terça-feira, 30 de junho de 2009

Resenha da Leitora Viviane: Made in China



As paletas da Coastal Scents não são fabricadas por eles... NA verdade todas vêm da China (rsrs), de uma revendedora chamada Wales (que também vende os produtos para a (Beauty Factory)... Tem um
vendedor no mercado livre vendendo as paletas (Paul). Eu comprei a de 88 cores normais (linda!!), e a de 28 cores neutras (maravilhosa)... Realmente são ótimas, super pigmentadas... Outra dica legal... Comprei uma paleta (aqui na minha cidade) da P&W, de 40 sombras metálicas (lindas as cores)... Vale a pena, além de ser super barata!!! Usei com o pincel molhado, e ficou show!!!


segunda-feira, 29 de junho de 2009

Uma fábula sobre (o meu) cabelo - post longo, já aviso.

(Nota: eu e a Loo não gostamos muito de colocar as nossas fotos aqui no blog porque a gente é meio tímida e não se acha aquelas gathas todas. Às vezes acontece em foto de sacolada ou naquela ocasião em que eu fui cobaia na aulinha de make da Dermage, mas não é sempre. Nesse post, ao invés de ficar pondo meu carão aqui - embora o objetivo seja ver o meu cabelo - colocarei os links do Flickr, que é muitíssimo menos visitado do que o blog e onde vai quem quiser, ok?)

Eu sei, eu sei, EU SEI que o assunto "meu cabelo" tá rolando desde que eu cortei as madeixas em fevereiro desse ano e primeiro gostei, depois não gostei (no momento não estou gostando nada, aliás, acho que estou na fase mullets). Pras leitoras que gostam de histórias de mudanças, vou contar sobre o quanto meu cabelo mudou nos últimos anos, e tentar relembrar as cores que usei e os produtos com os quais eu tratava. Avisando, meu cabelo é liso-lisérrimo, fino e oleoso, mas bem oleoso MESMO, daqueles que se fica um dia sem lavar a Petrobrás pode vir perfurar poço no couro cabeludo, e se fica dois dias, Deus meu, a vigilância sanitária vem interditar. Ou seja, eu lavo a cabeça todos os dias. Religiosamente. Nem adianta tentar me obrigar a sair de casa sem lavar cabelo: não saio, não saio e não saio, acho que só se o prédio estiver em chamas. Claro que muito disso é culpa da umidade do nosso Brasil Varonil: quando estava na Europa e fui obrigada a ficar um dia sem tomar banho (desculpaê!) por questões de acomodação x transporte (maldita Trenitalia), o clima seco não deixou que meu cabelo ficasse tão nojento assim. Em contrapartida, nos Estados Unidos minha pele fica seca que nem maracujá de gaveta, mas meu cabelo fabrica mais óleo do que o Texas. Não entendi até hoje e acho que nunca entenderei.

Então. Eu nem sempre tive cabelo curto, acho que na maior parte da minha vida ele foi mesmo é comprido. E esse negócio de lavar todo dia mantém o couro cabeludo limpinho e tudo o mais, mas acaba com as pobres das pontas. Quando eu era pré-adolescente era daquelas que achava que quanto mais comprido o cabelo fosse, melhor, mesmo que cada fio tivesse duas pontas e que o cabelo parecesse uma maçaroca. Eu era tonta. Eu não acreditava nos mottos "cabelo cresce" e "cortar as pontas é vida". Minhas amigas pensavam como eu, e se meu cabelo sempre foi relativamente fácil de lidar, imagina como ficavam os fios das que tinham cabelos difíceis. A gente era, repito, tonta!

Da adolescência pra frente, comecei a tomar jeito, que já não era sem tempo. Trabalhava em buffet infantil e ganhava o salário da fome, mas entendia que usar o creme da embalagem de 1kg e 3 cores era melhor que não usar nada. E que cortar as pontas do cabelo não era tão ruim assim. Até que, nos idos de 2001, descobri as tinturas. Que medo.

A cor natural do meu cabelo é essa daqui. É a que eu uso atualmente, malgrado a vontadinha de passar alguma coisa. Mas os primeiros brancos estão surgindo (eu arranco, e não me venham com aquele papo de que crescem três no lugar, hein?!) e resolvi aproveitar a oportunidade que tenho de não precisar pintar o cabelo por enquanto, deixando pra me preocupar com isso quando quiser cobrir os brancos. Quando comecei a passar tintura (de farmácia, acreditem se quiser eu nunca fui ao cabeleireiro passar tintura, que pobre) foi de maneira bem suave e discreta, com um tom de chocolate Garnier Movida, que aliás é tonalizante. Lavava-lavava-lavava, saía, e eu passava de novo. Daí comecei com os tonalizantes vermelhinhos e tive o primeiro trauma: Wellaton. Foi uma grande porcaria no banheiro, escorreu mais do que parou no cabelo, só pegou na raiz, enfim.

Até então, eu simplesmente usava o shampoo que estivesse no banheiro. Cortei o cabelo na altura dos ombros porque cansei daquele cabelão, e continuei com as minhas experiências "farmacêuticas". Minha primeira tintura foi um vermelho escuro (puxado pro marrom) da Garnier Nutrisse. Na mesma leva, comprei na farmácia shampoos Seda específicos para cabelos tingidos. O resultado foi o que vocês vem nessa foto, que se não me engano é de 2002.

Uma pena que eu não tenha foto melhor do que essa pra ilustrar o que virou meu cabelo de 2002 a 2004, depois que eu passei o vermelho mais vermelho da Garnier Nutrisse - Vermelho 666, The Number of The Beast. Sei que meu amigo Rommel, que também lê o blog, tem fotos minhas desse período, de cabelo curtinho e da cor do uniforme do Inter, mas eu não achei nenhuma que prestasse. E fui mantendo meu cabelo vermelho-fogo de 2002 a mais ou menos 2004, retocando uma vez por mês (detalhe, eu não retocava apenas a raiz porque era preguiçosa, pintava tudo por cima, imagina só), usando antes de lavar um produto da Seda que era selante e nunca mais achei pra vender, e lavando/condicionando com meus primeiros Dove. Pausa para agradecer ao Além pelo meu cabelo resistente, porque como vocês estão vendo, ele foi judiado, o coitado.

Aqui eu já estava des-vermelhando (escolhi a foto porque o sol tá batendo bem no meu cabelo, embora não esteja super nítida). Ouvia minhas amigas falarem de "decapagem", de descolorir o cabelo inteirinho, e tinha calafrios. Eu era louca mas não comia excrementos ("cocô" é feio, non?) nem rasgava dinheiro. Fui passando as tinturas marronzinhas-avermelhadas por cima do supervermelho, até pegar. Um dia pegou. Foi nessa época que fiquei amiga de John, o Frieda. Mijoguei nos produtos pra morenas, porque apesar de ser ainda metade ruiva, ainda era morena no coração (óh). Até o dia em que eu cansei desse negócio de pintar aos pouquinhos, de raiz mais escura aparecendo e de cabelo meio vermelho, meio dourado e meio marrom. Deu.

Meti-lhe um castanho escuro, quase preto. Olha o tamanhão que o cabelo tava em 2005, e brilhante pelas artes de John Frieda. O foda de ficar falando dele aqui no blog é que vende na farmácia mas é caro pra chuchu, tanto que nessa época, quando não viajava, comprava o Pantene nosso de cada dia e investia nos finalizadores e cremes de tratamento do JF, que duram mais do que o shampoo e o condicionador. As tinturas, essas sim continuavam sendo de farmácia mesmo. Essa aí era o castanho escuro da L'Oreal.

"E como você tirou essa cor quase preta, Juliana?" Todo mundo pergunta. Tirei da maneira mais difícil mesmo: deixando crescer. Cortei as madeixas de novo na altura dos ombros e convivi durante meses com a raiz bizarramente mais clara que o resto do cabelo. Fui cortando de tempos em tempos e, um belo dia, saiu tudo. Foi aí que eu resolvi não mexer mais na cor (afora uma ou outra brincadeira com Casting Creme Gloss castanho, pra experimentar). Foi aí que eu descobri, também, o shampoo que meu cabelo mais gosta e que eu acho que mais ajudou o crescimento dele com saúde. Pasmem, foi o tal do Dove Antiquebra, aquele da embalagem cinza com a faixa vermelha. Achei que ele ia melecar meu couro cabeludo deveras, mas não melecou, então ficadica pra meninas de cabelo fininho e fracote que querem deixá-lo crescer. O meu ficou assim, e eu sinceramente tenho saudade dele e do quase-chanel de pontas compridas, que Dove Antiquebra também patrocinou.

