domingo, 4 de dezembro de 2011

Yes, nós somos palhaças?

Vocês chegaram a ler esse post do Makeupalooza? Ele compara os preços do mesmo produto brasileiro quando vendido aqui e quando vendido em Portugal, sendo que lá, o produto em questão é importado (e, portanto, sujeito a custo de transporte, impostos especiais, etc). A autora se espanta em descobrir que o mesmo produto, embora fabricado no Brasil, possa custar muito menos em Portugal do que aqui. E, com certo medinho de ser considerada esnobe, confessa: fora raríssimas exceções, eu já desisti de comprar maquiagem nacional. Não é só porque pelo mesmo preço eu consigo coisa muito melhor lá fora (o que é verdade. Desculpa, mas eu não vou pagar num batom da Contém 1g mais do que eu pago num MAC.). Mas principalmente por sentir que as marcas nacionais se aproveitam desse boom recente na área de beleza pra jogar seus preços lá em cima e explorar a gente mesmo. E eu não gosto de me sentir explorada, prefiro gastar meu dinheiro em outro lugar.

Em suma: não acho que ela seja esnobe, também me sinto chateada pelo mesmo motivo e também acabo preferindo fazer minhas compras fora do país (quem me conhece sabe que tenho a oportunidade de viajar bastante, ou pelo menos tinha, antes de Nina nascer - agora não sei como vai ficar, mas decerto não vai dar pra me enfiar em vôo noturno seis vezes por ano). CLARO que nem todo mundo tem oportunidade de sair viajando, normal, cada um tem sua situação e dentro dela, a necessidade de fazer escolhas e estabelecer prioridades. E não só pensando no nosso próprio bolso, mas também no dessas leitoras, é que a gente sempre tenta indicar alternativas baratchinhas e bacaninhas por aqui mesmo.

Dito isso, vamos lá: depois que a Talita indicou o batom da NYX que parece com o da Bourjois, fui prestar um pouco de atenção ao Cherry Culture. Antes que eu leve bronca igual levei outro dia no Facebook porque postei sobre coleção de esmaltes "velha" - e isso ainda vai inspirar post - deixa eu dizer que, claro, essa loja virtual já é antiga conhecida das meninas brasileiras que curtem maquiagem, e os comentários que ouço ou leio a respeito dela são, em geral, positivos. Nunca comprei lá por falta de ideia ou de oportunidade, acho. Talvez isso mude logo, dado que em um momento de insônia pós mamada da Nina, fiz uma compra imaginária de 296 dólares, que obviamente não concluí.

Daí me chamou a atenção um aviso no canto inferior direito da página da NYX dentro do site. Criei um printscreen e destaquei o texto. Vamos bisolhar?


Clica que aumenta.


Traduzido mal e porcamente livremente, o texto diz o seguinte: CLIENTES INTERNACIONAIS - A partir de 1 de janeiro de 2012, todas as encomendas internacionais contendo produtos NYX estarão sujeitas a verificação devida a restrições do fabricante baseadas em acordos de distribuição ou exigências quanto a volume. Seu pedido será verificado e poderá não ser autorizado quando da conclusão da compra. Se isso ocorrer devido a restrições do fabricante, o valor não será deduzido de sua conta. Não obstante seja nosso privilégio servir a todos os nossos clientes internacionais, lamentamos o fato de que é possível que não sejamos capazes de completar seu pedido, e recomendamos o contato com seu distribuidor local da NYX.


Gente, eu andei muito out da blogosfera e, se alguém já comentou sobre isso e eu não vi, minhas sinceras desculpas. Mas juro que achei esse textinho com a maior cara de ALÔ-ALÔ, GAROTAS DO BRASIL! Lembrei logo daquele mini bafafá segundo o qual a NYX aqui da terrinha estava perseguindo as lodjeenhas que vendiam os produtos mais barato. Também me remeteu aos preços "especiais" da Eyeko para as brasileiras, ao dólar mais alto praticado pelo Morangão só pra gente...

A impressão que se tem desse texto aí é que alguém tá batendo o pé para que se compre nos revendedores "locais" de NYX. A razão só pode ser o quanto se lucra e especialmente quem já passou num desses estandezinhos marca e perguntou o preço de um batom sabe disso. Acho que querer ter o controle da rede de revendedores por questões de controle de qualidade, vigilância sanitária, etc, é necessário, porém acho que tem mais coelho nesse mato. Já ouvi o argumento de que com a compra de qualquer produto, a vendedora te dá uma "aula" de maquiagem. Oi? É mais jogo comprar sombra a 4 dólares e procurar tutorial no Youtube. Sim, é verdade que a carga tributária brasileira é pesadíssima, mas o quanto será que esse argumento ainda cola? Eu nem vou fazer contas, as meninas cujos posts citei aí em cima já as fizeram. Aos poucos, todas nós estamos notando que tem rolado uma noção de que se pode empurrar cosméticos a preços exorbitantes nas consumidoras brasileiras porque, afinal, "a gente compra mesmo"...

