domingo, 3 de abril de 2011

Rapidinhas de domingo...

Vamos pra mais umas curtinhas, antes que eu, como os Titãs, confunda o domingo com a segunda...

+ tá quase, hein... quando a página do Vende na Farmácia? no Facebook tiver 1000 "curtir" (ou "like", para os íntimos de Mr. Zuckerberg), vamos sortear entre os curtidores todos esses esmaltes (que Loo me corrija se eu estiver errada, mas acho até que há mais alguns, que ficaram de fora da foto mas irão fazer parte da sacolinha) para prestigiar quem nos segue lá e porque, como Loo falou aqui, só temos 5 dedos em cada mão. São 992 "curtir" até agora, portanto corrão!

+ queria agradecer a todo mundo que me mandou felicidades pela gravidez... por enquanto está dando tudo certo, e a torcida para que continue assim, pelo visto, é grande! Ontem, aliás, levei um baita susto... fui em uma festa infantil e, na hora que cheguei em casa e fui tomar banho, tinha uma macha ROXA na minha barriga... dei gritos, chamei Frederico, o bairro inteiro deve ter ouvido... até que percebi que era uma SUJEIRA... eu devo ter encostado a barriga em alguma coisa durante a festinha, e não percebi... ufa... Bobeiras à parte, agradeço de coração todos os votos!

+ ainda sobre o assunto Stella McCartney + C&A, notei que grande parte dos comentários no meu post sobre o assunto falavam do preço das peças... Queria explicar que meu medo com relação à situação não era pelo valor dos itens. Barato obviamente não é mas, na minha opinião, quem tem dinheiro e tá a fim tem mais é que comprar mesmo, e quem não tem, bom, azar (azar MEU no momento, inclusive, hahaha). O que eu achei besta, na real, foi esse marketing louco, esse negócio de incutir nas pessoas que "você tem que ter uma peça de roupa da C&A assinada pela SM porque a Fulana VIP esteve no lançamento dia 16 de março já 'garantiu a dela'". Fulana VIP essa que nunca tinha sequer passado na porta da C&A antes, com medo de, sei lá, pegar doença da pobreza. Isso tudo sim, como diria uma senhora que fez faxina pra minha família, é "coisa de pobre". Claro que cabe aos marqueteiros inventar essas estratégias e à gente não cair nelas. Quanto à Stella, ela só pode ser o máximo: 50% de sua genética veio DELE.

+ lembram do Bazar da Mamma? Pra quem lembra, boa notícia: tudo indica que haverá outro, em data a ser ainda definida, no início de maio. Depois dou mais detalhes por aqui. O que posso adiantar por enquanto é que vai ter muita coisa legal, itens de maquiagem e cosméticos diversos (ELF, Rimmel London, L'Oréal, Moroccanoil, Victoria's Secret, Tigi, Wonder Woman by MAC e até o limpador da Olay "genérico do Clarisonic!"), roupas e acessórios novos e de brechó, caixas de artesanato lindas em madeira e tecido pra organizar as miudezas e várias opções de presentes pras mães. Assim que me contarem, aviso por aqui da bat-hora e do bat-local.

+ depois dos oxfords, os esmaltes craquelados são a nova mania à qual eu não irei aderir. Vejam que gosto não se discute, eu respeito quem curte e minha intenção não é gongar essas pessoas de jeito nenhum - é muito mais fazer com que quem se sente um ET por achar que oxford é sapatinho do palhaço Arrelia (que aliás se formou em Direito na faculdade que eu frequentei, oe!) veja que não está sozinha, e que sim, também tem gente que acha que, por mais bonitinho que um look esteja quando usado um oxford, só tende a melhorar se ele for trocado por uma sapatilha. Eu (vejam bem, EU, é uma opinião e não uma lei gravada em pedra) acho que esmalte craquelado é bizarro, e já estou vendo a hora que vão inventar que dormir com esmalte úmido e andar com ele todo amassado nas unhas é in. Mas teve uma modinha a qual eu tive que aderir. Até que me segurei, mas não deu. Comprei em dezembro, enviei pra casa da minha amiga Beinha em SanFran e, quase em março, quando eu já estava perdendo a esperança, eis que os Correios resolvem dar o ar de sua graça e aparecer com minha Alexa Imitation Tabajara, made in Ebay, e "Tabajara" só de brincadeira mesmo, porque a bolsa é INCRÍVEL e a vendedora é uma fofa:


Errr, foi um investimento!


