse pra mim e me dissesse que faria com que eu ficasse para sempre no meu peso ideal, sem nunca engordar (vejam bem, eu disse PESO IDEAL, não gostaria de virar esqueleta e prezo muito minha bunda e meus peitos), eu jamais diria "valeu, Seu Gênio, mas eu prefiro ficar com meu sobrepeso". Tsc, tsc, eu diria SIM, SIM, SIIIIIMMMM!!! E na boa? Acho que 98,9% das creuzas que têm sobrepeso mas vão à mídia dizer que "adoram" o próprio corpo fariam a mesmíssima coisa. Preta Gil e Fluvia Lacerda included.


Claro que eu não as conheço intimamente, sei apenas o que é liberado pelas (inúmeras) assessorias de imprensa, então só posso especular. Não estou dizendo que elas sejam feias desse modo, nem que não tenham direito a ser gordas (gente, eu prefiro que me chamem de GORDA do que de "gordinha", acho esse eufemismo péssimo), só estou falando que todas nós fomos criadas sendo alimentadas por padrões de beleza que cultuam a mulher magra. Se estivéssemos no Renascimento, as coisas seriam diferentes... Ou a Vênus aí em cima se parece em algo com a Kate Moss?


Acontece que perda de peso é um processo complicado, e gênios da lâmpada não existem. Quando eu perdi 15kg pra chegar ao peso ideal porque me liguei que precisava fazê-lo, foi à custa de muita alface e academia em quatro vezes por semana (e domingo era um dos dias, porque senão nem dava tempo). Só que todo mundo deveria ser capaz de entender que nem toda pessoa está num momento de vida que permita a ela mudar a dieta, ou que lhe disponha tempo pra se exercitar com tanta frequência. Às vezes a pessoa está numa fase difícil, ou de muito trabalho, ou com pouco tempo livre, e todas essas coisas devem ser consideradas. Além de tudo, se a pessoa é minimamente saudável, juro, não vejo razão em enlouquecer só pra emagrecer. Na semana que se foi, passando pela praça Vilaboim, vi atravessar a rua um casal: o cara era normal e a menina claramente tinha sobrepeso. Mas nem foi isso que me chamou a atenção. Ela estava com um vestido tipo camiseta comprida e uma sandália super fofa, e tinha o cabelo lindo. Comentei isso com o Fred, "quem disse que pra ser bonita precisa ser magrela?". Vejam bem, eu não falei "como essa menina seria bonita se fosse magra...". Eu disse "que menina bonita!!!"


Pra finalizar o post com um clichezão, vou dizer que "o importante é estar feliz". Eu sei que o gênio não vem, mas mesmo assim estou contente. Ainda não sei se eu terei saco, nos próximos meses, pra encaixar academia no meu já exíguo tempo livre, mas mesmo assim estou contente. Estou comendo direito mais pela saúde (minha família tem históricos horrendos de doenças cardíacas) mas não sou uma louca que só come folha - pra mim tá bom assim. Não acredito no gorda pride, mas não estou, NO MOMENTO, disposta a fazer altos sacrifícios por causa de 6 quilos.


Mas isso é pessoal, certo? Só cada uma pode saber se, no momento, tem condições de fazer regime, de malhar, ou se será feliz deixando tudo como está. A vontade e o direito de ser como se quer, com saúde, é pessoal e intransferível. Não deixe ninguém te dizer que você TEM que ser gorda e se orgulhar disso, ou pior, que TEM que emagrecer só pra seguir um padrão. Só cada uma pode saber ao certo a resposta que daria ao gênio.