Se eu não estivesse cansada demais para levantar qualquer bandeira, pregaria "todo o poder às muambeiras", sabem? Hoje, há dias sem dormir, digo apenas: encomenda lá seu NYX amigo com a blogueira que vai viajar e pronto, assim ajuda a pagar a viagem dela e você não rasga seu dinheiro. Ou se joga no Cherry Culture até o primeiro dia do ano que vem. Dá tempo. Afinal, não é porque estou com preguiça de me revoltar que vou sair usando nariz de palhaça por aí.

Só mais uma coisinha: alguns pontos do tal texto ficaram meio nebulosos pra mim. Escrevi pra Cherry Culture no Facebook pedindo uns esclarecimentos. Quando me responderem, SE responderem, aviso vocês.


56 comentários:

  1. Estão cada vez mais apertando o cerco com as consumidoras brasileiras... tá difícil... Daqui ha pouco só vai sobrar as meninas que viajam para gente poder comprar nossas maquiagens, ai quando isso acontecer até elas vão meter a mão... triste...

    ResponderExcluir
  2. Temos ainda os vendedores no ebay! Nem tudo esta perdido!!! Trabalho com importação e sei o quanto o nosso querido socio chamado governo morde com os impostos, fora que os impostos de vendas dentro do pais são altíssimos também, quem trabalha no comércio sabe. Não quero justificar os preços abusivos que também não concordo, mas temos que entender que nosso país não ajuda muito. Vocês sabem que carros fabricados no Brasil sao bem mais baratos se você for comprar na Argentina, e isso estamos falando de um país subdesenvolvido como o nosso, com o governo tão corrupto como o nosso! Enfim vivemos nessa palhaçada a tempos... Muito triste

    ResponderExcluir
  3. é um ABSURDO mesmo! me recuso, me recuso, me recuso 3 vezes! viva as muambeiras e sacoleiras, minha gente! beijos meninas!

    ResponderExcluir
  4. Só comprei Nyx (através da Cherry Culture) uma única vez, tenho uma vendedora de confiança (no Ebay) que trabalha exclusivamente com Nyx, ela é um doce de pessoa, pratica preços até que amigos (bem mais em conta do que se eu tentasse comprar aqui no Brasil) e ainda manda brinde para compras acima de $30. O que posso querer mais? Risos! E viva o Ebay! =D

    ResponderExcluir
  5. Patilda, eu concordo com vc sobre os impostos, mas se vc ainda não o fez, dá uma lida no post do Makeupalooza que eu linkei. A autora se pergunta o quanto do absurdo nos preços é realmente imposto, não se baseando em leis mas em comparações de preços entre os produtos do Boticário aqui e em Portugal, é uma abordagem bem interessante!

    E eu nunca comprei nada no Ebay, preciso tentar um dia!

    ResponderExcluir
  6. OMG, pq eu enrolei pra comprar no Cherry Culture até hj? Eu sempre paquerei as coisas da NYX lá, mas nunca levei... agora, se eu for comprar lá, vai ter q ser agora no pandemônio dos correios do final do ano. Ou nesse vendedor do ebay (compartilha Beatriz!). Nem se eu viajar eu sei onde comprar, na minha única viagem internacional, eu não achei.
    Isso parece bem relacionado com uma época q parece q msm q vc entrasse no NYX.com, ele te redirecionava pro .com.br, meio numa tentativa da gente nem ver o preço deles lá fora.

    Mas esse caso me lembra uma vez que comprei dois discos pelo ebay, na mesma loja. Um era um box de singles, inclusive, e o outro um vinil separado. O vendedor enviava para o Brasil, mas cancelaram só o disco separado. Eu questionei, pq não entendi o motivo de poderem enviar um produto e não o outro. E disseram que o vendedor do 2o. simplesmente não tinha autorizado a vender pra cá. Eu fiquei sem entender nada, até pq eu nunca ia achar esse disco aqui, o cantor não faz sucesso no Brasil. Mas sei lá. Pra ver como esse tipo de coisa atinge qq produto.

    ResponderExcluir
  7. A Eyeko, que a gente adorava, fez isso do redirecionamento automático pro site .br, onde a gente encontra aqueles precinhos de fazer cabelo ficar em pé.