A moral do post gigante (quem chegou aqui deve estar esperando algo bombástico, e vai me xingar porque não tem) é que embora eu tenha usado muita porcaria no meu cabelo ao longo dos anos, em cada fase da nossa vida a gente tem algo que dá certo pra gente e pro que a gente quer do nosso cabelitcho. Quando eu tinha recém-cortado, tava na fase dos mousses e pomadas. Agora, quero que ele cresça, e voltei (adivinha!) pro Dove, alternando com o Pantene que também acho mara. Quando ele estiver maiorzinho, finalizador John Frieda Brunettes nele. E quem sabe um tonalizantinho...

Macho sem Frescura: Espuma de limpeza Neutrogena

Fábio, "nosso" Macho sem Frescura, participa novamente

Caras leitoras: depois de um breve sumiço, estou de volta para o meu segundo post para o Vendanafarmacia.
Mas dessa vez a dica não é específica para os homens, mas pra todo mundo que, na hora de limpar o rosto, fica em duvida: sabonete, sabonete liquido ou espumas, qual o melhor?

Dessa vez resolvi dar credito e experimentar (claro!) a Espuma de limpeza Energizing Deep Clean da Neutrogena, afinal de contas, o preço (nós homens somos meio mão de vaca, vocês sabem bem) era o mesmo do sabonete.
O cheiro inconfundível dos produtos Neutrogena (muito bom por sinal) e a limpeza suave são o diferencial, especialmente para quem tem a pele oleosa e com tendência a acne.
O Energizing Deep Clean traz uma vantagem extra para as meninas que levam o arsenal de beleza na bolsa: a embalagem vem equipada com uma válvula dosadora que evita derramamentos ou desperdícios.
Aprovado!

Preço médio: R$ 25,00

Abraços a todas as leitoras.




U-hu!

Sabe um tal
Concurso da Natura que tava rolando? A talentosíssima Aninha, do Funny MakeUP (que a gente a-d-o-r-a!) foi selecionada nessa primeira fase!

Aninha, estamos aqui torcendo por você!!


domingo, 28 de junho de 2009

Os 10 mandamentos do VnF?!

Então, toda essa discussão sobre ética, posts pagos e etc-etc-etc coincidiu com o nosso processo de arrumação da casinha, layout novo e por aí afora. Depois de conversar bastante, a gente chegou à conclusão de que o assunto é sério mas que tudo tem limite, e que não dá pra viver levando tudo tão a sério assim. Se o blog não for motivo de diversão, pra quê fazer?

Daí, entre uma risada e outra, saímos com o seguinte:

1. Terás a diversão sobre todas as coisas, sempre respeitando o próximo.
2. Não serás demasiado chata ou politicamente correta.
3. Não puxarás o saco alheio (é feio).
4. Não viralizarás e não usarás o termo "parceria" em vão.
5. Opinarás com sinceridade, para o bem ou para o mal, respeitando a opinião alheia.
6. Não te venderás baratinho (mas considerarás a hipótese se a La Mer quiser te comprar)
7. Manterás espelho em casa e agirás de acordo com a idade que tens.
8. Respeitarás e contarás sempre com a inteligência das leitoras.
9. Não te importarás com número de seguidores e nem obrigarás ninguém a seguir-te.
10. Nunca gastarás dinheiro à toa.

Essas são as nossas guidelines para um blog feliz! E eu não preciso explicar que a intenção é de brincadeira, não queremos ofender nenhuma religião, né? Qualquer dúvida, leiam o mandamento 8.

"Novo" layout no ar!

A gente mexeu aqui, mexeu ali, e a nova cara ficou quase pronta. Os links já estão na lateral, falta incluir um monte de coisas, muita coisa vai aparecer lááááá embaixão, e durante a semana a gente vai ajeitando (afinal, esse final de semana foi concorrido, arraial no Atelier Real ontem e Encontrinho hoje, mas depois a gente conta tuudo com detalhes)


A gente já falou no Twitter e repete: se você linka o Vende na Farmácia? e quer ter seu blog linkado aqui, manda um email para link [arroba] vendenafarmacia.com que a gente coloca aqui. Quem já mandou email pedindo vai ter seu blog incluido, mas se demorar muito é porque a gente não consegue encontrar :-S

sábado, 27 de junho de 2009

Resenha da Leitora Marcela

A Marcela do http://vidaduravidamole.blogspot.com/ nos escreveu:



Andei fuçando nesse mundo sem fim da internet e passei pelo blog http://minhapeleemelhorqueasua.blogspot.com/ E a Dra tem uma imagem do que vai acontecendo com a pele que não utiliza o filtro solar... Nunca liguei pra isso e de uns tempos pra cá tenho visto bastante coisa a respeito. As imagens são de assustar MESMOOOOOOo e mandei e-mail para as amigas e vou postar aqui e dizer, Usem o filtro solar (Pedro Bial).
Outra coisa eu já até tinha falado, sobre os 3 passos da Clinique e agora eu experimentei e realmente estão aprovadissimos, pq parece mais é mágica mesmo. Entre no site e conheça melhor
http://www.3passosclinique.com/ Minha pele está bem menos oleosa, com brilho e macia. Não são lá muito baratos os 3 passinhos, sai em média R$120,00 dinheiros o kit mas dura bastante e por enquanto eu comprei o passo 2 e encomendei o 3, o 1 eu ainda estou usando a amostra grátis que ganhei no quiosque Clinique do Iguatemi (junto com meu batom/brilho lindooo)
Segundo o que me explicaram o primeiro passo é o sabonete (em barra ou liquido) que faz a limpeza, o segundo é um tonico de limpeza que esfolia sem a gente perceber e o 3 é um gel controlador de oleosidade (não é hidratante)
Foi feita uma "analise" do meu tipo de pele, aplicados os produtos para teste e indicados os melhores para o meu tipo de pele.

OBS: As senhoritas que lá trabalham, foram completamente simpáticas, didaticas e em nenhum momento empurraram os produtos.
O meu hidratante com filtro solar para peles oleosas da neutrogena tb tem ajudado e tenho gostado muito. (Proteção FPS 15)
A ultima coisinha é sobre o shampoo e o serum pré escova da marca Acquaflora (
http://www.acquafloracosmeticos.com.br/) O shampoo de nutrição capilar é simplesmente maravilhoso (custa na Sumire R$14,50) e o Serum deixou meu cabelo brilhante e desembaraçado (14,20 + ou -). Amei e viciei.

quinta-feira, 25 de junho de 2009

Participação super especial: Cris Arcangeli!!

Hoje a Resenha da Leitora vai ter a participação especialissima de Cris Arcangeli!!


Cris Arcangeli who?


Sim, Cris Arcangeli, criadora da Phytoervas, a primeira marca a investir em ingredientes naturais e também a primeira empresa nacional a não utilizar animais em suas pesquisas e a produzir shampoo sem sal. Isso em 1986, época que o creme rinse cor de rosa reinava nas prateleiras.


Antes de SPFW, Cris (olha a íntima!) criou o Phytoervas Fashion, evento que era transmitido pela MTV e onde teve a estréia de Gisele Bundchen nas passarelas, além de projetar nacionalmente jovens estilistas que hoje são nada menos que Alexandre Herchcovitch, Fause Haten, Walter Rodrigues e Marcelo Sommer, entre outros.



Cris trouxe para o Brasil o único Chanel MakeUp Studio da América Latina (que era no Iguatemi) e apresenta o Programa Manual na Tv e no rádio. Como não acaba por aí, ela é também responsável pelo marketing e desenvolvimento da Éh Cosméticos, lançada em julho de 2006.



A gente perguntou e Cris respondeu: quais os produtinhos que vendem na farmácia que ela usa? Cris contou que "certa vez trouxeram um Creme de Coco de fabricação caseira pra mim e eu simplesmente ADOOOOOORO ele" (alguém já usou? fiquei curiosa!). O Shampoo Eh! "é um produto óóóótemo e que eu uso sempre, além de ser bem baratinho" (shampoo eu nunca usei, mas os cremes e sprays são fantásticos). O Hidratante Jonhson’s & Johnson’s é "baratinho e super eficiente. A pele fica super hidratada!" (Joo confirma, confira aqui). Sobre o Óleo de banho Phytoervas, ela diz "mesmo a marca não sendo mais minha, continua com a mesma qualidade e não abro mão no meu dia-a-dia" (nesse frio, estou reconsiderando a opção de usar óleos de banho, que aboli faz tempo).



A Cris mantém o www.cristianaarcangeli.com.br, onde além de dicas bem interessantes, está rolando uma promoção na coluna Nem Te Conto onde a melhor dica enviada entre 26/06 (amanhã!) e 03/07 (próxima sexta) ganha um óculos Chanel. Participe porque a gente vai participar!

terça-feira, 23 de junho de 2009

Promoções rolando?


A Shirley pediu para divulgar o Sorteio relâmpago: New Active Emulsão Facial FPS 35 da Vita Derm mas a gente é ligeira feito uma minhoca e já acabou.