37 comentários:

  1. adorei o post. é mais ou menos o que eu penso.
    nunca fui magra, adoro meu corpo, mas as pessoas se incomodam com ele por mim.
    começando pelo meu marido, que também está com sobrepeso, mas agora tá na academia e quer que eu vá com ele. só que eu não quero! sou feliz assim, ele me conheceu assim! só que ele (e um monte de gente que diz que gosta de mim) fala que eu deveria emagrecer. mas poxa, eu sou vaidosa, me visto bem, ando o melhor que posso... mas parece que a única coisa que vêem é que eu sou gorda!
    claro que queria ser magra se pudesse, mas não to afim de pagar o preço por isso, pra MIM, não vale a pena. é injusto negarem as qualidades de uma pessoa por um padrão absurdo, que nem todo mundo tem.
    desculpa o desabafo longo, mas me inspirei. =)

    ResponderExcluir
  2. Simplismente amei o post..
    Concordo com tudo que tu falou aí.
    Cada pessoa tem seus problemas, e razões por estar acima do peso, seja por problemas psicológicos ou fisiológicos.
    No meu caso é mais psicológico..hehehe
    Sempre fui acima do peso e depois que ganhei meu filho engordei 35 kg e nunca mais emagreci. Mas acho que tudo tem sua hora, e agora, depois de 3 anos, voltei a nutricinista.
    Quero aprender a comer, e quero ter um peso normal, não ser esquelética!

    Abraços a vocês do blog...

    ResponderExcluir
  3. A vida eh mesmo engraçadaaa!! Enquanto algumas pessoas tem problema com sobrepeso, estou aqui pra falar da minha "falta de peso", juro que eu sou magra tipo magrela mesmo, e gente magro sofre tb... esqueletica, magrela, passa-fome, escuto sempre, acreditem isso tb naum tão agradavel aos ouvidos... Ja tentei engordar e no desespero emagreci 4kg, alguem q pesa 47kg perder 4kg com e 1.68, naum ficou mt legal...
    MAASS HJ, sou feliz,(voltei pros 47kg) me aceito assim! e diria ao meu gênio da lampada, só me conserve mesmo, pq finalmente acetei o meu peso. Descobrir as coisa q caem bem pra mim.e gosto de mim assim. logo, Valeu ai seu gênio, mas gasto meu pedido com outra coisa.aceitação eh o melhor passo.
    BJU PRA VCS MININASSS.

    ResponderExcluir
  4. Verdade-verdadeira TUDO que foi escrito, mas também acho que cabe a cada uma conseguir manter o equilibrio interno e não se deixar levar pela opinião dos outros... ainda mais hoje em dia que o pessoal parece que está meio desocupado e gosta de se preocupar com a vida alheia mais do que com a sua própria!

    ResponderExcluir
  5. Eu estou gorda e não estou orgulhosa, só que fazer o sacrifício para emagrecer não está nos meus planos agora, tenho muita coisa a fazer, passo o dia inteiro na rua...ai, sem disposição.

    ResponderExcluir
  6. Gostei. Às vezes as pessoas não compreendem a diferença entre 'estou feliz com o meu peso' e 'tenho orgulho do meu peso'. Você pode muito bem não se importar de estar acima do peso, não estar disposta a fazer o sacrifício necessário pra emagrecer, mas caramba, dizer que está com muito muito orgulho é meio forçado.

    Eu estou super gorda (pros meus padrões pelo menos), pesando pelo menos quinze quilos a mais do que gostaria. Estou tentando emagrecer, mas não estou disposta a comer só folha por três meses ou coisa parecida. Por isso, sei que vou ter que me exercitar mais, e que vou emagrecer bem mais devagar do que gostaria. Tem gente que está disposta a ir mais longe. Eu não estou, mas isso não significa que eu sinta orgulho dos meus pneus.

    ResponderExcluir
  7. Existe gorda feliz sim, mas pq se aceitou e se conformou que ela eh daquele jeito e seria um sacrificio muito grande ficar magra. Entao ela fica gorda, ficando linda com o corpo que ela tem. Acho que isso eh o "gorda pride". Beijos! Ps: tb estou acima do peso e tento me aceitar do jeito que sou, mas sempre cedo a tentação de fazer um regimezinho. ;)

    ResponderExcluir
  8. Só acredito no gorda pride que vem da Priscila ex-BBB e Mulher Melancia, elas adoram ser "gordas", queria ver se elas fossem gordas igual aquela atriz do "isso pode, isso nao pode" da Zorra Total que nao lembro o nome, se teriam tanto orgulho de serem gordas ...