    ResponderExcluir
  8. O cerco às consumidoras que preferem fazer compras internacionais só aumenta! Com certeza isso tem dedo da filial do Brasil, já que no passado até o acesso ao site internacional foi bloqueado(uma das piores estratégias que uma empresa poderia adotar). Agora vender por um preço justo ninguém quer né??? Afinal só mesmo sendo idiota para pagar 30 reais num batom que custa um dolar né? Não há imposto ou gasto que justifique um preço tão elevado. Daqui a pouco até o ebay vai ter restrição.
    O mais triste é que às empresas não vão mudar a sua politica ja que tem quem pague por esse preço absurdo( vide o ranking dos produtos mais vendidos na sacks, por exemplo).
    O jeito é juntar $$ e gastar na viagem....
    Agora voltando a mensagem, a parte de não reembolso do $ caso o produto não possa ser enviado é um golpe descarado né? Vou pagar mas não levo?? O_o
    Obrigada pelo post Joo, é sempre bom estar informada desses absurdos .

    bjs!!!

    ResponderExcluir
  9. Tentei nem ler o post pra não me aborrecer, mas não resisti. Esse assunto me tira tanto do sério que eu tenho certeza que até minha pressão se altera.

    Enfim, vamos lá: a NYX cobra aqui, pelo batom, cerca de 30 reais. O batom lá fora custa 2 dólares. Fazendo uma conversão rápida/porca, isso dá um preço aproximadamente CINCO VEZES maior no Brasil.
    Os caras vão tentar me convencer que esses 500% de aumento são por causa dos impostos??? Não fode, né... É chamar a gente de otária sem nem fazer cerimônia.

    É só ver a diferença do preço cobrado pela MAC aqui e fazer as contas, pra ver o abuso de preço praticado por marcas como Eyeko e NYX no Brasil.
    E isso que a MAC tem lojas nos melhores shoppings, hein? Não é quiosque não, é loja. Ou seja, eles têm um custo de investimento MUITO mais alto.

    O Brasil tá virando pária. Os Correios já garantiram que metade das lojas e do Ebay se recusem a entregar aqui.
    Lojas como o Morangão já fazem política diferenciada e mentem na conversão do dólar para as brasileiras (e quanto a isso eu culpo a própria loja, não as consumidoras).

    Mas fora essas 2 situações aí em cima, o resto é CULPA DAS BRASILEIRAS MESMO. Quem se deixa explorar, vai ser explorado. Simples assim.

    Eu adoraria ver a NYX e a Eyeko voltarem pras suas terras com o rabo entre as pernas, ou então baixarem os preços e cobrarem valores condizentes com o produto que vendem (pensem: o preço que a NYX cobra no batom aqui, é o mesmo que custa um MAC lá fora).

    Mas enquanto tiver gente dando (MUITO) dinheiro pra essas marcas safadas, eles vão continuar sambando na cara da gente. Cerceando nosso direito de escolher de onde comprar e cobrando preços ofensivos.

    Então, na boa... Eu perdi a esperança no mercado brasileiro. Se as consumidoras aceitam ser exploradas, VÃO ser exploradas. Vão pagar 50 contos numa sombrinha d'O Boticário ou num pozinho da Tracta.

    Só as brasileiras podem mudar isso (se não comprar, o preço cai), mas elas não parecem interessadas. Parecem satisfeitas em gastar mais.
    Fazer o que, né... Paciência. A essa altura, já tô achando até que o Brasil merece.

    A gente ainda vê meninas comemorando quando uma marca chega no Brasil. Uma dica: não comemorem, lamentem. Lembrem sempre o exemplo da Eyeko e agora do da NYX.
    Muitas vezes essa "vinda" para o Brasil vai significar que vc não vai poder mais comprar a preços justos lá fora, porque a marca vai bloquear os revendedores e te obrigar a pagar o absurdo que cobra aqui.

    ResponderExcluir
  10. Esqueçaram de comentar os preços ABSURDOS que a "sephora" brasileira está cobrando pela marca Benefit aqui.
    Mas infelizmente como comentado anteriormente quem está ferrando com as brasileiras são as próprias brasileiras que pagam um monte por um produto só para dizer que tem primeiro, como no caso dos esmaltes da Ludurana (e eu gosto muito da marca).
    Quanto a NYX tem outro site que vende para o Brasil (inclusive tem seguro no envio) então deixem a CherryCulture se ferrar.

    ResponderExcluir
  11. Que nojo!!!
    Passada com isso... é muita ganância, cara!!! Pura ganância!!! =/

    ResponderExcluir
  12. Grace, eu nem ia falar pois meus olhos não acreditaram muito no que viram. Preferi acreditar que eu estava entendendo errado, esquecendo os 30 anos de estudo de inglês... foi quanto a isso que vc mencionou que eu tencionei perguntar à Cherry Culture - que negócio é esse de não estornar o valor pago pelo produto não enviado. Não tenho nem palavras.

    Milena, vc e a Renata escrevem um dos blogs mais antenados com esses assuntos e eu, como disse antes, estou super fora de órbita e atualmente só entendo de fraldas. Fiquei contente (se é que dá pra usar essa palavra) por não ter dito besteira.