A Pri tb pediu: está sorteando um hidratante Victoria’s Secret, detalhes no post.

Larissa também está com promoção, confere lá.


E até amanhã você pode concorrer a Linha Secatriz Dermage, aqui mesmo!


Lembrando que a gente assina em baixo à (era pra ter crase?*) aquela resolução feita pelas Twins, lembram? quem não leu, leia! A gente não é disciplinada suficiente para reunir semanalmente tudo o que nos pedem, então, mandem email pra Mi, que fica tudo lindo, organizado e divulgado pelas Twins.


* não era pra ter crase (a crase caiu, gente?) pq não é pra assinar embaixo a aquele nada, mas a piada ficou boa. E se pra você a piada não ficou boa, recomendo a leitura desse post (no link, fia)

Querem uns pitacos sobre a liquidação da Contém?

Eu ia começar esse post fazendo uma piadinha sobre conselho, que se fosse bom a gente vendia, mas a galera anda tão sensível por causa de toda essa polêmica de venda de posts, que preferi calar. Ao invés, direi que não pretendo comprar nada na Contém 1g (e nem em lugar nenhum!) por enquanto, não por falta de vontade, mas porque isso aqui me deixou pobre pelos próximos sei lá quantos meses.

Mas como escrever no blog ainda é grátis (xiii, olha eu quantificando de novo!), pensei ontem e conto cá hoje sobre os palpites que tenho a dar na liquidação da Contém, sobre a qual a gente falou e outros tantos blogs também falaram. Vamolá:

1) Levem o folder da liquidação impresso

Sim, levem. Imprimam daqui do blog ou do e-mail, caso vocês o tenham recebido. Acontece que quando você chega em certas lojas/quiosques da Contém 1g, e pede por um produto, a vendedora vem com a maior cara lavada te cobrar preço maior do que o anunciado (querem mais? Vejam post ótimo da Marina sobre atendimento ruim em lojas de cosméticos). Juro que não sei dizer se é má fé da loja, ou pura desorganização da franquia toda, mas incomoda de qualquer jeito. Tá, pra mim incomoda mais ainda ter que esfregar o impresso na fuça da atendente (a Loo já teve que fazer isso!), acabo até preferindo ir embora. Façam vocês qualquer uma das escolhas, meninas, o importante é não aceitar que seja cobrado por um produto valor maior do que aquele pelo qual ele foi anunciado!

2) Fujam dos produtos "em mousse"!
Tenho um iluminador em mousse da Contém e já falei dele no blog. Comprei porque a cor era linda, mas em compensação essa textura de mousse é uma droga. Faz você pensar em uma coisa aeradinha e fácil de espalhar como a base Dream Matte da Maybelline, né? Pois é, mas aqui a coisa é diferente. Ao aplicar o iluminador em mousse, sempre sobram uns fiapos e bolinhas de produto nos cantos, onde o dedo (é, eu aplico com o dedão mesmo) desencosta da pele. Daí, depois que eu limpo essa "sujeirinha", ainda fica a sensação de desperdício de produto.
 
3) Invistam num duo-base
Se você está precisando de uma base legal, essa é a hora de comprar um duo-base da Contém. Não acho que ela valha o preço normal (com FPS por R$72 e sem FPS por R$68), se for esse o caso é preferível pedir uma Some Kind-a Gorgeous no site da Benefit. Deixa eu explicar: a SKG é minha base über favorita já há alguns anos, porque embora cremosa, fica leve na pele e muitas vezes dispensa até o corretivo. O duo-base da Contém tem efeito parecido: produto com aquela primeira textura de base, mas que fica com aparência de pó na pele. A contém anunciou o tom "claro" com FPS e o tom "vanilla" sem FPS nesta liquidação, por R$39 cada, sem dúvida um preço bem mais justo.

Resenha da Leitora: Débora testou produtos Freeman



Olá meninas
Há mais ou menos um mês comprei dois produtos da Freeman, uma marca americana que é encontrada em algumas farmácias mais metidas aqui no RJ;
fui no embalo da revista Gloss, que indicou a máscara de acabate com aveia, e acabei comprando também o creme hidratante para os pés com maleleuca.
Cada item custou vinte e poucos dinheiros. As embalagens são fofas, bem coloridas.

Adorei a máscara, ela deixa pele com sensação de limpa sem ressecar, além de fazer uma esfoliação suave.
O cherinho não é dos melhores, mas também não chega a incomodar, é bem suave.

Já o hidratante... Não é ruim, mas não cumpriu a proposta de deixar a pele do meu pé, extra seca, mais macia. Fez o que qualquer hidratante faz, por isso não vale o preço.

O site da marca é http://www.freemanbeauty.com/ e fiquei com vontade de experimentar mais produtos.

domingo, 21 de junho de 2009

Quase esqueço de contar...

Precisei de um desodô numa quase-situação de emergência e o escolhido foi o Dove Hair Minimising, versão roll-on, que promete reduzir os pelos do sovaco da axila com o uso contínuo.

Acabou que a quase-situação de emergência não se concretizou e meu primeiro dia de teste com esse desodorante foi hoje, há uns 8 minutos atrás. Como sou uma cerumana que sofre com os montes de pelos que tem, e que se deixa cera quente ou fria chegar PERTO da axila já sente coceira (apelando, assim, para a boa e velha gilete), o que vier é lucro. Quero ver se essa maravilha funciona.

Daqui a uns dias venho contar o que aconteceu (ou não). Se eu esquecer, me cobrem, tá? Nesse meio tempo, cês me contam se já usaram e se funcionou???


PS: antes que alguém pergunte, o esmalte da foto é o bonitíssimo Tóquio, até o namorado gosta. Fiquei saudosa dele depois que passei o New York, que é meio novidade, não gostei e tirei. Achei que faltou gramú, tem meio cara de primo pobre do Tóquio, sei lá. Mas agora sim estou contente, com minhas unhas-de-grafite. :)

sábado, 20 de junho de 2009

Resenha da leitora: vários produtos barateenhos by Danielle




Meu nome é Danielle tenho 19 anos,na verdade 20 semana que vem. :)
Moro em Belo Horizonte.Como não possuo renda dependo do papai pra tudo acho super legal a iniciativa do vnf.
É duro viu? Homens tem mania de achar tudo caro e é muuuuuuito difícil arrancar dinheiro do meu pai quando o assunto é maquiagem e cosméticos, por que ele considera fútil e não aceita desembolsar muito para esses fins o máximo que ele faz é deixar comprar (bem pouco) no cartão e pedir avon. -.-
Sei que com certeza existem leitoras que como eu também não trabalham e tem pais pão duros quando falamos em beleza. Por isso resolvi fazer resenhas de alguns produtos bem baratinhos que fazem diferença e quebram bem o galho quando se está com o bolso extremamente furado. :P
Começando pelos cabelos:
Meus cabelos são oleosos na raiz, tem pontas duplas e é seco no restante o que deixa com um aspecto minguado.
Foi SUPER agredido com descolorações e tinturas fiz hidratações reconstruções e cauterizações o que melhorou muito mas hoje em dia estou sem grana e tempo pra salão. Como já é de se imaginar não encontro um produto específico que resolva todos os meus problemas então fui experimentando alguns e encontrei a combinação perfeita:
1. Shampoo Garnier Fructis Cabelos oleosos: sempre tive preconceito e usava o Bio Stratus pra cabelos oleosos (que também é muito bom) mas um belo dia quando fui comprar não tinha mais dele e levei o Garnier pra quebrar o galho por uns dias. Acabei gostando e uso alternando com um anticaspa da Capicilin que refresca o couro cabeludo. PREÇO: não passa de R$5,00
2. Dove Therapy anti quebra: Dá uma disfarçada ÓTIMA nas pontas duplas e realmente cumpre o que promete. Reduz a quebra e deixa o cabelo super macio. Bom pra adiar a tesoura xD PREÇO: R$13,00 mas já achei por 11 promo :P
3. Pantene Volume e Corpo: Esse é meu favorito. Faço escova e prancha e meu cabelo fica muito "minguado" por que ele já tem pouco volume e é ondulado.Uso o Pantene só nas pontas que ficam ralas e o meu cabelo fica liso porem com volume e movimento.É ótimo mesmo. PREÇO: depende do tamanho.
4. Leave on Dove Therapy anti frizz: Ele é em spray é super prático e leve não atrapalha na escova não deixa os cabelos pesados e controla bastante o frizz em dias umidos. Ele também é indicado pra cabelos sem volume. PREÇO: 10,00
5.Elseve reparação total: não sei beem o que falar usei a linha toda menos o leave in. Achei o condicionador muito bom uso ainda junto com pantene rs não faz milagres mas notei que o meu cabelo ta ficando mais forte.A máscara também é boa mas é meio "pesada".
Agora a pele e o make
Pra quem tem pele oleosa como eu e não pode comprar matificante primer e etc vale a dica: use sempre produtos para o seu tipo de pele:
1. Sabonete Pure Zone: ele deixa a pele bem sequinha tem um cheiro bom ( não fede como os de enxofre) PREÇO: Max R$ 8,00
2. Control shine nivea young: Ele hidrata a pele e eu uso sempre antes da base por que ele segura bem a oleosidade. PREÇO:R$:18,00
3. Procure um dermatologista (um anticoncepcional e um ácido fraquinho fizeram milagres na minha pele).
4. Base 3 em 1 avon: uma das poucas que encontro no meu tom de pele (branquela) apesar de ser oleosa se você usar outros produtos como os que citei acima pra conter ,ela da um efeito bem legal apesar que não cumpre o que promete (efeito base corretivo e pó) já que pra pele oleosa é necessário usar o pó.PREÇO: R$ 21,90 e R$19,00 o refil (preço desse mês)
5. Pó facial Anconda: ele não é lá essas coisas mas para as branquinhas é o único dentre os "populares" (leia-se: barato) que atende a cor. Geralmente a Elke, Maybelline e essas outras marcas encontradas em perfumarias e lojas Americanas só tem cores mais escuras. Pelo menos aqui em Bh o translúcido Anaconda foi o único claro (e barato) que encontrei. Tem uma cobertura fina e leve não dura muuuito, tipo o da Elke mesmo. PREÇO: R$ 11,00

