quinta-feira, 29 de abril de 2010

Resenha da Leitora Isabel: Quelle horreur!!!!



Ganhei de uma amiga o Particuliére. Ela me ama muito, é louca e principalmente é rica! O esmalte é caro! Bom, fiquei feliz, adorela o luxo e tals. Levei para o salão, minha manicure usou, achou lindo!!! Isso foi no sábado. HOJE, 3ª feira, olhei as minhas mãos e pasmem, o esmalte estava saindo nas pontas de todos os meus dedinhos! Fiquei louca da kisota, porque, esmalte escuro e caro não pode ficar lascado! Fica horrível até mesmo o Chanel. E falando com outra amiga que também usou ela disse a mesma coisa. O esmalte não dura! Pronto, falei! Viva Risqué, Colorama e queijandas. Para quem não sabe o que essa palavra significa, joga no Google!

22 comentários:

  1. que tristee,posso falar entao que nao tenho esmaltes chanel pq lasca igual os rique mesmo,haha.beijoss

    ResponderExcluir
  2. É verdade por muitas vezes optamos por comprar marcas de renome e caras e não dão resultado.

    ResponderExcluir
  3. Oi linda!
    Pois é, isso pode acontecer, mas te perguntoo... vc usou uma base bacaninha e nova antes do esmalte? Porque isso colabroa, né?
    Beijinhossssss...

    ResponderExcluir
  4. HAHAHAAh adorei! Qdo a sacks comecou a vender chanel e a mulherada ficou louca eu tuitei: O povo fala que chanel dura "horrores" pq quem dá 100 conto num esmalte nao lava louça..... E a resenha ta aqui pra provar que esmalte é esmalte, sai tudo do msm jeito! Viva a Risqué!

    hahaha

    bj

    ResponderExcluir
  5. Meninas, Coco Chanel disse: "O que conta não são os quilates, mas os efeito." nesse caso, são os defeitos! rsrsr
    Pontos para as creuzas de todo Brasil que conseguem o efeito "particulière" com criatividade e misturinhas brasileiras.
    Vi no site Chic da Glória Kalil uma receitinha da cor do esmalte:http://chic.ig.com.br/beleza/noticia/chic-ensina-aprenda-a-fazer-a-vers-o-nacional-dos-ltimos-dois-esmaltes-desejo-
    da-chanel
    "Particulière" brasileiro sem defeitos colaterais.
    Amo esse blog.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  6. Gente, a durabilidade nas mãos depende de tantos fatores além da fórmula do esmalte... comigo, por exemplo, a Colorama é imbatível entre os nacionais. Os gringos que fazem bonito nas minhas mãos são OPI e Essie (além dos da Sephora by OPI, mas a fórmula é a mesma dos OPI, né?). Não adianta achar que, por ser Chanel, o esmalte vai ser melhor. Paga-se pela grife, não pela qualidade.

    ResponderExcluir
  7. Amei a resenha, quanto ao esmalte, Chanel nunca usei mas já caí no conto do Bourjois e, literalmente, me lasquei. Hahahaha!!
    Bjs

    ResponderExcluir
  8. gente, me desculpem mesmo, mas achei muito escrota a animaçãozinha que vocês puseram no link do google.
    vez ou outra desdenham das leitoras.
    não gosto de reclamar não por que o blog é ótimo e tem algumas pessoas que não entendem as coisas, mas preferi dar a opinião aqui.
    não me levem a mal, quem se importa fala, né?

    ResponderExcluir
  9. melhor comprar os baratinhos mesmo que ai sabemos que vão descascar e não pesam no bolso. beijos

    ResponderExcluir
  10. Concordo com a taay, a animaçãozinha foi de mau gosto. Além de partir do princípio de que ninguém vai saber o que significa "queijandas". Ninguém tem obrigação de saber o que significa isso, afinal, essa palavra não existe no dicionário. O que existe é QUEJANDA. Acho que a autora da resenha comeu muito queijo e se confundiu.

    ResponderExcluir
  11. Olha, acho que na minha mão o esmalte que mais dura é o da revlon....adooooro.

    Agora comprei o bonder da orly vamos ver se funciona mesmo
    Bjs

    ResponderExcluir
  12. Ou o meu senso de humor tá MUITO aguçado, ou eu realmente não entendi pq rolou um stress com o link... sério, a Loo me contou das reclamações e eu vim ver. Mas não entendi. Por sorte pelo visto a moça que mandou a resenha não se julgou desdenhada (até porque não foi). Ela mesma escreveu "joga no google" (tá em itálico, vejam!) e aposto que está em casa rindo da brincadeira, bom pra ela...