    E Preta Gil com o discurso dela é a hipocresia em pessoa, alguém que é tão bem resolvida com a própria gordura, passa por 3 lipos por que? gosta de sentir dor? affe!

    enfim, até acredito que existam mulheres a vontade com o próprio corpo quando estão com sobrepeso leve que os homens apelidam 'carinhosamente' como gostosas, mas conheço muitas mulheres obesas que carregam a bandeira de Gorda pride, e não gostam de serem chamadas de gordas, se auto entitulam 'gordinha sexy' (o orkut tem milhares de comunidades), e essas, particularmente, acho que estão querendo enganar a si mesmas.

    Como já disse o sábio gato gordo Garfield "é impossivel ser feliz e gordo ao mesmo tempo" kkk

    Bjs!

    ResponderExcluir
  9. man, i don't have a clue, but sure is a lotsa pink stuff here

    ResponderExcluir
  10. Vejo seu post e lembro da minha adolecencia... eu tenho 1,56 e pesava 50 quilos. E eu era chamada de gorda e ainda me "zoavam" por eu ser peituda. Hoje, depois dos 66 kilos que eu tava no carnaval, peso lindos 61,700 e to me achando linda. Mais do que eu era aos 50. Eu nao comia bem, cheguei a desmaiar porque ficava sem comer e nao era feliz... Hoje, como normalmente, procurando escolhas saudáveis. Mas nao nego o chocolate, nem meus doces. Nem as vezes o cachorro-quente da facul, e emagreço. A meio quilo por semana, mas emagreço. Hoje, tirando minha família quer que eu me mate numa academia, ninguem me critica. Faz parte da auto-estima. Hoje me sinto bem, bem muito bem!!! Uso biquini, mesmo nos 66kg coisa que nos meus 50 kg era um terror, odiava!! O importante é voce estar bem, e não necessáriamente falar pra todo mundo

    ResponderExcluir
  11. Ah AnaK, 50 kilos é gorda onde? Essa gente que te chamava de gorda devia precisar de óculos! :) Aliás, 61 kg também é muito do bom, viu?

    ResponderExcluir
  12. Olha, tô com 15 quilos mais. Sou super saudável, não tenho colesterol alto nem nada. Tento não comer muita porcaria, mas às vezes como, sem stress. Tô tentando evitar álcool durante a semana.

    Morei fora e voltei com 10 quilos menos do que estou agora. Engordei porque passei a freqüentar restaurantes, bares, curtir a vida. Querem saber? Arrependimento zero.

    Como a Joo colocou, sim, eu queria perder esse sobrepeso. Mas, numa boa, eu separo as coisas. Eu tô gorda, mas tem muito tempo que não me sinto tão bonita. A pele tá boa, o sorriso aberto, porque o momento é bom. Foda é só comprar roupa. Não fosse por isso, talvez eu nem pensasse em emagrecer. Costumo dizer que, pra quem (como eu) usa 44, é mais fácil encontrar um namorado do que comprar um jeans....

    ResponderExcluir
  13. A vida é mesmo engraçada, como a IZACAPRICHO já sofri muito por ser magra. Sempre fui feliz com meus 50kg distribuidos nos meus 1,70m, mas parece que as pessoas se incomodam muito e por anos sofri com pessoas dizendo que sou magra, que devo engordar, todas esses bla bla blas insuportáveis. O engraçado é que as mesmas pessoas q me chamam de magrela, vivem de regime, enquanto eu me divirto comendo pizza, massa, sanduíches, doces de montão. Ontem, passou no Fantástico sobre mulheres insatisfeitas com o corpo e quando foram mostrar as satisfeitas, eram sempre mulheres cheinhas, falando nas vantagens de ser gordas, que homens gostam de carne essas coisas. o que mais me irrita é que parece que para exaltar as mulheres acima do peso, muitos colocam as coitadas das magras no chão. Affff Descupem o comentário gigante, mas as magras tn precisam desabafar.