sexta-feira, 19 de junho de 2009

Mais Sete, nas palavras de Joo.


Quarta passada nos encontramos, eu e socinha Loo, para um evento esportivo no Bonifácio, bar que foi palco da primeira Sacolada NOT. Bem, "esportivo" é modo de dizer, tinha jogo do curintia na TV e, pra quem não sabe, sou saopaulina mas banco o talismã** do Frederico durante os jogos do time dele, que nunca perdeu sequer uma partida que assisti (mamata que aliás, acabou noite passada, quando um curintiano do andar de cima gritou pela janela cinco minutos antes das doze badaladas e não só acordou esta que vos escreve e que precisava levantar 6:30 da madrugada, como me deu um baita susto - de modo que, daqui para a frente, me recuso a bancar o patuá pra time alheio cujos torcedores me aborrecem no meio do meu sono).


Preciso dizer que eu estava muito mais interessada nos mimos que Loo me levou do que no tal do jogo? Eram uma sombra linda maravilhosa da Yes! (sobre a qual falarei depois), mais a Espuma de Limpeza Facial Hortela e o Creme Hidratante água de Coco Verde, ambos da Sete Sensorial Trends. O test drive ficou pra hoje, primeiro momento em que tive um tempinho desde que encontrei LooLoo.


Adorei a ideia de uma espuma facial para lavar o rosto. E o produto deve render, porque com uma, no máximo duas "apertadas" na valvulinha do aplicador, a creuza tem na mão o suficiente pra uma utilizacão. Esses são os pontos positivos. O problema foi que achei que ele não limpou direito a minha pele, mais oleosa do que a da Loo (proces verem que, quando a gente não curte um item, não é porque escreve isso com todas as letras que está "gongando" o dito cujo - aqui temos um exemplo de produto que deu certo pra Loo e não deu certo pra mim, provando de novo que cosmeticos NOOOOON funcionam igualmente pra todo mundo). Senti que ainda ficou aquele restinho de oleosidade, o que não rola quando uso Effaclar, que deixa a pele limpa sem resseca-la. Minha tia, dona de pele tão oleosa quanto a minha, tambem testou e sentiu o mesmo efeito. Socinha, já que vc usou quase todo o produto quando eu estava fora mesmo, acho que vou te dar uma espuma facial de hortelã da Sete de presente...


Agora... uy... o hidratante de água de coco da Sete não esfarela mais! Ao testar nas costas da minha maozinha, ainda no bar, achei que ele tinha perdido um pouco do cheiro delicioso, mas o cheiro continua aqui, com a vantagem de que agora a colcha da minha cama não fica coberta por fiapinhos brancos quando passo o produto nas pernas. E vejam, fiz questão de espalhar bastante e esfregar um pouco pra ver se algo acontecia... a pele ficou hidratada e cheirosa, sem os tais dos fiapos! Loo, quer me dar o seu???



**só vc que me iluminaaaaaa, meu pequeno talismã...

Pérolas aos porquinhos

Recentemente a Alê Garattoni levantou um assunto polêmico no blog dela. Afinal, quanto vale um blog? Quanto vale um banner num blog, quanto vale um post, quanto vale uma menção de uma marca num texto?

A gente está com a Alê quando ela diz que um incrível "kit de produtos" custa nada ou perto de nada para a empresa que o produz. Em contrapartida, espaços publicitários custam dinheiro, e que se as grandes marcas hoje enxergam os blogs como veículos de comunicação, está na hora de passarem a tratá-los como tais.

Deixa eu contar uma historinha pra vocês: um moço de uma agência certa vez nos escreveu um e-mail (o nome dele era outro, mas vamos chamá-lo aqui de Roberto) descrevendo uma campanha que estava sendo feita em prol de certo produto de beleza vendido em farmácias, bem a nossa praia, e nos pediu gentilmente para divulgar. A nossa resposta? As ações de mídia que a gente promove e que não envolvem numerário (dindin, bufunfa, mónei, etc) TÊM que ter algum benefício pras nossas leitoras. Ele que nos mandasse algo pra sortear entre as creuzas, ou para que testássemos antes de opinar. Ok, o tal Roberto nos mandou UMA unidade do produto. E nós continuamos recebendo propostas tais como a que ele fez, as quais respondemos com o e-mail com texto "padrão Roberto".

E o produto enviado por ele? Por sorte, eu testei, gostei, falei bem dele no blog e virei consumidora (quando o brinde acabou, continuei comprando). Não vejo mal nenhum nisso. Se tivesse achado o produto uma porcaria, certamente teria escrito isso no blog com todas as letras. Afinal, se eu não posso dar a minha opinião, de que me serve ter experiências boas e ruins? De que me serve ter um blog? A gente se orgulha em ter leitoras que acreditam na gente e que, além disso, entendem que cosmético não funciona do mesmo jeito pra todas as pessoas. O Adsense, por sua vez, não concorda... nos baniu por trazermos "risco significativo" a alguns anunciantes. E nós preferimos continuar com a confiança das leitoras a remover posts que "falassem mal" (entre mil aspas mesmo, opinião é opinião, a gente não é dona da verdade) de produtos dos quais não gostamos.

Por falar em opinião, outra coisa em que acreditamos piamente é a clara diferenciação entre opinião e publicidade. Os poucos posts pagos que fizemos até hoje assim estão claramente discriminados: "este é um publieditorial". Como falei em outro post, gostaria de saber qual o problema de deixar explicitado se ganhamos x, 10x, 1000x ou NADA pra fazer um post. Achamos que isso tem um nome: transparência. E vocês?

Enfim, a gente fala muito bem de muita marca que nunca nos deu nada, sequer uma sombrinha uno com aplicador ruim de esponjinha. Isso, meninas, não é publicidade grátis, é opinião. Sim, a gente prefere testar os produtos que recebe, mesmo os que são pra sortear. Nem sempre gostamos deles, mas sorteamos mesmo assim. A leitora que ganhar pode ter outra opinião e contar pra gente, daí se inicia o debate, e cada menina consegue ter uma idéia melhor do produto que serve ou não pra ela. Acho que esse é o objetivo do blog.

Entendam que JAMAIS ganharemos com o blog o que ganhamos nos nossos empregos coxinha, mesmo que ele vire o Megaportal de Beleza VnF? (bem que ia ser engraçado), e não importa quantos posts pagos nos encomendem. Daí optamos por opinar sinceramente, pela transparência, pela confiança, por dizer não ao Adsense e a agências de publicidade que nos trataram de forma sem-noção. A gente quer, sim, se divertir com o blog. E achamos mais legal assim.

PS de Loo: a gente segue, quase ipsis literis, o Código de Conduta para Blogueiros (Profissionais). Vale a leitura.


PS de Loo, parte II: Quase esqueci. Era uma vez, uma agência que estava fazendo um trabalho para um grande portal de cosméticos brasileiros entrou em contato com a gente, falando que esse site ia iniciar uma grande campanha com blogs, e sugerindo fazermos um post sobre produtos de beleza, tipo lápis de olho, e indicar que tal produto vende nesse grande portal de cosméticos. Isso se chama viralização. Isso a gente não faz nem pagando. A gente faz de graça, já tinha falado desse site, já falou depois dele depois desse incidente (prefiro tratar assim) mas fazer post encomendado sem deixar claro (de acordo com o Art. 36 do Código de Defesa do Consumidor.) a gente não faz. Era um post encomendado, gratuito e não explicito. Aqui isso não acontece. Post sugerido e gratuito, acontece, desde que fique transparente para vocês. A inteligência de vocês vale mais que qualquer parceria com qualquer grande portal de cosméticos.