    Nadia, essa bola da Sephora a gente cantou aqui no blog... de que adianta vir pra cá se tudo vai custar o triplo? E tenho um palpite que nem sequer vai rolar muito fazer o que rola lá fora, onde a gente pode fazer passeios agradáveis à Sephora, testar tudo pra ver o que gosta e se não gostar de nada, sair de mãos vazias. Aposto que aqui vai ter um monte de vendedora esnobe!

    ResponderExcluir
  13. Nossa Joo super verdade essa questão da Sephora. Imagina as vendedoras metidinhas? E o preço caríssimo? A vontade de comprar alguma coisa vai por água abaixo!

    Outro ponto super bacana que a Milena disse sobre a CULPA das BRASILEIRAS: mais pura verdade.

    Os brasileiros em geral não sabem do enorme PODER DOS CONSUMIDORES UNIDOS! E a internet é uma arma poderosa!

    Um exemplo interessante foi a GLOSSYBOX! A primeira GlossyBox Premium que lançaram aqui no Brasil foi tão RIDÍCULA, MAS TÃO RIDÍCULA, que todo mundo reclamou! A blogosfera em peso falou a verdade.

    E o resultado: parece que está melhorando! Criaram a versão Beauty, mais interessante, no meu ponto de vista, e mais barata. Ainda não me deu nehuma vontade de pagar 40 realidades pela Premium, mas pelo menos agora eles mandam alguns produtos decentes e não só AMOSTRAS GRÁTIS, que são um abuso à inteligencia das brasileiras!

    Enfim, esse tema tbm me fez praticamente desconsiderar marcas como Natura Una e a linha mais cara d'O Boticário. Me recuso a pagar os preços que eles cobram. Mil vezes fazer uma compra internacional ou com as amigas que trazem de fora!!

    Incrível o post!

    Bjos

    ResponderExcluir
  14. Uma coisa que incentiva as brasileiras a pagarem horrores por essas marcas é justamente a divulgação dos blogs de beleza. Então a Milena e outras meninas que fazem voz ativa na blogosfera têm de escrever - bastante - sobre isso.

    Mas, a meu ver, não adianta boicotar a filial brasileira, tem de boicotar a marca como um todo. E isso ninguém vai querer fazer...ou vai? Um movimento desses é possível e tem o poder sim de pressionar as empresas a adotarem nova postura.

    Existem bilhões de blogs de beleza, mas apenas poucos que realmente "ditam" as tendências e poderiam usar essa influência em prol de uma boa causa coletiva.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  15. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  16. É realmente muito louco o que tá rolando com os Brasileiros. Fui recentemente pra fora e NUNCA fui tão bem tratada, de verdade! O mundo não ficou mais legal com a gente graças a nossa simpatia e sim por causa do nosso dinheiro. Inclusive aconteceu o triste fato de eu entrar em uma loja de couro pra comprar uma jaqueta na Argentina e dobraram o preço quando eu abri a boca e viram que eu era Brasileira. Suspeitei do valor e pedi que um amigo de lá fosse sozinho a loja e perguntasse o preço, e eu estava certa.
    Estou contigo em CADA palavra que vc falou no texto acima. Acho ótimo que um blog como esse que têm ótima visibilidade e é confiável exponha isso. Beijoss

    ResponderExcluir
  17. Pois é, isso é bem vergonhoso... e o pior é que a gente compra mesmo. =( Ultimamente eu tenho preferido comprar similares de marcas baratinhas mesmo, tipo Panvel, Bella (Hermes), Vult, Marchetti, Abelha Rainha e Avon, do que gastar minha grana com a de marca só pra ter, pra matar a vontade... acho que fica mais de acordo com a minha realidade, infelizmente...

    ResponderExcluir
  18. Ah, e quanto as coisas serem mais baratas fora, quando eu morei na Bolivia eu me fartei de comprar panelas e coisas da Tramontina, que custavam 1/3 do preço daqui... vê se pode!

    ResponderExcluir
  19. 1º de janeiro de 2011 ou 1º de janeiro de 2012?
    Já comprei lá e foi tudo OK, mas acho melhor comprar os batons NYX pelo ebay pelo frete mais barato.

    ResponderExcluir
  20. Mary, obrigada, já corrigi.

    Meninas, compartilhem esses tais vendedores do Ebay. Não posso comprar nada agora mas, pelo que vi nos comentários, tem um monte de gente querendo!

    Vanessa, uma coisa análoga acontece com uma marca que eu acho bem bacana, a Korres. Marca grega que eu conhecia da Sephora, tudo uma delícia, com filosofia cruelty free e tudo o mais. Veio pro Brasil, fui no quiosque conhecer, conheci, adorei, fiz post e, logo depois, me liguei num fato: a Korres conseguiu vir para o Brasil com preços mais ou menos bons porque começou a ser fabricada por aqui, pela Johnson&Johnson. Pára tudo - empresa com filosofia cruelty free tem seus produtos fabricados pela Johnson&Johnson. Eu é que não quero ser hipócrita, uso coisas deles sim, embora prefira opções que não maltratem animais, quando elas existem. Mas é que agora nem adianta dizer "A Korres daqui testa em animais mas a de fora não testa e por isso compro lá". Cadê coerência? Cadê a tal da filosofia da marca?. Pra mim isso também é um sinal de desrespeito ao consumidor brasileiro, que além de pagar gato por lebre, o gato ainda custa mais caro.