    ResponderExcluir
  14. Aqui, tenho que desabafar: Também não acredito nem a pau no tal "gorda pride".
    Acho que isso é mais uma forma de defesa para as meninas que não aguentam mais gente dizendo "não come isso, que você vai engordar mais". A coitada liga o foda-se e diz que gosta daquele jeito, mas convenhamos que não é bem assim, né?
    Olha, eu estou bem acima do peso e meu namorado é do tipo barriga de tanquinho (MESMO!). Se eu quero chegar ao nível corporal dele? Claro! É um tanto desconfortável, até... Não por ele, que SEMPRE me fez sentir à vontade (afinal, ele já me conheceu assim), mas pelos outros, que às vezes até me ridicularizam na frente dele (e na minha ausência)! Gente, quer coisa mais triste que alguém usar do seu peso pra tentar fazer quem você ama se sentir mal*?
    E não tem jeito, a gente vive nesse mundo e a menos que decida ir viver nas montanhas, essas coisas vão acontecer mesmo. Não que eu vá dar conversa pra um idiota qualquer, mas a gente está sujeita a esse tipo de situação.
    NÃO acho que vale qualquer coisa pra ficar magricela; se por um lado não é saudável ser obesa, ficar sem comer também não é!
    Acho FEIO ser esquelética assim como acho feio ser muito gorda; quando a menina tá uns 5, 6, 7kg acima do peso, não altera quase nada, mas se você tem 20kg a mais, com RARAS exceções, até o rosto perde o formato.
    Sou absolutamente a favor de respeitar o próprio biotipo. Tem muita menina aí com quadrilzão chorando pq não entra numa calça 38. Por favor, né?
    Basicamente: se amem, meninas. E por se amar eu quero dizer "respeite seu corpo o suficiente para não abandoná-lo à mercê das comidas gordurosas nem maltratá-lo com comportamentos perigosos em busca de um padrão que NÃO É o seu".

    *Em tempo: com "sentir-se mal", não estou dizendo que o meu sobrepeso envergonhe o meu namorado, e sim que ele se preocupa comigo a ponto de não gostar quando um Fulaninho qualquer diz coisas depreciativas a meu respeito.

    ResponderExcluir
  15. Caraca, foi pra mim esse texto hahaha

    ResponderExcluir
  16. Falou tudo!
    També, acho que o "gorda pride", assim como o "esqueleta pride" são superrestimados ultimamente...eu estou no peso ideal, nem faço nada pra isso - meu metabolismo é assim.
    O que importa é estar saudável, e não viver em função de calorias, perdidas ou ganhas!
    Beijo!


    www.thefrozenbeauty.blogspot.com

    ResponderExcluir
  17. As pessoas são cruéis. Ponto. Seja com quem está acima ou abaixo do peso. Assim como a Izacapricho e a Tatch, eu sempre sofri com o fato de ser muito magra. Eu pesava 39 quilos quando tinha 18 anos. Mesmo tendo apenas 1,58, esse peso é pouco. É mínimo. E dá-lhe ganhar apelidos como Somália ou Flageladinha. As pessoas, geralmente, só entendem os dilemas de quem precisa perder peso, porque esse é o mais comum. Mas ganhar peso é muito difícil também. Eu levei anos pra chegar ao peso que tenho agora e pra me aceitar assim, como sou. Eu ODEIO que me chamem de magrela ou que me digam que emagreci. Porque as pessoas não falam num tom normal. Falam num tom de "nossa, você está doente?". Acho engraçado que geralmente não chegam pruma pessoa gorda e dizem "nossa, você engordou". Só dizem isso - e com cara de nojinho - pras meninas magras demais. E, acreditem, isso dói. Eu SEI que pra quem precisa perder peso o sonho de vida é não ganhar peso algum. Mas quando você não está com a aparência saudável e todas as suas calças ficam largas na bunda e você come e não consegue engordar, também NÃO é legal.