PS de Loo, parte III: o título desse post foi inspirado no Malvados também. E a Gabi tem segue as mesmas diretrizes, explicadinho no Anuncie, vale ler.


PS de Loo, parte IV: pra encerrar, a gente entende que quando alguém manda alguma coisa pra gente testar, estão querendo saber a minha opinião. Que pode ser boa ou ruim, uma passada pelo blog deixa claro. Então, vou dar a minha opinião, boa ou ruim. E eu acredito que a minha opinião (ou da Joo, btw) interessa para muita gente.

quinta-feira, 18 de junho de 2009

ai ai ai Contém 1gr


acabei de receber da Contém 1gr  um email assim: "Liquida - Junho 2009 (favor considerar este)".
Tsc tsc tsc ... bem que algumas meninas avisaram que passaram na loja e não encontraram o que queriam ... justo agora que o conceito da Contém 1 gr subiu uns degraus depois de uns lances aí ...

Para atualizar, segundo eles o que vale agora está nesse link: http://www.contem1g.com.br/pt/e_mails/liquida_junho2009_email.html

Venus: já temos uma ganhadora!


A Monica, que criou o Vitruvio, foi a primeira ganhadora do Kit que a Unilever nos mandou.


Apenas 37 Creuzas mandaram email para concorrer, e somente quem mandou corretamente e dentro do prazo entrou na conta.



Clicando na imagem ela fica maior. Eu preciso contar que contei os emails um a um para saber quantos tinha, sendo era era só subtrair os não-válidos. Justo eu, que resolvia derivadas básicas de cabeça. Creio que essa vida de beauty blog tá me emburrecendo. Enfim, selecionei todo mundo e pedi para Joo escolher entre 1 e 37. Ela escolheu 22, que na ordem de chegada ....




Foi a Monica!

E você que ainda não fez seu cadastro, tá esperando o que? tem outro kit esperando para ser sorteado, quem já fez continua concorrendo, basta ir no Portal Venus, fazer seu cadastro, colocar Vende na Farmácia? no campo quem indicou e mandar email para venus [arroba] vendenafarmacia.com com o nome do blog que você criou lá no Venus para concorrer.

Concurso Dermage: Linha Secatriz

Com um certo atraso, pois ontem me & Joo voltamos ao Bonifácio para torcer para o Corinthians (meu caso) e xingar gaúchos (o caso de todo mundo que estava lá) - onde me ofereceram caipirinhas, credita? abuuuso (piada interna). Mas falando do que interessa, a gente recebeu da Dermage a linha Secatriz, que a gente falou aqui, para testarmos e sorteamos aqui também. A linha a gente ainda não testou, mas como tudo que a gente testou da Dermage, deve ser ótimo também!








Direto e reto: a gente quer saber o que você faria se no dia do encontro com aquele cara dos seus sonhos que vai te levar pra jantar (finalmente!!) você acordasse com uma espinha monstruosa na ponta do nariz? Valendo criatividade e bom humor e respostas curtas, para ganhar nosso coraçãozinho e levar a linha Secatriz para casa.
Valendo até a meia noite de 24/06 - uma semana para elaborar uma resposta bacana e tentar ganhar, aqui nos comentários. Deixe junto com a sua resposta um email válido para que a gente consiga entrar em contato com você.

E já!

Resenha da leitora: Clinique strikes again

Carolina contou


Olá Loo e Joo!!!

Sou leitora assídua do blog e gostaria de compartilhar minha opinião sobre alguns produtos da Clinique com as queridas leitoras...até porque os produtos não são dos mais barateenhos e nada melhor do que a opinião de quem já usou pra dar uma direção (eu pelo menos adooro porque compro com mais confiança)...

Começo pelo trio do famoso "sistema três passos". Minha pele é oleosa no último grau. Por conta disso comprei o sabonete em barra "Clinique facial soap oily"...
Sempre usei o Effaclar e o achava suave demais pra minha pele...e de fato  o da Clinique limpa melhor e não deixa a pele repuxando ... o cheirinho não é tão leve como o Effaclar por causa do enxofre, mas é totalmente suportável. Detalhe: o sabonete vem com uma saboneteira leeeenda de morrer ... um looshoo


O tônico (step 2) que eu comprei foi o Clarifying Lotion 4 ... sinceramente nada milagroso. Complementa bem a limpeza porque sempre resta algo no algodão ... dá sensação de pele limpa também sem repuxar...Vamos ver se com mais tempo de uso vai ou não clarificar a pele conforme promete...
Por fim o Dramatically Different Moisturizing Gel ... o disputado hidratante em gel e passo 3 do tal "sistema". Estava usando o Effaclar M e confesso que me decepcionei um pouco com o hidratante da clinique porque o da la roche seca beem mais rápido e tem a textura mais leve. Enfim ... não faz milagre no quesito "hidratante sem óleo". Não é ruim (longe disso) maaas, não tem nada de mais.


Por fim os famosos minimizadores de poros. A Marina (2beauty) usou o corretivo pore minimizer em um tutu no petiscos e de fato o produto vale a pena...Em relação ao serum (Pore Minimizer Refining Serum) sinto dizer que sozinho não ele não faz milagre mesmo. Ele serve como um primer, deixando a pele bem sequinha pra receber a make ... mas esconder mesmo os poros só o corretivo. O serum é incolor e vem em uma bisnaga de 40 ml. O corretivo vem em uma bisnaguinha de míseros 15 ml, ou seja, beem pequeninina. Minha pele é morena clara levemente amarelada e a cor mais escura do corretivo foi perfeita...na verdade ele se funde à pele então não se prendam muuuuito à cor, até porque ele é pra corrigir os poros e não substitui o corretivo pra olheiras e etc.



Pra terminar .... peles oleosas de plantão, o pó solto da clinique é mara ... embalagem chique, pincelzinho que presta pra alguma coisa ... enfim, tudo de bom...

quarta-feira, 17 de junho de 2009

terça-feira, 16 de junho de 2009

Concurso Dermage

Não querendo ser um blog de sorteios (arght) mas já sendo, vai ficar para amanhã o concurso da Dermage, porque nossa imaginação infelizmente se esgotou por hoje.




Portal Venus e sorteio!



Chegaram em casa os kits com produtos Unilever para sortear entre quem fez o cadastro no Portal Vênus e preencheu "blog Vende na Farmácia?"



Quem fez o cadastro e mandou email está concorrendo e quem fizer o cadastro até amanhã as 22:00 também vai concorrer. Para isso, basta ir até o Portal Venus, fazer o cadastro e mandar um email para venus [arroba] vendenafarmacia.com com o nome do seu blog criado no portal Venus para concorrer.







Mais detalhes nesse post: Portal Venus.

Mais do momento "saindo da concha", estrelando Morangão!

A última das etapas que eu cumpri no processo de saída da concha foi a utilização de um produto corporal anti-feiúras. "Produto corporal anti-feiúras" é todo gel, creme, spray ou coisa que valha que prometa ajudar com a celulite, com as medidas, com as estrias, com as feiurinhas do corpo em geral.


Pois bem, eu sou a própria sanfona de festa-junina, já engordei e emagreci milhares de vezes, e atualmente me encontro naquela fase em que a calça jeans começa a cair e você começa a precisar de cinto - espero que a próxima fase seja a costureira pra ajustar tudo. E acho que o fato de ter usado, desde novinha, produtos corporais anti-feiúra, fez com que eu não tivesse sido um grande alvo de estrias (por causa do efeito sanfona) ou de celulite (pela vida supar saudável que eu levo, oi Coca Cola!). Não que eu não as tenha: elas estão bem ali. Mas a proporção tá longe de ser monstruosa.


Usei de tudo, desde Nívea a Elancyl. Quando tinha 20 e poucos e era uma pobre estagiária, usei até hidratante comum pra fazer massagem. A Dani Ricota falou muito de massagem modeladora durante uma época, vejam só. Sim, eu me sentia bem mesmo com o hidratante qualquer-nota. E de uns tempos pra cá tive vontade de experimentar o gel anti-retenção de água, da linha de uva da L'Occitane, mas não comprava nunca por motivos óbvio$$. Até que o Morangão me mandou um e-mail dizendo que eu tinha desconto de 13% sei lá por que, mais um outro desconto de não sei quanto e mais o desconto de fidelidade. Sei que, no total, o desconto deu 32% mais o frete grátis, achei que valia a pena e comprei o tal Anti-Water Retention Gel.


