quinta-feira, 28 de abril de 2011

A especialista: Lançamento Vichy

Ontem fui ao evento de lançamento do novo protetor diário da Vichy, Capital Soleil.
Capital Soleil é um filtro urbano com ação antibrilho. Ele possui dupla ação anti-oleosidade graças a dois componentes: o zinco e o diakalyte. Outro componente da fórmula é a famosa vitamina E, conhecida por seu poder antioxidante.
Durante a palestra, fizemos um teste às cegas. Passaram três recipientes, dois com produtos considerados líderes de venda e um com o lançamento da Vichy.
O que eu achei? A textura é mais fluida, o que facilita na hora de espalhar. O perfume é bem suave e pouco tempo depois, a pele já estava sequinha (amo!). Como eu testei no dorso da mão, não posso me estender no quesito de ação antibrilho, mas depois que usá-lo por um tempo, farei uma resenha com minhas impressões. Um chute: acho que um dos produtos testados era o Minesol da Roc, que eu uso diariamente, mas o cheirinho não é dos melhores... Estou ansiosa para ver se o Capital Soleil tem poder matificante maior que o da Roc, tenho notado que ao longo do dia, a "zona T" reluz mais do que o desejável.
Júlia Séve, diretora da Vichy, compartilhou conosco algumas informações interessantes:
- são fórmulas exclusivas desenvolvidas para o Brasil. Isto é maravilhoso, porque de nada adianta um produto ter qualidade se não for adequado às nossas necessidades (clima tropical, diversidade de raças, maioria das peles é mista/oleosa).
- a empresa também se preocupou em desenvolver embalagens menores para tornar os preços dos produtos mais acessíveis. É interessante para quem não pode pagar por um produto que considera caro e para quem viaja bastante e não precisa levar a embalagem maior. Outra vantagem é que se você não gostar do produto, o prejuízo é menor...
- os motivos mais frequentes de consulta ao dermatologista são: acne e fotoenvelhecimento. Grande sacada: desenvolver um produto que vai de encontro a estas duas preocupações...
- o protetor solar é o dermocosmético mais prescrito por dermatologistas. Comprovando sua importância no ritual de cuidados com a pele.
- testes clínicos comprovaram redução de 78% nas imperfeições da pele. Amo muito tudo isso: protege ao mesmo tempo em que cuida.
- 96% das pacientes observaram redução do brilho excessivo da pele.
O produto já está disponível para venda. Preço sugerido: R$49,90.  Mais informações: www.vichy.com.br e www.blogdavichy.com.br
 
PS: Junto com o protetor veio um guia de aplicação muito didático, com o passo a passo para uma proteção eficiente. De nada adianta o produto ser ótimo se você não usar direito, não é mesmo?

terça-feira, 26 de abril de 2011

Colgate Operação Sorriso



 Eu já tinha visto na TV e achado a iniciativa super boa, mas entre ver TV e lembrar de postar há um longo caminho... Felizmente a Colgate nos acionou para ajudar na divulgaçao da Operação Sorriso, uma ação (que vai até durarem os estoques nas nas fármácias e supermercados) que vai reverter parte da venda $ dos kits abaixo em prol da ONG Operação Sorriso do Brasil.




A Operação Sorriso do Brasil atende crianças do Brasil inteiro através de médicos, dentistas e enfermeiros voluntários que realizam gratuitamente cirurgias de correção facial e tratamentos de fissuras labiais (lábio leporino) e palatais (fenda palatina). Mais de 3500 crianças já foram atendidas e a Colgate há 10  anos contribui financeiramente e com kits de higiente bucal para os pacientes, sendo 2011 o primeiro ano com os kits promocionais. Colgate vocês já sabem, vende na farmácia e rola fazer um estoquinho. 
Neste ano, estão previstos 17 programas em diversas cidades, como Fortaleza, Santarém, Maceió, Manaus, Rio de Janeiro e Belo Horizonte. São três tipos de programas: cirúrgicos (a escolha de um Estado para a realização de cirurgias é feita com base na demanda de pacientes e no interesse e envolvimento de profissionais e instituições locais); pós-operatório (que visa acompanhar a evolução e a recuperação dos pacientes); e educacionais (visam investir no treinamento continuado dos profissionais de Saúde e gerar uma estrutura de atendimento sustentável em cada região).

Para saber mais: www.colgate.com.br/operacaosorriso 
www.operationsmile.org.br

(este post é um publieditorial) 

segunda-feira, 25 de abril de 2011

A especialista: Maquiagem e alergia

Pensei muito antes de escrever este post, porque alergia é uma reação do organismo muito particular. Como assim? Muitas vezes, o que me causa alergia pode não causar em você e vice versa. Parênteses: eu tenho dermatite de contato, isto é, possuo uma pele mais sensível e sabendo disso, redobro o cuidado na hora de escolher um produto de make. Mas pesquisando na rede encontrei informações úteis para compartilhar:

1.      A maquiagem mineral é ótima para peles sensíveis por ter uma formulação mais "natural" o que a torna hipoalergênica. Veja bem, isso NÃO significa que você não terá alergia, significa que o risco de uma reação alérgica é menor.