    Adorei o post, Joo. Acho que é isso mesmo: por mais clichê que isso seja, o importante é se sentir bem. Gorda ou magrela, o ue importa é se sentir bem. E dar um gelo no povo que chega de cara torta. Porque eu tive que treinar respostas bem antipáticas pras pessoas pararem de me olhar com cara de dó achando que estou doente porque perdi dois quilos.

    ResponderExcluir
  18. Também não creio no gorda pride. Acredito que em algumas mulheres tem uma certa distorção da imagem, como acontece na anorexia, só que o contrário. Tenho amigas gordinhas, bem gordinhas que não se exergam assim, usam roupa de magrela, barriga de fora, piercing no umbigo e tudo mais. Que dizem que só coseguiriam emagrecer comendo uma folha de alface por dia, mas que estão sempre no chocolate, na bolacha recheada,etc

    Uma coisa é se aceitar do jeito que nossa genética permite, não tenho por exemplo com o meu quadril como entrar numa calça 38, ponto final. Mas não é por isso que vou me largar total e me conformar com quilos a mais que podem fazer mal a minha saúde.
    Acho que tanto a magreza como a gordura em excesso faz mal....

    ResponderExcluir
  19. orgulho, vontade e etc, nao existem, oq existe é vc aceitar o q ve no espelho, c nao aceita vai la e muda....eu estou super acima do peso, mas eu me aceito, oq vejo no espelho nao é distorçao da realidade e sim algo q eu realmente acho lindo.

    ResponderExcluir
  20. Nossa.. li seu post e foi como se fosse eu escrevendo... hahahah!

    Até o sobrepeso é igual - 6 kg. Vivi 6 anos como atleta, no peso ideal e malhando todo dia.. Engordei 6 péssimos kg esse ano, talvez por estar trabalhando em casa.. mas nao é algo que me incomode taaaanto. Aliás, meu namorado adora meu peso atual (veja bem, to vestindo 44... hauhuea), mas ele briga comigo pra eu não emagrecer... cada um na sua doidura, né? Tudo bem que eu sou alta e, mesmo sendo bem magra, visto 42, mas eu fico com as perninhas grandes.. afff..

    Tambem sempre fui gordinha quando adolescente, entao acabei acostumando a me valorizar e me amar assim. Eu não me acho nem um pouco feia por isso.. só queria caber nas roupas mais fácil, e me achar linda em todas as roupas (o que não é possível agora). Mas tô curtindo os vestidinhos soltos e é isso aí.. a vida continua, e a beleza não está no peso. Tem muito homem que gosta de mulheres mais cheinhas (porque tem aonde pegar) e isso é sério.. eu mesma gosto dos homens mais cheinhos, então não tenho como duvidar.

    Parabéns pelo post!

    Bjos, Pop!

    ResponderExcluir
  21. Ahn, sabe joo, em partes concordo contigo e em partes, discordo. Honestamente, acredito que realmente há mulheres que gostam de ser gordas. Gostam mesmo.
    Por um outro lado, tens razão. Muita mulher que pode até se achar bonita, mas ficaria bem feliz com uns quilos a menos. (Eu, por exemplo, sou uma delas)
    Mas é o que você disse: tens que se aceitar como és. Se não está feliz, vá lá e mude! A vontade e o esforço é seu e só seu

    Mas o que vale, é se sentir bonita!