Tem que amar o Morangão. Mesmo. Meu produto chegou rapidinho, só que AAAAARGH, com uma quantidade razoável de produto vazando por um defeito da tampa de alumínio. Na mesma hora escrevi pro SAC, e juro, uns 11 minutos depois me retornam com um e-mail simpático, pedindo para eu tirar e enviar fotos do produto defeituoso, e então eles dariam início ao processo de troca.


Malgrado a boa vontade do meu site preferido, do qual a gente sempre fala por oferecer produtos que realmente cabem no bolso das creuzas, fiquei pensando na demora, que eu ia ter que´mandar fotos, depois botar o negócio no correio, enfim... Tive outra idéia: me mandei pra loja mais próxima com meu produto, onde a vendedora, após me passar um leve pito por eu ter comprado de outra fonte que não uma loja (olha eu ligando muito!), disse que meu gel parecia ok quanto a cor, textura, cheiro, etc. Veredito: foi uma vazadinha inocente, que poderia ter acontecido na minha mochila.


Só não parti pro abraço com o produto na mesma hora, porque vejam, eu estava bem no meinho do processo de concha... Ele ficou guardado há até uns 3 dias atrás. Como o próprio nome diz, serve pra ajudar a combater a retenção de água, edemas que enfeiam a pele da moça. Mandei bala em massagem nas coxas, parte interna dos braços, barriga e bunda. A embalagem diz que é um "tratamento de 30 dias", portanto espero ver algum resultado até lá. Até agora, a automassagem fez bem por ser mais um momento de cuidadinho comigo mesma.


E o Morangão (que não está nos pagando nada mas gostamos dele mesmo assim) tem opções para conchas de todas as faixas salariais, vejam só:


+ Lancôme Juicy Tubes fora da caixa (que você vai perder mesmo), por R$18;
+ Rímel da Bourjois por R$23;
+ Algumas cores de batom da Clinique por R$24;
+ Gel refrescante de verbena para os pés, L'Occitane, por R$41,50;
+ 7 pincéis lindíssimos da Smashbox, com estojinho de pele fake (juro que me senti tentada a comprar e mandar lá pra casa da nossa amiga na gringa, evitando taxas, mas não tô podendo comprar nem meia bala juquinha sem papel), por R$148;
+ E se você REALMENTE PRECISA de uma pinça slant da Tweezerman, ao invés de pagar milionários 90 reais, seja gatha e pague R$40,50 no amigo Morangão!


Mas como para sair da concha também é necessário rir, e rir muito, gargalhem (ou chorem) com os preços da La Mer, no mesmíssimo site. Sério, desçam a barra de rolagem até chegar nos produtos de R$5000,00... e saiam da concha bem-humoradas.



"La Mer" também é o nome de uma das minhas músicas prediletas... está, em francês, na trilha sonora de "O Escafandro e a Borboleta", e toca no final de "Procurando Nemo", cantada em inglês pelo (amo!) Robbie Williams e com o título de "Beyond the sea".
E lembrando: Vai comprar no Morangão? clique no nosso banner na barra lateral direita e enjoy!

Resultado do concurso Sete Sensorial - Sete Desejos

Escolhemos esse tema com um pézinho atrás, pois o ultimo concurso cultural deu trabalho pois foram muitas respostas. Com muitas respostas, teve também muita resposta boa como muita resposta ruim. Nesse concurso  Sete Sensorial - Sete Desejos foi uma delícia: nem tantas respostas, mas todas excelentes. Superou nossas expectativas como não poderiamos imaginar!
Sem delongas, as duas respostas escolhidas foram da Noiva e Cibelly. Apesar da Noiva ter dito que queria bater nos irmãos Gallagher que eu adoro e querer tomar um Cosmopolitan com as meninas de Sex and the City que Joo odeia, as escolhas foram divertidas e originais. A Cibelly fez uma relação interessante entre sete desejos e sete pecados que mereceu ganhar.
A gente se surpreendeu com a quantidade de leitoras fãs de seriados. Todo mundo quer mesmo saber como vai acabar Lost, acompanhar House, assistir Esquadrão da Moda e SATC. Isso me alivia, pois dá pra falar de fumaça negra que pelo alguém vai entender. E falar que o Peter Petrelli é tudo na vida de uma pessoa, néam?

Para quem não ganhou, eu digo: obrigada pelas respostas ótimas. Nós realmente ficamos orgulhosas de vocês. Quem não tem uma farmácia onde tenha Sete por perto, tem pra vender na Sacks aqui ó: http://dermocosmeticos.sacks.com.br/site/marca.asp?id=217
Ainda hoje a gente vai lançar um concurso para dar para uma sortuda aquela linha inteirinha da Dermage de conte a acne, chamada Secatriz, que a gente falou aqui. Fique de olho!

Resenha da Leitora Pri: Sombra Koloss

Conheci o blog faz pouco tempo, mas não lembro como.
Todas as marcas que vi por lá eu já conhecia, com exceção da koloss, que conheci na minha última ida à farmácia.
Daí, no mostruário tinha uns 3 ou 4 tons de duo de sombras, experimentei todas no braço e o que mais gostei foi do verde, que acabei comprando.
Custou por volta de 6,00 reais.
Fico devendo como é a duração, porque tirei as fotos especialmente para o blog e logo depois demaquilei.
Por falar nisso, me desculpem a qualidade (ou a falta dela) das fotos, porque foram feitas pelo celular, uma vez que não tenho máguina (por isso nao posso participar dos concursos, buáááá). Inclusive a cor do verde é beeem mais bonita que a foto.
Bom, além da sombra aproveito também para falar do corretivo verde que achei da tracta. Custou por volta de 13,00 reais. Veja minhas olheiras antes e depois.
Por cima do corretivo verde passei a base, depois o corretivo de cor normal e por cima o pó.

 Ps da Pri

Eu vou entender se vocês não quiserem postar essas fotos horríveis! Nas próximas resenhas eu peço alguma máquina emprestada heheheh

segunda-feira, 15 de junho de 2009

VnF? no jornal Gazeta do Povo


As melhores leitoras do mundo avisaram: a gente saiu no Jornal Gazeta do Povo, de Curitiba, junto com outros blogs (a Vic falou também)

Confere lá: http://portal.rpc.com.br/gazetadopovo/viverbem/conteudo.phtml?tl=1&id=896026&tit=Beleza-virtual

CeA e Esquadrão da Moda

Que a gente aqui a-d-o-r-a a C&A vocês já viram. Acabei de receber pela newsletter que a C&A vai lançar um concurso com o Esquadrão da Moda: basta ir no site http://www.cea.com.br/esquadraodamoda/ e responder a dificilima pergunta: "Qual loja dá a você um guarda-roupa novo e assessoria de moda exclusiva" ? São R$ 1.000,00 em compras e as respostas serão aceitas até o dia 31 de Julho. Com o cartão C&A você ganha o tem chances em dobro e eu como boa descontrolada, digo que R$ 1.000,00 é nada.



(esse post não é um publieditorial)



sábado, 13 de junho de 2009

Resenha da Leitora Claudia: nivea q10 plus





Visito sempre o Vende na Farmácia e adoro, mas nunca comentei, porém desta vez, achei que deveria passar a vocês uma dica, que eu considero imperdível. Uso, já faz bastante tempo, o Nivea Q10 Plus, tenho 40 anos, mas as rugas ainda não me pegaram e eu acho que além do vício no filtro solar, este creminho aí fez toda a diferença. Além da eficiência, ele tem aquele cheirinho nívea que eu adoro.