    ResponderExcluir
  21. Estou arborizando muito, mas querem um outro exemplo? Agora olhei no FB e meus amigos estão tentando comprar ingresso pro Lollapalooza. E o servidor cai, e tem fila de espera, e trava, e fica lento, e o cartão não passa, e o endereço não entra. O mesmo aconteceu quando eu fui comprar ingresso pro show do Paul McCartney aqui em SP ano passado (sem contar que o lixo do site abriu as vendas 15min antes do prometido e a palhaça honesta e crédula aqui ficou sem a pista premium). Não existe o investimento em um sistema decente porque a gente paga mico, fica tentando eternamente, passa a noite em claro, xinga, mas os ingressos sempre são todos vendidos. Eu acabo nunca indo a shows porque não quero me submeter a isso (e a furação de fila, desorganização, banheiro sujo, bebida quente), mas sabem, pelo Paul McCartney me submeti duas vezes, sendo que numa delas sequer consegui receber o ingresso em casa, mesmo me dispondo a pagar a taxa de (in)conveniência milionária, pois meu endereço simplesmente não entrava, e tive que ir pegar os ditos cujos no Morumbi. O pior é que antes tinha visto o mesmíssimo show em San Francisco, tendo comprado os ingressos aqui do Brasil, escolhido lugar no estádio num site que funciona, retirado meu ingresso 30min antes do show sem nenhum problema, enfim, uma experiência totalmente mico-free. Moral da história: tudo aqui é mais caro e mais difícil. E a gente continua dando todos os motivos pra continuar caro e difícil... :(

    ResponderExcluir
  22. Joo, juro que às vezes dá vontade de fazer post só cheio de palavrão. Difícil manter a diplomacia certas horas.

    Só que é chato ficar se focando no negativo, né. Então tem muita coisa absurda que a gente até vê, mas deixa de comentar porque não quer que o blog seja só um lamento sobre essa realidade louca do Brasil.
    Por isso que não escrevo mais sobre o tema, como a Vanessa sugeriu.

    Mas concordo com ela que a maioria dos blogs incentiva mesmo as brasileiras a pagarem horrores por essas marcas. São poucos que se dispõem a promover o tipo de discussão que vc levantou aqui.

    Bjs!

    ResponderExcluir
  23. Ah, pelo que eu entendi do texto, acho que eles querem dizer que o valor dos produtos NYX não vai ser cobrado, e não que não vai ser abatido do valor total da compra.

    ResponderExcluir
  24. O que vocês falaram meninas que muitas de nós acabam pagando o preço absurdo daqui do Brasil às vezes é porque muitas não tem conhecimento que podem comprar mais barato fora ou não tem cartão internacional pra comprarem fora ,não tem acesso a blogs pra ter essas dicas...Ou quando descobrem que podem vem essas barreiras como. A do morangão e da cherry ...

    ResponderExcluir
  25. Pois é, eu pedi esclarecimento sobre essa parte do texto do site, mas até agora ninguém me respondeu. Queria ter certeza do que eles querem dizer.

    ResponderExcluir
  26. Ano passado quantas vezes eu convidei amigas para rachar frete em site gringo, ebay e elas falavam: ah mas demora muito, a gente compra com a fulana que tem a pronta-entrega (e cobrava 3-4 vezes mais caro), o que eu fiz: comecei a comprar e revender, pena que esse ano os Correios não ajudaram.
    Muitas sabem sim só que preferem pagar mais porque é a pronta-entrega.

    ResponderExcluir
  27. @Milena A tradução total (com pequenas adequações):
    A partir de 1º de janeiro de 2012 todas as compras internacionais contendo produtos NYX sofrerão uma verificação por restrições baseadas em acordos de distribuição do fabricante ou quantidade.
    Sua compra será verificada e poderá ser negada no checkout.Se sua ordem for negada por causa de restrições, nenhum valor será cobrado de sua conta. Enquanto é nosso privilegio atender clientes internacionais, sentimos muito o fato de que não poderemos completar sua compra NYX e ENCORAJAMOS VOCE A CONTATAR SEU DISTRIBUIDOR LOCAL NYX.

    Coloquei a ultima parte em maiúscula para voces sentirem o "drama"- eu tenho certeza de que isso é para nos brasileiras.