+ no fim do mês vou passar uns dias no mar bonito do Caribe, dourando meu barrigão e usando protetor solar na veia pra evitar melasmas, é claro. Depois, vou passar em NYC pra fazer compras exclusivamente pro Projeto (= bebê, que ainda não sei se é Arthur ou Isabel). Na real nem tenho a intenção de mudar o foco dos meus posts aqui no VnF?, embora a gravidez não me permita usar qualquer tipo de produto. Leia-se, isso aqui não vai virar um blog sobre gravidez. Mas quem quiser me mandar e-mail pra trocar dicas de boas compras infantis por lá, esteja à vontade, será muito bem recebida.

+ Poutz, essas curtinhas ficaram BEM longas... quem manda passar tanto tempo sem escrever, né???

25 comentários:

  1. ai Joo eu nao tava sabendo! parabens mesmo!
    e vc nao é a unica a nao curtir os craquelados, apesar de achar o efeito interessante (quando passa na unha e racha, fico me perguntando how could they do that??? mas dai tipo, nem é bonito, é tipo bizarro mesmo), e quanto aos oxfords ano passado eu queria, mas esse ano cada vez que chove em sotao vindo em enxurrada nos blogs da vida, dai enjoa. esse comentaario era pra ser curto tambem mas nao rolou. boa viagem :D

    ResponderExcluir
  2. sotao= SAO PAULO (misterios da madrugada)

    ResponderExcluir
  3. Joo, uma boa dica de compras de cosmeticos em NY para grávidas é a linha de óleo anti estrias da Mamma Mio. Eu achei maravilhoso! Beijo e parabéns pelo baby

    ResponderExcluir
  4. Eu concordo com você: para mim, esmalte craquelado é a saruel das unhas(desculpe quem gosta de saruel...).

    ResponderExcluir
  5. Parabéns e boas vindas pro Arthur ou pra Isabel!
    bjooo

    ResponderExcluir
  6. Isabel é um nome Lindoooooooooo!! Sou apaixonada por esse nome.;)Que a gravidez continue na paz.
    Bom, moda é isso mesmo, não é universal. Tá aí, mas não agrada todo mundo. Eu curti os oxfords( e pense num conforto sobrehumano que esses bichinhos oferecem!!), mas os craquelados são feinhosss...
    Se bem que eu sou um nojo com esmalte.Amo poucos e fico fiéis a eles.
    abraços

    ResponderExcluir
  7. AMEI o comment sobre o marketing besta da C&A...

    Fulana VIP só comprou na C&A pela assinatura da tal Stella, e pq fecharam a loja e serviram prosecco no instante em que a dona fulaninha resolveu adentrar o recinto.

    Aaafffff....

    ResponderExcluir
  8. Craquelados eu não uso nem a pau, mas sapatinho oxford... ai, comprei um essa semana, de verniz preto e bege. Até topo usar um narizinho vermelho e redondo pra combinar, tô apaixonê. S2

    ResponderExcluir
  9. Das modinhas que se passaram, odiei: saruel, clogs, boyfriend exagerado, esmalte mate, maquiagem neon, batom azul (se é que isso virou moda), esmalte craquelado,...
    Mas com o Oxford simpatizo porque é confortável e nem tão feio em minha opinião (mas saber usar com bom gosto é um dom que poucas possuem). Sapatilha é algo muito bonitinho, mas até hoje já devo ter gasto uma grana nelas e até hoje não consegui achar uma que não ferrasse com meu pé fresco. Se vou pra facul de sapatilha um dia, no outro sou obrigada a ir de tênis ou chinelo para poder cicatrizar as feridas...

    ResponderExcluir
  10. Super entendo achar oxford bonitos porque, mesmo que EU não ache, gosto é gosto... mas acha-los mais confortáveis que sapatilhas, realmente não entendo... oxford é fechado, tem amarração e alguns tem saltinho, enquanto tem por aí zilhões de sapatilhas macias, molinhas e baixinhas... acho que é questão de achar a certa!