Bom, além de indicar o produto, a dica aqui é quanto ao preço, tanto o noturno quanto o diurno, custam em média 50 reais, mas aqui em Campinas/SP, na rede de supermercados Dia%, o valor dos creminhos é R$ 10,90!! E não é promoção, é o preço normal do produto!! Gente, vale muito a pena! Ah, e não está vencendo não, a validade do produto é 12/2010. Meninas, acho que vale a pena dar uma procuradinha nos supermercados Dia% das cidades de vocês.

sexta-feira, 12 de junho de 2009

Empório Body Store




Eu adoro um jornal de bairro. Sérião. De colecionar pra salvar as melhores pérolas. (In)felizmente, o jornal mais regular que entrega em casa é o melhorzinho deles. Folheando a edição que chegou no final de semana passado, fiquei sabendo que o Empório Body Store, marca gaucha que fiquei conhecendo pela Marina, abriu a primeira loja em São Paulo. A franquia de São Paulo, além de ser a primeira loja da marca instalada fora de shopping, é do lado de casa. Walking distance mesmo. Passei lá essa semana e senti um certo alívio. É mais um copião da Lush, estilo a Wisha Wisha (comentei num blog que a Wisha Wisha não passava de uma cópia quase descarada da Lush, num post que dizia que era um "novo conceito" - essa foi especial pra você, madastra dos textos ruins - em cosméticos. Oras oras, a Wisha Wisha ocupa até a mesma loja que a Lush ocupava no Shopping Paulista. Pena que eu não lembro qual era o blog, blé pra mim). E copiar é bom? Não sei pra Lush, mas pra mim é! A gente aqui ama a Lush, eu acho tudo lindo, caro e maravilhoso, mas não é o objetivo desse blog ficar falando de marca cara que não vende na farmácia, não vende no Brasil e tampouco pela internet. A Empório Body Store segue o mesmo padrãozão: produtos dispostos em bancadas, barronas de sabonetes, barrinhas já etiquetadas, uma linha grande de produtos líquidos para o corpo e muita, muita inspiração. Deja vu rolou tanto que eu fiquei até perturbada. Tem sabonete de carvão, tem o Karma - que chama Sutra Karma!, tem o Demon, o Honey, tem sabonete de algas, tem muito sabonete no estilo daquele barraqueiro que ia na Ana Maria Braga ensinar as donas de casa a ganhar dinheiro, tinha vários kits pro Dia dos Namorados, sais de banhos deveras interessantes e ponto muitíssimo positivo: pedaços realmente pequenos de sabonetes. Eu comprava na Lush só pela web pois sabia que ia receber exatamente as 100 gramas anunciadas. Na loja nem sempre tinha pedaço pequeno, eu me empolgava, quando pesava o pedaço tinha 400 gramas e o kilo de um sabonete nessa vibe não custa menos de R$ 100 - sim, É MUITO CARO, mas alguns realmente valem cada mísero centavo. O Fresh Farmacy vale, o Angel vale, o maravilhoso e sazonal Snowcake super vale. O FF tem na Wisha - hã! - e não me arrisquei com os similares da Empório Body Store pois estou esperando meus sabonetes de frutas vermelhas da Natura chegarem - sim, eu que odeio Natura, quero ter um motivo recente para falar mal, ou não!


Copiar, quando a gente não tem por aqui, é válido. Quem me dera ter um cópia do Freddo em qualquer lugar de São Paulo que fosse.


Quanto ao Empório Body Store, vou ficar de olho. Literalmente. E a quem interessar possa, o salão onde a fdp acabou com a minha sobrancelha fica em frente. O salão é ótimo, vive cheio, só não recomendo para arrumar a sobrancelha.

quinta-feira, 11 de junho de 2009

Resenha da Leitora Thaíse: Sombras Catharine Hill


Olá meninas, tudo bem?

Sou leitora do blog, comento sempre que tenho algo relevante a ser dito (hehehe, ando meio não-podendo experimentar muitas coisas...) e ASSINO O FEED! Viva!

Então, eu conheci o canal da Lu Schievano aqui pelo site de vocês, e lá pude ver que ela usa em vários looks a paleta de sombras da Catharine Hill. Numa busca, notei que vocês nunca falaram dessa marca e resolvi fazê-lo.

Eu conheci a Catharine porque sou atriz e ela é famosa no "meio" por ser de boa fixação e bem em conta. Costumamos usar não só a linha artística, mas também a social - linha em que está incluída a tal paleta. E tendo o material em mãos, é claro que experimentei também "na vida", fora dos palcos.

Uma paleta custa entre R$30,00 e R$ 40,00 (está indisponível no site, infelizmente) e vem com 30 cores. Parece um bom custo/benefício, não? E é: as sombras são super pigmentadas! Eu nunca usei uma sombra caríssima, é verdade, mas de todas as baratas que usei, vixe, essa ganha fácil. É infinitamente superior às sombras da Natura Aquarela. Gente, é melhor e mais barato que Vult.

Quando vi que a Lu usaria essa paleta, só fiquei encucada com uma coisa: as cores disponíveis. Porém, pude ver que a paleta que ela usou, igual a que está no site da marca, tem cores diferentes daquelas da que eu tive, que trazia uns amarelos, laranjas, roxos meio chocantes, além de alguns tons mais neutros. Hoje ela tem várias cores mais sóbrias, mas que me parecem ter o seu colorido, e nada de amarelão-ão-ão. Enfim, eu confio na potência dessas sombras.


A Chris testou Catharine e contou aqui e a Thaise escreve no cabenamao.blogspot.com

@vendenafarmacia.com de volta!!

Imagem by youareowned


Bem que me deu trabalho, mas o servidor de email do Google não conseguiu me vencer. Nosso email @vendenafarmacia está de volta e agora, atendendo a pedidos, também tentamos atender no MSN: emessene [arroba] vendenafarmacia.com.

quarta-feira, 10 de junho de 2009

Descobertas (pessoais) da Hair Brasil e sorteio






Num cantinho da feira, um monte de mulher alucinada estapeava-se por esmaltes no stand da 5 (Cinco). Acima de 10 esmaltes, cada um saia por R$ 1. Infelizmente eu só tinha uma nota de R$ 10 comigo (coisa me fez dar meia volta no estacionamento que custava R$ 18 antecipados - eu super estaciono bem e só evito balizas em curvas pois ruas curvas acabam com as referencias) e demorei para escolher só 10 cores das mais de 200 que a marca oferece. Como eu nunca tinha ouvido falar na marca, aproveitei que a gerente de marketing estava lá e fiz um mini-interrogatório. A marca é de Curitiba e tem pra vender no Brasil inteiro, menos em São Paulo, pois eles não conseguiram ainda um distribuidor que consiga ter preços competitivos nos produtos (afinal, custando Colorama menos de R$ 2, é preciso ter um espírito muito Creuza para levar um esmalte desconhecido).
Elegi as 10 cores abaixo.






Me apaixonei pelos rosas e fiquei com o Gardênia para mim.



Aproveitei minhas compras novas para testar o esmalte. Usei a base fortalecedora pois minha unha anda descascando e o oleo secante Impala (que falarei em breve)



A cor se manteve linda e muito intacta, dada minha curta capacidade de manicure. Essa foto é do esmalte 5 dias depois: com exceção do indicador que descascou um pouco, a cor ficou toda no lugar, e eu trabalho 12 horas na frente do micro, lavo roupa, louça e faço outros serviços domésticos, e não, não aceito free-lances de diarista. Essa cor é linda: no trabalho me chamaram de unha de boneca, boneca da noiva do Chuck, e dependendo da luz, fica um tom meio violeta, mas pelo menos no meu monitor a foto está bem fiel, um rosa-boneca apaixonante.


O que eu vou fazer com esse montão de esmaltes? Dar para vocês! Aceito sugestões: sorteio os 3 cinzas, depois os azuis, depois os marrons, depois os rosas? Dou tudo para uma pessoa só? Sugestões serão aceitas até quinta (amanhã) de tarde, antes que eu mude de idéia e fique com todos eles pra mim. A única sugestão fora de cogitação é dar um para cada pessoa, um esmalte de um real nao merece um frete sozinho, a menos que a ganhadora banque o frete. Valendo! a melhor resposta ganha, se nenhuma resposta for boa, eu dou um esmalte para a melhor resposta e fico com o resto, ho ho ho.

terça-feira, 9 de junho de 2009

Saindo da concha!

Todo mundo sabe, porque eu (chata) falei disso à exaustão, mas esse ano já tive pneumonia, duas gripes fortes malvadonas, uma febre misteriosa antes de ir viajar e, claro, a rinite alérgica que é minha companheira mais assídua: nunca larga do meu pé, ou melhor, do meu nariz. A viagem, de 03 semanas, surpreendentemente foi um intervalo entre as doenças, pois me senti super bem ainda que estivesse batendo perna pra lá e pra cá e fazendo as coisas num esquema que foi longe de ser de ryca... Vai ver porque desestressou.


Sim, há uns tempos atrás eu não acreditava em stress. Eu era que nem o Presidente Bartlet de The West Wing (eu gosto, tá?), que achava que stress era pros outros, e se curava com um copo de café com sabor e uma sitcom na TV. Tonta! E nesses tempos de dodói, com o stress a mil, trabalhando (só deu pra pegar 3 dias de licença porque não tinha quem colocar no meu lugar, argh), eu que já não sou o exemplo de organização fiquei uma bagunça, minha morada ficou uma bagunça, minhas finanças ficaram uma bagunça, me ferrei na facu, e agora que me sinto melhor, espero que definitivamente, tô correndo atrás do prejuízo.


Já aconteceu com vocês? Um problema de saúde, ou pessoal, ou muita loucura no trabalho, ou uma mera falta de tempo, que deixaram vocês com unhas por fazer, sobrancelha fora de lugar, olheiras, pele ressecada e etc etc etc? Parece que a gente se perde do mundo e se enclausura numa concha pra viver. Escovar dentes, usar desodorante, lavar cabelo todos os dias, usar sabonete específico pro rosto, tudo isso é mecânico, então ok. Mas... e o resto?
Yeah, pra sair da concha é que são elas, né? Eu não sabia nem por onde começar. Resolvi ir aos pouquinhos e iniciar pelo básico.