    O esmalte que mais dura pra mim é o Revlon também, mas hj nossa amiga Talita disse que, pra ela, o Revlon descasca em segundos... bizarro!

    Então, deve variar de pessoa pra pessoa mesmo, mas pra custar o que custa, Chanel não deveria precisar de base... aliás, pelo preço deveria até latir...

    ResponderExcluir
  13. Agora li de novo, e Anna, na boa, quem tirou barato da leitora foi vc, dizendo que a autora da resenha "comeu muito queijo e se confundiu". Parabéns pra quen nunca errou, né?

    Não me leve a mal, mas eu prefiro a nossa piada do que a sua.

    ResponderExcluir
  14. haha, falando em nunca errar, olha eu escrevendo "quen" ao invés de "quem"...

    ResponderExcluir
  15. Esmalte? Quiéisso?

    GUGLA PRA MIM, TIA!

    Falando sério (pra ninguém se ofender): nunca usei Chanel, então lhufas. Nem vou usar depois do que foi dito aqui. Imaginem o tanto de Risqué e Colorama que dá pra comprar com 100 dinheiros?! Eu monto um salão de manicure em casa!

    Realmente o Revlon não dura pra mim, o que é uma lástima, porque as cores são lindas, duas camadas já deixam a unha supimpa e ele demoooora a engrossar. Será que se eu passar um topcoat por cima ele não dura mais?

    Anna, gatha, se queijo deixasse alguém burra, Mickey não seria mais esperto que o Donald, certo? Acho que o que deixa burra mesmo é a alfafa... fica a dica! Beijunda!

    ResponderExcluir
  16. *ironia mode on*

    Ué, achei que esses esmaltes de grife caríssimos tinham uma qualidade beeeeem superior aos ralés nacionais.

    *ironia mode off*

    Sempre soube que gastar 100 reais num vidro de esmalte era pra gente idiota.

    ResponderExcluir
  17. Ah, disseram que não se paga a qualidade, mas sim a griffe... bom, quando passamos o esmalte não sai escrito "Chanel" em cada unha, ninguém vai saber que seu esmalte é Chanel amyga. Não é uma bolsa com um logotipo de 2 metros e 5 quilos.

    ResponderExcluir
  18. É óbvio que ninguém vai saber, mas a Chanel cobra o quanto cobra porque há quem pague. E quem paga, paga pela grife.

    ResponderExcluir
  19. No site da Gloria Kalil, citado acima, tem umas fotos do rosé da Chanel em péssimo estado... alguém reparou na foto com close?
    Que horror! Da pra ver meeesmo que ele descasca até nas mãos de artistas!
    Eu gosto da marca Sally Hansen, faz um tempão que tenho e ele não engrossou.
    Bjos!

    ResponderExcluir
  20. Meus esmaltes nunca descascam, seja qual for a marca. Em vez de comprar o Particulière, comprei diversos da Colorama, Risqué e semelhantes.

    ResponderExcluir
  21. Concordo com a resenha dela... eu tive o mesmo problema quando comprei o Blue Satin :(

    Não cheguei a me arrepender completamente pq eu ameeei a cor (e tb paguei mais barato pq não comprei em loja), mas ele descasca realmente muito rápido e não tem nenhum acabamento sensacional, por isso não compro mais chanel... não mesmo -.-'

    O que segura ele pra mim é a base e o top coat da Mavala, mas eles seguram tb qualquer Colorama, então no meu comparativo Chanel perde de qq jeito :P

    ResponderExcluir
  22. Concordo com a Bonnie, varios fatores precisam ser considerados para se analisar o tempo de duração de um esmalte.
    E quanto ao preço, apenas quero lembra-las da carga tributária para importações normais (isto é, aquelas em que a mercadoria não chega por correios ou courier): II + IPI + PIS + COFINS + ICMS. O cálculo é em efeito cascata e sobre o valor CIF (Custo, Seguro e Frete).
    Numa loja como a Nordstrom ele custa US$23. Convertendo meio porcamente custaria R$ 46, ou seja não é nada tão absurdo assim.

    ResponderExcluir

É novo(a) por aqui? Então preste atenção nas seguintes observações:

- O VnF? não é uma democracia
- Apreciamos críticas construtivas
- Comentários que tenham por objetivo apenas a auto-promoção poderão ser removidos.
- As postagens antigas estão sofrendo moderação para evitar os chatíssimos robôs-spam