    ResponderExcluir
  22. Concordo com tudo.
    Como não consegui postar meu comentário no post da Pri, e este é praticamente uma continuação, lá vai:
    -Tenho perna grossa, bunda grande, mas da cintura para cima sou magrela. Basicamente a desproporção em pessoa. E filha de uma saracura que cada vez que ganha 300 gramas de peso, comemora como se tivesse ganhado a Copa. Há uns 6 anos, descobri que meu peso ideal fica em torno dos 46 Kg; com este peso, meus peitos praticamente somem e minhas costelas ficam ameaçando saltar pra fora, mas da cintura para baixo, fica uma belezinha - e como é bem aí que fica o meu problema, eu considero esses 46Kg a salvação. Sou baixinha e tenho músculos enormes, que incham com a maior facilidade, PORÉM sou extremamente sedentária, e portanto, uma gelatina. Da última vez que larguei a academia - com menos de um mês de treino - parei porque as minhas pernas estavam absurdamente enormes e eu só entrava na minha calça 38 da Gang, que é uma das marcas com numeração mais generosa que eu conheço. O professor disse que eu estava fazendo o treino correto, que logo a gordura ia começar a sair, mas... pelamordedeus!! E enquanto não sair, o que se faz!?!? Se esconde!?!? A magrela da minha mãe acha que ter coxas enormes é a coisa mais linda do mundo, e para ela, quando eu tiver com as pernas com o mesmo diâmetro de uma sequóia, aí sim é que eu vou estar "boa".
    -Pra piorar a situação, A.D.O.R.O sal. Não ligo se ficar sem doces, mas sal não pode faltar, e eu sou MUITO exagerada pra isso. E como a colega diz, isso faz a celulite grudar que é uma loucura. Passei do nível 1 pro 2 com uma rapidez incrível. E já estou entrando nos 30, com o alerta piscando vermelho. Em geral gosto de comer direitinho, mas o meu marido tem uma verdadeira tara por doces e porcarias em geral, e acabo embarcando na dele. E pra completar, há dois anos estou almoçando na minha sogra, que é a maior fã de frituras, coisa que até morar perto dela eu via uma ou duas vezes por semana. Resultado: automaticamente engordei 4 Kg só de comer por lá todo santo dia. E naquela casa sempre, mas SEMPRE tem que ter uma caixa de Bis ou uma bacia de cookies de sobremesa. E se eu falo que tô de dieta, no outro dia tem o dobro de ofertas de doces+frituras. Juro que começo a achar que tão me boicotando.
    -Girls, chá verde NÃO FUNCIONA e ponto. Tomo de todas as marcas nacionais e importadas há mais de 8 anos e sou a maior fã do chá verde pelo gosto - prefiro ele à Pepsi Twist, meu segundo amor - mas não funciona. Caso contrário, eu seria um palito. Sério mesmo, chego a tomar quase um litro e meio por dianuma boa, mas é realmente pq gosto. Senão eu já teria desistido.

    ResponderExcluir
  23. Concordo com tudo que foi escrito. SOu magro, já tive namorada gorda e fiz de tudo pra convencê-la a emagrecer, pois a gordura em excesso dela estava me tirando o tesão. Ela não quis emagrecer, dizia ser feliz gorda... ter o famoso gordo pride... PAPO, a verdade é que era uma preguiçosa.
    O namoro acabou, ela está cada dia mais gorda, acredito que dentro de um ano já estará com gordura mórbida. Pena.

    ResponderExcluir
  24. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  25. Se as paquita nao ficasse enchendo o bucho de macarrão italhano nao ia ter nada de sobrepeso

    Aqui nas quebrada tá todo mundo magrinho, certo

    ResponderExcluir
  26. Adorei este post... simplesmente verdeiro e sensivel ao ponto de dizer estou com sobrepeso e memo assim estou feliz da vida!

    Estou neste mesmo barco, por isso deixei de escrever num blog de emagrecimento e passei a ter um sobre geral "comportamento".

    Ficarei super feliz se um dia passar por lá...bjocas e vamos levando nosso sobrepreso de boa!

    ResponderExcluir
  27. ADOREI ESSE POST!
    Muito autêntico!