    ResponderExcluir
  28. "Mas concordo com ela que a maioria dos blogs incentiva mesmo as brasileiras a pagarem horrores por essas marcas. São poucos que se dispõem a promover o tipo de discussão que vc levantou aqui."

    A Milena falou tudo! Com esse boom que teve de blogs de beleza/moda, parece que certas coisas viraram "status", ter o batom de tal marca, os posts "nossa, vc tem que ter isso, é essencial!", infelizmente muitos brasileiros tem essa cultura de se exibir pro vizinho. E as marcas claro, adoram e incentivam isso, colocando o preço nas alturas, para "selecionar" o público, por isso tem gente que vai lá e parcela em 10x um batom. É triste, mas enquanto essa cultura não mudar, os preços vão continuar altos.

    ResponderExcluir
  29. Eu comentei o post da Milena e tinha que comentar aqui também, sabe, cansei dessa justificativa de que os "impostos" cobrados aqui encarecem todos esse produtos, mas parece que os brasileiros que levantam essa bandeira para tudo (carros, cosméticos, etc) se esquecem de um pequeno detalhe, os outros países também cobram impostos, sabiam? Isso não é exclusividade brasileira, os preços são mais baixos (às vezes 500% mais baratos como no caso dos batons da NYX)com os devidos impostos nos outros países pagos.
    Eu também cansei de comprar as coisas por aqui e quando não tem outro jeito (como no caso dos carros, por exemplo) coloco o meu nariz vermelho e sigo em frente. Olha Joo, eu tenho dois filhos que agora estão com 9 e 6 anos, mas desde bebezinhos viajam comigo em voos noturnos, talvez não seis vezes por ano, mas no mínimo duas eles vão, eu não conseguiria ter sobrevivido comprando roupas e brinquedos com os preços proibitivos daqui, lá nos EUA é só alegria, a estrutura para você viajar com um bebê á maravilhosa!

    ResponderExcluir
  30. Isso é exploração das consumidoras, abuso mesmo.
    Veja o caso do bepantol: um tubo custava sete, oito reais. Tiraram do mercado, trocaram o nome para Bepantol Baby e passou a custar 10 reais.As consumidoras reclamaram que estava diferente, pediram o bepantol antigo de volta e ganharam o maravilhoso bepantol derma a modicos 20 reais! E o bepantol liquido foi na mesma onda e subiu para 18 reais! Absurdo!

    ResponderExcluir
  31. Cla, muito bom ler isso de alguém mais experiente. Eu quero que a Nina viaje comigo não só porque eu gosto, mas queria que ela um dia curtisse também.

    ResponderExcluir
  32. Eu nem vou me estender muito sobre isso pq em todo post sobre esse assunto eu acabo me empolgando, rs! Mas resumindo minha opinião: não dá pra culpar só os impostos pq tem marca importada com preço bem razoável aqui no Brasil (Maybelline por exemplo), só defende essa tese quem tem "rabo preso" com alguma loja nacional, se é que vcs me entendem...
    O que eu sei é que no Black Friday eu tentei fazer uma compra e o frete tava tão absurdo que tive que desistir. Eu só comprei lá uma vez e o frete era amigo, me assustei com os valores de frete atuais e olha que eu ia comprar bem menos dessa vez. A coisa ta ficando feia pro nosso lado.

    ResponderExcluir
  33. Realmente tem marcas que não valem a pena comprar no Brasil, me recuso a pagar 80 reais em produto que custa 10 dólares em farmácia no EUA, tbém não curto muito comprar com vendedoras que trazem produtos de fora e cobram 30 reais num balm que custa 3 dólares em qualquer lojinha americana. Acabo ficando sem opções, mas prefiro ficar sem e comprar produtos nacionais mesmo, com bom custo x benefício e principalmente, que funcionem, pq não dá pra pagar 40 reais em sombra da natura que não chega aos pés da Vult.

    ResponderExcluir
  34. Oi Joo,
    Aposto que a Nina vai curtir muito, não tem como ser diferente, a minha pequena foi com 7 meses conhecer a "Miqueilândia" (sei que foi cedo, mas sempre procurei aproveitar as oportunidades) e foi tudo de bom. Criança se anima com praticamente tudo, ainda mais se ela for criada com viagens, e você vai ver que mesmo que você já tenha ido para lá centena de vezes, quando ver o lugar pelos olhinhos e reações dela será um lugar totalmente novo para você. É muito emocionante.

    ResponderExcluir
  35. Polly, concordo contigo, às vezes falta noção na hora das vendedoras que trazem produtos de fora colocarem seus preços. Já me disseram que eu cobro muito barato no bazar, mas é que eu tenho vergonha de abusar. Sério.

    Cla, eu entendo, aliás eu adoro a Disneyworld (nesse sentido eu sou totalmente colonizada, ahahahah) e queria levar a Nina com uns 5 anos, mas realmente se a oportunidade surgir antes, não vou dizer que não! Semana que vem ela começa a carreira dela em viagens, bem devagarzinho, com 4 dias descansando com papai, mamãe e amigos num hotel no interior.