    ResponderExcluir
  11. Olha só!
    Também não sabia da gravidez!
    Parabéns! :D

    ResponderExcluir
  12. muito informativo seu blog ,gostei daqui ,beijos voltarei mais vezes

    ResponderExcluir
  13. O blog de vocês é uma delicinha. Parabéns. E parabéns também pela gravidez. Passo aqui semanalmente e me sinto atualizada das novidades. Muito bom. Quando tiverem um tempinho dêem uma passada aqui www.consumado.com.br
    bjs Ju

    ResponderExcluir
  14. Ai, também odeio craquelado e todas essas bizarrices que inventaram pra esmalte, holográfico, nail art, etc. E também acho oxford um horror e vez ou outra me acho A unfashion por não entender como podem achar aquilo bonito.
    "por mais bonitinho que um look esteja quando usado um oxford, só tende a melhorar se ele for trocado por uma sapatilha"... disse TUDO.

    ResponderExcluir
  15. e eu que quase compra um osford dourado!Ahahahha mas ai dormi e acordei curada!
    Anda me incomodando muito essa coisa de que de repente todo o planeta usa a mesma coisa;curto muito loja de departamento mas ja deixei de comprar coisas pq me imaginei dando de cara com mais 6 pessoas no mesmo lugar com a mesma saia/sapato/calça/ igual por mais que a combinação seja diferente

    ResponderExcluir
  16. Oi Joo!
    Parabéns pelo bebê! Pelo visto vc está tendo uma gravidez abençoada como foi a minha...
    Fiz as compras para o meu pacotinho de felicidade em Orlando e tenho MUITAS dicas de compras nos States.
    Me responde no e-mail que te passo a lista do que comprei e do que acho + importante/interessante e/ou só tem por lá.
    Beijos, Patrícia

    ResponderExcluir
  17. Joo, como não tenho seu e-mail, vou falar rapidinho de algumas lojas boas pra comprar:

    - Buy Buy baby(perto do Madison Square Garden): pra comprar gadgets (carrinhos, cadeirinhas, mamadeiras, chupetas e afins). As roupas não são tão baratas, mas dá pra achar alguma coisa.

    - Old Navy (em frente à Macy's): tem muita coisa boa, bodies, calças, casacos, sapatos, td muito barato. Comprei muita coisa la. A qualidade é excelente!

    - Century 21th (em frente ao WTC): As opções pra bebês são muitas! Comprei macacões da Calvin Klein por 9 dólares, roupinhas Timberland por 15 dolares e por aí vai. Muita coisa mesmo. É bagunçado mas vale a pena.

    - Mercados e Farmácias: Bons pra comprar miudezas (chupetas, mamadeiras, kits de primeiros socorros, bobeirinhas).

    - GAP: Legal pra comprar poucas coisas pq o preço não é dos melhores (lembre-se que eles perdem muita coisa).

    - Babies r us: brinquedinhos e fofurinhas desnecessárias. Tem roupinhas legais la.

    Coisas que vc economiza uma grana comprando la: Babá Eletrônica, Bomba de leite (Avent ou Medela, as melhores), Carrinho, Móbile, Cadeirão, Cadeirinha Fisher Price, Cadeira pra carro. Lógico que não dá pra trazer tudo.

    Coisas que não vale a pena trazer: Muitos sapatos (não usam e qdo usam ficam caindo dos pezinhos), muitas roupas tamanho RN e P (concentre-se em G, GG, 1,2,...).

    Faça mais ou menos o cálculo de roupas que vai comprar de acordo com a idade e estação do ano, pra não fazer como eu que tá cheia de roupas de inverno sem uso que não vão mais servir.

    No mais, prepare-se. Vc vai querer comprar tudo. Se tiver alguma dúvida, meu e-mail é semfirulas@gmail.com.