    Olha, eu to passando por um processo contrário onde comecei a emagrecer sem parar e também a 'perder saúde'. Sempre tive pernão, quadris até que fiquei doente várias vezes de parar em emergência, fiquei magricela, perdi bunda, braço, peito, costas, tudo. Parecia uma menina triste magricela.
    E é exatamente o que vc disse: às vezes a gente até quer ir à academia 4 vezes na semana, sem paranóia de emagrecer mas sim ficar saudável (exercícios fazem muitíssimo bem), de cuidar da nossa alimentação, beber muita água, etc etc
    Aí vem nossa vidinha com estudo, trabalho, curso, família, médicos, compromissos, blogs, falta tempo até pra dormir...
    O importante é ter saúde e temos a obrigação de arrumar tempo e disposição pra isso, da mesma forma que arrumamos para todas as outras!

    ResponderExcluir
  28. Eu acho que a pessoa tem que ser do jeito que quer, eu por exemplo vivo contra a balança, ela não me curte,kkk, é assim desde o começo da minha adolescência, o que é chato, todo mundo vivi falando mas vc vai comer isso, olha engorda, dá vontade de mandar pra aquele lugar na hora, ai qundo eu como fico com a consciência meio pesada,kkk, o que não é legal.

    beijo

    ResponderExcluir
  29. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  30. GENIO DA LAMPADA é uma figura de linguagem, viu?

    e outra, 30 comentários a favor e só vc pra discordar, tsc

    ResponderExcluir
  31. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  32. e todo mundo é burra, só vc que é esperta

    ok, a gente já sabe que vc existe, próxima!

    ResponderExcluir
  33. Nusssa!!! Que lisongeiro seu tratamento Márcia. Adorei.

    Comentarei sempre pra receber esse tratamento caloroso! Muito, muito obrigada.

    ResponderExcluir
  34. sinceramente...seria bom poder dizer ,estou acima do peso e feliz ohhh mas nao vejo assim...acima do peso, vc poe uma blusinha e sobra banha nos bracos, na barriga, a gente fica desconfortavel, entao tem q usar roupas largas q parecem nos deixar ainda mais gordas...esses dias ouvi q celulite ker dizer sou gostosa em brile...entao pensei...qm le em brile e cego,por isso nao ve q celulite e feia, e geralmente vem acompanhada de flacidez... as x arrumamos desculpas q nos fazem sentir melhor diante de situacoes embaracosas, mas ser gorda nao e uma opcao pelo menos nao pra mim,pois faco de td, vou a academia e o escambal,mas e mt mt dificil pra perder um kilinho...claro q isso nao me impede de ser feliz e aproveitar as coisas boas da vida...porem nesse aspecto nao estou satisfeita...resumindo...sim...sou gorda e kero emagrecer e estou fazendo e farei oq for necessario pra alcancar esse objetivo , nao estou ASSIM POR OPCAO...bjs

    ResponderExcluir
  35. Neguinha Moreira, imagino que nem deve ter sido sua intenção, mas vc acabou chamando Joo, as mais de 30 meninas que comentaram e também eu que não comentei, sou magra de ruim mas concordo com tudo o que foi escrito, de burras.

    Desculpa, mas assim como vc tem a sua opinião, a Joo tem a dela e está usando o espaco dela para dar a opinião dela, assim como vc deu a sua no seu espaço, e assim caminha a humanidade, não é?

    e se vc quiser discutir Nelson Rodrigues com a gente, fique a vontade, Joo faz letras e eu lia NS escondido nas bibliotecas que minha irmã trabalhava

    ResponderExcluir
  36. eu vou responder por aqui mesmo: a intenção de chamar para discutir NR não é briga, pelo contrário, NR é um dos meus autores preferidos e falar sobre a obra dele é prazer

    como vc entendeu errado o "gênio da lampada", não me espanta ter entendido o convite para MUDAR O ASSUNTO como convite para briga

    ResponderExcluir

É novo(a) por aqui? Então preste atenção nas seguintes observações:

- O VnF? não é uma democracia
- Apreciamos críticas construtivas
- Comentários que tenham por objetivo apenas a auto-promoção poderão ser removidos.
- As postagens antigas estão sofrendo moderação para evitar os chatíssimos robôs-spam