    ResponderExcluir
  36. Meninas!!! NYX tem no beautyjoint.com e o frete é mais barato que no cherry culture!!!
    Nem a pau que eu pago três vezes mais pelo mesmo produto!!!
    Isabella Santinoni
    http://isabellasantinoni.blogspot.com

    ResponderExcluir
  37. Concordo com vocês. Eu não me lembro mais de quando foi a última vez que comprei alguma maquiagem brasileira, por exemplo.
    Por que diabos eu vou pagar 60 reais num blush do boticario? GENTE, é mais caro que comprar um da MAC lá fora! Eu agora to tendo a sorte de ir viajar pra Orlando uma vez poor ano, e tenho sorte de ter cartao internacional e comprar na Brigettes, por que eu me recuso a chamar de progresso uma sombra da Sephora que deveria custar seuss 10 dolares e aqui custa 90 reais, da licença. Sou brasileira e tenho cara de trouxa tbm?

    ResponderExcluir
  38. A sombra da Sephora custa 90 reais?????

    ResponderExcluir
  39. Isso é um absurdo! Não sei onde as coisas vão parar enquanto as consumidoras não mudarem suas posições perante tais empresas.

    Eu comecei a me interessar e adquirir maquiagem mais esse ano e no começo achava que precisava ter tudo. Ainda bem que esse deslumbramento todo durou pouco e vi que não preciso de um bilhão de coisas :) Não tenho cartão internacional, então só compro produtos com meninas que revendem ou nacionais. Evito marcas como Natura, Boticário e Contém 1G por achar os preços dessas marcas muito altos pela qualidade dos produtos.
    Acompanho o Makeupalooza e fiquei tão abismada com aquele post sobre O Boticário que fiz um post falando sobre isso no meu blog e comparei o preço por grama de algumas marcas no Brasil. Acredita que mesmo no Brasil, com todos os impostos mais o lucro, o preço do blush MAC por grama é só 72 CENTAVOS mais caro que o blush do Boticário da linha Make B. Infinit? (Post: http://migre.me/74djr)

    A sombra unitária da Sephora tá R$49 e uma paleta que vem com quatro cores de sombra mais delineador tá R$92.

    Adoro muuuuuuito o blog de vocês meninas! :) Beijocas ;*

    ResponderExcluir
  40. morri. nas sephoras lá de fora a marca própria parece ser uma coisa 'tipassim' meio genérica...

    ResponderExcluir
  41. Olha gente, eu fico PUTA qdo vejo coisas deste tipo, eu nao sou uma das brasileiras q se deixa ser explorada e ja fui muito criticada por amigas com "sindrome de cavalo" (olha somente para frente com akele treco q tapa a lateral do olho, nao visualiza a big picture da coisa).
    Entao por isso que ja deixei de seguir N blogs, pq acompanho muitos, muitos msm e mta gente tem se "vendido" a "parcerias" ou aos "presentes" e etc, a gente percebe a diferença.
    Leio certos posts e fico pensando tsc tsc tsc, qtas pessoas sera q vai acreditar nisso?
    Nao to aqui para gongar ng, ate msm pq nao tenho blog e nao ganho nd com isso.
    Mas da uma lida nesse post, eu preferi nao me envolver http://www.passandoblush.com.br/2011/12/testei-caneta-delineador-carbon-black-duda-molinos.html, mas sinceramente dps do q li a Karina e a Maria Clara falando eu tb deixei de seguir o blog por tabela, nao ter argumento, nao é um argumento, ser assim por ser assim nao existe....um outro post q eu vi http://tuttifiorebella.blogspot.com/2011/12/as-vantagens-de-comprar-na-sacks.html, quando q pagar os rins na sacks vai ser vantagem?
    Pagar 3 vezes mais por uma sombra da MAC, 4 vezes mais por uma base? Aham Claudia, senta la! Sinceramente os argumentos q eu vi nao me convenceram, msm q essas pessoas acreditem d vdd nisso, elas ajudam a nos f&/$%, pq eu nao sustento mais esse tipo de safadeza.
    Sacks, Duda Molinos, Nyx, Eyeko e derivados nunca mais vao colocar as patinhas no meu dinheiro.
    Ah nao ser se eu comprar a Nyx e Eyeko fora, mas msm assim talvez nao compre por causa da atitude com a minha patria, tem q desejar mto para abrir excessao.
    é isso meninas, sempre leiam as coisas sem o "tapa olho de cavalo".
    Beijos

    ResponderExcluir
  42. @Vanessa Souza
    Olha, hj em dia com internet em tdo qto é canto, até o governo prove pontos de acesso di gratis...sinceramente isso ai q vc falou nao se justifica, é so jogar no google q vc acha dicas de compras e etc...eu tb nao tenho cartao internacional e compro de fora, sabe como? Uma unica amiga tem cartao internacional e me empresta de vez em qdo, eu ainda nao tenho amigos q viajam para fora, tem uma amiga minha q vai fazer a primeira viagem da nossa "turma" para fora ano q vem, e eu sobrevivo sem comprar as coisas caras daqui assim, faço minhas as palavras da colega q eu li uma msg em outro blog, quem quer da um jeito, quem nao quer, arruma uma desculpa para se justificar, beijos!