    Bjs,
    Thata

    ResponderExcluir
  18. Joo,
    primeiro, como eu não tinha falado ainda: super super parabéns pela gravidez, aproveita mesmo porque depois eles crescem, ficam independentes e dá uma saudade (HÀ a minha ainda vai fazer 3 anos, mas o sentimento é esse, viu!) eu lembro que quando eu conheci o blog eu é que estava com um barrigão...
    o que vc falou da sujeira acontece tnato, uma vez eu queimei a barriga tirando algo do forno, foi bem superficial, nem tenho cicatriz, mas sabe aquela coisa de, parece que vc deixou acontecer algo ruim, é mais do que comum...

    agora já que é p falar de modismos, concordo em tudo que vc falou sobre o atual fast fashion e se pudesse dava RT na frase sobre oxfords e craquelados. aliás craquelados memlembra algo que umas amigas modernosas faziam no terceiro ano, qdo era legal sair do simulado e discutir com a galera qual barzinho que vendia cerveja sem pedir id a gnt ia...

    enfim e no dia que esmalte marcado de lençol virar moda, eu viro it girl, pq esse dom eu domino!!!

    ResponderExcluir
  19. A bolsa é linda,mas só de ver aqueles chineses e pensar em que condições estão trabalhando,depois de ver as fotos não compro de jeito nenhum.

    ResponderExcluir
  20. Oi Kajira,

    Se vc tem no armário alguma peça de grandes lojas de departamento brasileiras, ou mesmo de uma grande fast fashion espanhola com filiais no brasil (sem citar nomes, que não estou a fim de ser processada hoje!), pode começar a pensar é nos bolivianos que vêm trabalhar ilegalmente por aqui, por 18 horas ao dia, sem folgas e mediante salário bem menor que o mínimo. Além disso, nem voltar pra casa eles podem: os documentos ficam retidos e eles sequer têm grana pra pagar a passagem de ônibus de volta. Mas se você nunca comprou em nenhuma dessas lojas, eu peço desculpas!

    Quanto à Jane, a moça que vende as bolsas, não precisa ter pena não: ela mesma confecciona e vende, é negócio próprio.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  21. Achei bem legal o seu esclarecimento,embora um pouco agressivo.Não precisa pedir desculpas,acho que todos tentamos ser melhores de alguma forma,fazer deste mundo um lugar melhor e mais justo.
    Vejo que esta preocupação existe em vc tbm,ganhou uma fã dupla

    ResponderExcluir
  22. Bella, confesso que lição de moral é uma coisa que me deixa chateada sim. Concordo que cada um faz aquilo em que acredita pra melhorar o mundo, mas também, puxa vida, não custa dar uma olhada pro próprio telhado antes de jogar pedra no dos outros. Hoje em dia acho tão difícil encontrar alguém que não tenha um utensílio de cozinha, eletrônico ou bugiganga em casa, que tenha sido fabricado na China... por outro lado, a moça de quem comprei faz as próprias bolsas, não está escravizando ninguém. Se estivesse, e isso fosse notório, eu seria a primeira a não comprar. Tenho coisas "made in China" em casa. E também feitas no Vietnã, no Cambodja, no Laos. De uns anos pra cá caí na real sobre as coisas que acontecem nesses países já há muito tempo (ou seja, óbvio que a atrasada sou eu) e tomei algumas providências, por exemplo, parar de comprar Nike. Mas não vou jogar o que já tenho fora, e nem muito menos ficar esfregando minha posição na cara dos outros, como se eu fosse superior de alguma forma. Não sou superior a ninguém, é uma posição MINHA, apenas. Mas obrigada por ter me entendido e pelo elogio também! Bjs!

    ResponderExcluir
  23. vc tb é franciscana? que orgulhooooo!

    ResponderExcluir
  24. Adorei a notícia de que vai ter o Bazar da Mamma de novo - vou ficar super de olho, pois dessa vez quero ir e arrematar muitas coisinhas!

    ResponderExcluir

É novo(a) por aqui? Então preste atenção nas seguintes observações:

- O VnF? não é uma democracia
- Apreciamos críticas construtivas
- Comentários que tenham por objetivo apenas a auto-promoção poderão ser removidos.
- As postagens antigas estão sofrendo moderação para evitar os chatíssimos robôs-spam