2.      Para uma maquiagem ser comercializada, ela precisa passar por testes realizados pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), o que de certa maneira, atesta sua segurança.

3.      Para saber se um determinado produto é hipoalergênico, procure na embalagem a frase: "este produto foi formulado de maneira a minimizar possível surgimento de alergia".

4.      Preste atenção no demaquilante e sabonete que utiliza para fazer a limpeza da pele, à vezes, a alergia pode ser destes produtos e não da maquiagem.

5.      Pincéis, esponjas e aplicadores devem estar limpos e secos para não tornarem-se focos de bactérias e fungos.

6.      Evite compartilhar sua maquiagem, principalmente a utilizada na área dos olhos.

7.      Você pode ter usado uma determinada marca por muitos anos e de repente passa a apresentar uma alergia. Sim, é possível.

8.      É importante que a maquiagem tenha a descrição de sua composição no rótulo. Se tiver alergia, estes dados serão fundamentais.

9.      Prefira produtos sem fragância. Os perfumes são irritantes.

10.  Nem sempre o produto mais caro é "mais seguro", porém, marcas mais conhecidas no mercado investem pesado em testes pois sua imagem (e consequentemente seu lucro) estão em jogo.

Fernanda (mas pode me chamar de Nani), artista plástica e maquiadora. Acredito no poder de uma maquiagem para a auto-estima. Alguns minutos e você estará mais bonita para si mesma e para os outros... Nem pense em sair de casa de cara lavada!!!
nanifadigas [arroba] hotmail.com

domingo, 24 de abril de 2011

Tô curtindo! (e/ou Leitura da Década, porque várias semanas já se passaram!)

Tem uma semana e um dia (hahahahahahaah) que sou dona de casa, e confesso que às vezes olho ao meu redor, pro meu apartamento, e penso "será que isso aqui vai dar certo????". E não tô nem mencionando estar esperando o bebê, que é outra coisa que me alegra e me apavora ao mesmo tempo. Nem tô indo tão longe. Tô falando apenas das coisas da casa, do assoalho de tacos que obviamente não é autolimpante, da comida dos cachorros e dos gatos na hora certa, de abrir a geladeira e só encontrar Coca Zero. Dureza. Mas dureza pela qual todo mundo passa, claro.

Daí que, procurando na internet por listas de tarefas pra passar pra faxineira (podem rir, porque é engraçado mesmo), encontrei o Mulheres (Im)Possíveis, blog da Jane Murback, que pelo visto escreve na internet desde os primórdios e conhece várias "blogueiras" que eu conheço. Sim, gente, a "blogosfera" é um ovo e as aspas, bem, vocês sabem que nenhuma pessoa séria merece, na minha opinião, ser chamada de blogueira, haha. No blog da Jane encontrei a tal lista de tarefas pra faxineira que procurava, mas acabei lendo tudo quase de cabo a rabo. Primeiro, porque ela é muito engraçada. Segundo, porque fiquei mais tranquilinha em ver que uma moça que é gente como eu consegue trabalhar, cuidar da casa, cuidar dela mesma e de um filhão de 5 anos, sem crises muito grandes. Me ajudou muito e virei fã.

Daí temos um blog que eu já lia, o Vida de Recém Casada, da Rena. É uma moça que eu conheço que é master fofa e tem esse blog cheio de dicas de economia doméstica e culinária. A Rena encontra receitas de comida NHAM! em várias fontes, testa e passa pra gente como foi que ela fez. Quando dá errado, ela conta também. Mamã, afinal, sempre falou que "tem que testar a receita pra ver se é boa, se funciona". Bom, diz a Rena que do mesmo modo que quando uma criança nasce, também nasce uma mãe, assim que uma pessoa sai da casa dos pais, nasce uma dona de casa. Veremos, hehehe...

Por último tem a Lu Brasil, que é famosona na "blogosfera" (e eu sempre atrasada em conhecer, claro) e fala bastante do seu convívio familiar e dos três (yeah, baby!) filhos. Me identifiquei menos com o blog dela do que com os blogs da Jane e da Rena, talvez por morarmos em lugares tão diferentes - veja só, num post ela comentou que achava um bicho de sete cabeças ter que sair de casa às 12:20 para estar na escola dos meninos à 13:30 (ela mora em Belém) enquanto eu, aqui em SP, fico de saco cheio mas acho "normal" fazer isso. Ou também por termos gostos bastante diferentes. Mas, de novo, fico super contente em ler relatos de mães que amam seus filhos, cuidam de sua família e se divertem, cuidam de si mesmas e são bonitas, bacanas e felizes.