    ResponderExcluir
  43. Falando em "consumidoras brasileiras feitas de otárias", deem uma olhadinha no post da Jessica sobre a Glossybox ... Piada ...
    http://ameliequeen.com/2011/12/06/senta-que-la-vem-historia/#comments

    ResponderExcluir
  44. Cara...é MUITA palhaçada! Não tenho forças nem pra me revoltar!
    Agora é fazer isso mesmo: comprar com quem vai pra fora ou fazer uma última wishlist de NYX lá e mandar bala até o fim do mês.

    ResponderExcluir
  45. Eu assino milhões de vezes abaixo de tudo que está no post e que Milena (Apaloosa) escreveu!! A gente precisa acordar, se movimentar e mudar essa indecência toda!!Como fica isso de ser policiada na sua compra e ainda poder não receber seu produto sem ter seu dinheiro de volta!! Que mundo é esse, meu pai!?? Quero ter o direito de fazer minhas compras mais baratas e onde eu quiser. Postei video no Ytube falando do assunto, e reenvio todos que virem o video pra cá e pro MakeUPApaloosa.
    Agradeço mto a esses posts serviço e da minha parte os farei andar o mais longe que eu puder!! beijos meninas!!!
    TO ROXA DE ÓDIO: a gente vai ser policiada, vai pagar por uma compra que pode nem receber e ainda não vai ter o dinheiro de volta. To enfartando...

    ResponderExcluir
  46. @Milena
    Concordo tanto com tudo que disse!! Só mesmo não comprando pra isso mudar!! Deixei recado puta da vida na Cherry, coloquei video no Ytube falando do caso, espalhei pra onde deu e onde não deu e só agora tá baixando a adrenalina da raiva disso!! E ainda to as voltas com um batom amargoso da linha teen da Vinyx pra resolver. A gente terá saída?? beijos

    ResponderExcluir
  47. Só pra dar um alô pra vocês, a Cherry Culture até hoje não respondeu minha mensagem no FB...

    ResponderExcluir
  48. Fico indignado com isso, mas se vcs, mulheres, não se unirem nos blogs de beleza, vai ficar em mais um coisa de fala fala e depois a poeira baixa. Tem de fazer campanha nos grandes blogs de beleza e facebook, e tentar boicotar a marca, e não fazer como aqueles eventos de marcha, que vc diz q estará presente, compartilhar o problema e ficar comendo mc donalds na cadeira, tem de espalhar mesmo.

    ResponderExcluir
  49. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  50. @Joo

    Joo, eu recebi resposta deles. Segue cópia abaixo:

    "Dear Customer,

    Due to NYX distribution agreements with certain countries, we will have to apply certain restrictions with international orders.
    We are still waiting for a list of countries affected from the manufacturer. The restrictions will not take affect until January 1st, 2012.
    We suggest submitting an order after Jan 1st, to see if there will be any issues with your order.
    Our system is set up to let you know automatically if there are any restrictions on your order.

    Thank You."

    Uma brasileira amiga que mora na Alemanha disse que ocorreu algo parecido por lá, as alemãs boicotaram a marca e a venda caiu mto depois disso.
    Eu, já retirei o site dos meus favoritos e comprarei em outros. Perdem mais eles do que nós!!
    Beijos meninas!!

    ResponderExcluir
  51. Mas o mais importante disso tudo é não deixar passar em branco. Não adianta a gente ficar aqui reclamando e não fazer nada! O minimo a ser feito é lotar a caixa de e-mail das marcas que acham que a gente é otária, cobrando respostas pra preços tão abusivos assim.

    ResponderExcluir
  52. Dá uma olhada no site da Cherry. Eles atualizaram o aviso, e aparentemente o Brasil não está na mira. Por enquanto!

    Beijos

    Amanda N
    http://makeyourselfup.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  53. Comprei lá na semana passada e quando li o texto já especificava os países como México e Portual (acho), mas nada de Brasil. Agora o aviso sumiU!

    ResponderExcluir

É novo(a) por aqui? Então preste atenção nas seguintes observações:

- O VnF? não é uma democracia
- Apreciamos críticas construtivas
- Comentários que tenham por objetivo apenas a auto-promoção poderão ser removidos.
- As postagens antigas estão sofrendo moderação para evitar os chatíssimos robôs-spam