Primeiro, as unhas. No dia em que cheguei de viagem (é, pra ficar bem fácil!) fui madrinha de um casamento na Umbanda, onde pés descalços são meio que lei. Fiz os pés em casa. Não deu tempo de fazer as mãos, que ficaram pra depois, tanto que quando as meninas do Unha Bonita nos perguntaram quais esmaltes estávamos usando, tive que responder que nas mãos, nenhum... desde que viajei não estava usando nada, sabia por outros carnavais que o esmalte iria descascar, que as unhas iriam quebrar - como de fato quebraram - e eu não estava a fim de ficar me preocupando com unha nas minhas férias. Daí que milênios depois cortei e lixei minhas unhas que já estavam curtas; empurrei e tirei cutículas (sorry, se vocês vissem quanta pele eu tenho não me condenariam), finalizei com uma camada de Maçã do Amor da Risqué. E esse papo sobre mãozinhas me leva à pergunta: existe alguma marca de cosméticos brazuca que tenha um bom esfoliante para mãos? Toda vez que faço as unhas uso o produto de uma marca gringa, Crabtree and Evelyn, que é ótimo, as mãos ficam inacreditáveis de tão macias. Meninas, se alguém souber de algo, por favor, mirem nos comentários e atirem.


Esfoliação, falando nela, foi o próximo passo. Revivi meus esfoliantes corporais preferidos, o de limão e mel da L'Occitane (que é caro, sim, mas rende uma vida) e o Sorvete de Flocos da linha Fun do Boticário (esse é só pra quem gosta de cheiros ultradoces, hein?). No banho da manhã, antes da labuta, voltei a aplicar um deles dia sim, dia não. E eu estava num humor tão cocô que, ao fazer isso, nem estava pensando em deixar minha pele mais bonita, mas meramente em sentir um cheirinho que me fizesse ir trabalhar mais feliz. Funcionou pra um e pra outro.


A hidratação in-shower foi pra ajudar a preguiça, mesmo... a secura do inverno acaba com a pele e moças que estão morando na concha tendem a ser (ou melhor, a ESTAR) mais preguiçosas. Usei uns sachês dessa marca Crabtree and Evelyn que citei, mas sei que algumas marcas nacionais fabricam esse tipo de produto, o hidratante pra ser usado no banho. A Dermage é uma delas. As barrinhas de hidratação da Wisha Wisha, marca que tem quiosques nos shoppings daqui de SP e é inspirada na Lush, também parecem boas pra esse fim.


Quando me convidaram pra um aniversário no qual eu tinha que ir e onde não podia aparecer com cara de marialouca, as sobrancelhas precisaram de um tapinha também. Tirei os pelinhos rebeldes com pinça e preenchi com sombra em pó no pincel. Gente, só falar uma coisa, tô morrendo de raiva porque tenho uma Tweezerman que não sei onde está. Pra quem não sabe, Tweezerman é uma pinça danada de boa, e eu li em alguma revista que ela chegou, ou tá pra chegar, no Brasil - o blog da Vic, se não me engano, deu a mesma notícia. Mas veja só, creuza, se você estiver sem grana, não me vá gastar 90epoucos reais em uma dessas belezurinhas (acho que o preço é esse). Você não PRECISA desesperadamente de uma Tweezerman, vá se virando com a ProArt até uma amiga ir pros Istêites e você poder encomendar. 90 reais numa pinça, só se a minha vida dependesse dela.


Ah, detalhe...nos meus dias de concha, eu estava saindo de casa sem maquiagem NENHUMA! Pode até ser novidade, mas eu nunca fui de usar muita maquiagem, até 20 e poucos anos só usava rímel, delineador e batom, mesmo pra sair - corretivo, só se aparecia a bendita olheira. Pois bem; a moça que mora na concha tende a ter olheiras bem das feias. E depois que eu me convenci de que, se usasse rímel sem o corretivo no estado em que estava, as olheiras pareceriam bem piores, desenterrei o meu Peach da Everyday Minerals. Mas corretivo é que nem gosto e brigadeiro de festa: pessoal e intransferível (odeio quando pedem "uma mordidinha" no meu brigadeiro!), não dá pra recomendar muito porque o negócio é testar. Além da cor, que tem que ser a exata cor da pele do seu rosto (e não do seu braço), pra cada pessoa é um tipo de textura que fica bom: pó, líquido, pastoso, gel... Pra ser sincera o meu é um pó laranja, pelo qual você não dá nada, mas cobre as (minhas) olheiras como nenhum outro. Com o passar dos dias passei a fazer com que o curvex precedesse o rímel... sim, eu tenho um Shu Uemura, mas não canso de bater na tecla de que meu outro curvex, da marca Kai, comprado na loja Tenman-Ya na Liberdade por R$14,90, faz bonito.


E finalmente, percebi que era bom evitar batom muito clarinho, pra não parecer mais abatida (nada de Hue, portanto). Então, sobre a sempre necessária camada de Nívea lip care azulzinho, esse aqui, da ELF, na cor Ruby Slipper: quem tiver oportunidade sijogue mesmo, ele tem um aplicador de esponjinha gostoso, cheirinho de menta e dá sensação gelada nos lábios, fora que não é nem tão cremoso como um batom e nem tão melequento quanto um gloss.


A última inovação foi de domingo passado: o banho de creme caseiro. Deixei por 10 minutos o Amend Doador de Brilho (um que diz que tem diamante cristais na fórmula, a embalagem é branca e a tampa é verde, uma alegria para as creuzas palmeirenses, mas o site não disponibiliza foto nem informações do dito cujo), depois lavei como de costume e funcionou - cabelinhos macios e brilhantes por R$18 o potão que dura décadas.


Hoje de manhã eu juntei tudo isso acima, coloquei vestido roxo, bota marrom e pashmina pink. Acho que sarei. E saí da concha!




Meus PS, só pra não perder o costume:


PS1: a moça que pediu ajuda com a pesquisa sobre cosméticos super agradeceu a disposição das leitoras do blog, disse que as respostas bombaram mesmo. E a gente do VnF? super agradece também... mas sabem de uma coisa? Não foi surpresa, já sabíamos que tínhamos as melhores leitoras do mundo... :)


PS2: já quaaaase decidimos a vencedora da promoção Sete Sensorial, aguardem novis para logo.

Quer vender, comprar, trocar?

Surgiu hoje a dúvida "onde anunciar uma base que não deu certo pra minha pele"?
Gentem, tá na nossa coluna lateral direita, desde agosto de 2008, servindo bem para servir sempre, o Classificados do Vende na Farmácia?
Como funciona? você manda um email para vendenafarmacia.classificados [arroba]  blogger [ponto] com com o que você quer vender, falando onde você está, quanto quer pelo produto, se aceita trocas, e com o seu email junto com o texto. Não adianta, se não colocar seu email junto com o texto, não temos como te encontrar. De duas a três vezes por semana a gente publica os emails. Pode demorar até uma semana, afinal, a gente tem uma vida além de blogar, e se não ficou claro, nós não intermediamos nem ganhamos dinheiro com as vendas. A gente faz de coração, para ajudar quem quem se desfazer de algo a fazer isso de forma rápida e fácil. Visite http://classificadosvnf.blogspot.com/ que tem até o desejado Hue para vender!


Ps 1: Ana Flávia de BH, manda email pra gente, já tirei aquele anúncio do ar.

PS 2. Bora ajudar novamente? por diversas vezes ajudamos a responder pesquisas acadêmicas sobre cosméticos e etc. Só que dessa vez é para quem tem alergia a esmalte. Como in-sha-lá não sofremos desse mal (nem fazer a unha direito a gente faz, só pra constar) vamos passar a bola para as leitoras alérgicas, que eu sei que não são poucas. A pesquisa está nesse link: http://spreadsheets.google.com/viewform?formkey=ckFDUFBDcDBuLXpST3B0R3hmTGVQWWc6MA e é só para quem tem alergia a esmaltes (que não sejam hipoalergênicos, dã)

PS 3. O nosso email continua com problema, porque afinal, depois de passar o dia inteiro resolvendo problema de servidor de email dos outros, vocês já sabem onde vai o espeto  na piada da casa do ferreiro. Então, continuamos atendendo no vendenafarmacia arroba gmail ponto com, lembrando que as dúvidas a gente tenta responder imediatamente.

Ps 4. Eu ando colocando links pela URL pois percebo que  quase 10 anos depois da primeira bolha da internet, tem gente que ainda tem dificuldade para clicar em hiperlinks.