Haha, esse post saiu com uma vibe senhora casada, né? Mas quis dar a dica... quem sabe tem outras meninas por aí na mesma fase que eu???


Dona de casa porém gatcheenha, yes???

Ilustração daqui.

sábado, 23 de abril de 2011

Coleção Cine Risqué Reinaldo Lourenço: o que eu achei

Recebemos (obrigada!) da Risqué a coleção Cine, desenvolvida em parceria com o Reinaldo Lourenço. Deixa eu já dizer que acho essas parcerias bacanas, porque tornam itens "fashion" acessíveis à maioria das pessoas. Mas (fué) é a segunda vez que o Reinaldão desenvolve uma coleção pra Risqué que não fala ao meu coração. A primeira foi a Coleção Jóias Místicas, lembram? Bom, como não sou muito de esmalte fosco, e a Jóias Místicas era cheia deles, normal eu não ter curtido. Mas e a Cine Risqué, hein? O que eu achei?

Vamos às cores:


Assim que recebi o pacotinho de esmaltes, que veio dentro de um copo de plástico com canudo super fofo, examinei tudo e pensei comigo: "dá pra dividir essa coleção em três partes: os esmaltes que eu gostei mas que são mais do mesmo, os esmaltes que eu não gostei e os avermelhados". Porque não dá pra dizer, por exemplo, que o Cenário Perfeito e o Beijo no Escurinho são feios - pelo contrário, são lindos demais. Mas parecem-se demais com muita cor de esmalte que já foi lançada. Desde que esse blog nasceu, surgiram diversos esmaltes azuis como o Cenário Perfeito, na vibe do Chanelzão Famosão Carão Blue Satin. Meu preferido é o Marinho, da Colorama. Já o Beijo no Escurinho, em minha opinião, é um clone do Tóquio, da própria Risqué. Obviamente que muitas meninas viciadonas em esmalte podem achar que o brilho do Tóquio é diferente do brilho do Beijo no Escurinho quando colocado sob luz amarela em uma noite de lua cheia na última sexta-feira do mês. Peço desculpinhas: REALMENTE não tenho esse olho clínico pra captar diferenças sutis entre esmaltes muito parecidos.

O Bonequinha de Luxo, o Felizes para Sempre, o Dia das Estrelas e o Anos Dourados não ornaram comigo. O primeiro é um rosinha-nude cremoso porém transparente, o segundo é puxado pro ouro, o terceiro é rosê metálico e o quarto, bom, esse realmente me deu medo, porque é um amarelão metalizado que parece resquício de que alguém passou mal que eu realmente não usaria. E olha que eu adoro esmalte amarelo, taí o Colorama Amarelo Pop Art que não me deixa mentir.

Confesso que o Pipoca Doce também é mais do mesmo, vermelho. Só que esmalte vermelho eu uso, né? E uso bastante. Esse parece com um que eu adoro, o Vinho da Impala, só que o Vinho tem uma vibe translúcida que esse não tem. Já o Nunca Fui Santa é uma daquelas cores que não é laranja, não é vermelha e não é rosa, e que faz todo mundo perguntar que esmalte você está usando, ou qual misturinha aprontou pra conseguir uma cor assim. Super aprovado.

Aaaaah, Joo, mas você não fez swatches? Não fiz, por minha-culpa-minha-máxima-culpa mesmo, já que acabei ficando apenas com o Pipoca Doce e o Nunca Fui Santa. O Bonequinha de Luxo ficou com a minha mãe, que adora uma camadinha de esmalte translúcido, estilo "minha unha é rosinha e fofa assim mesmo". Os demais dei para minha amiga Dedê, que adorou todos, inclusive o Anos Dourados. Tão vendo como é gosto, né? Não existe muito isso de "feio" ou "bonito", vai da preferência do freguês, e quem sabe o esmalte que eu não curti orna com a pele e o estilo de outra pessoa...


Foto: divulgação.


PS: Ah, esqueci de falar da cobertura fosca. Putz, cobertura fosca, para mim, é algo que não deveria existir neste planeta. Mas como li no Unha Bonita que a Risqué ainda não tinha esse produto, enfim, precisavam entrar na dança também.

PS2: Na semana que passou, me lembro de alguém dizer nos comentários que "se a marca X me desse produtos eu também não falaria mal dela". Queria primeiro lembrar que crítica não é necessariamente "falar mal" e que, sim, posso perfeitamente não gostar de algo que ganhei. Isso já aconteceu mil vezes nesse blog, mas só quem realmente lê é que sabe...

PS3/Update: a leitora Nicole me lembrou, nos comentários, de que houve outras parcerias da Risqué com o Reinaldão: coleções Arábica e Pop 4 You. Gente, eu super esqueci! E só posso justificar isso com 2 razões: 1) a gente não liga (mesmo!) para coisas grifadas e 2) foram duas outras coleções que não me falaram ao coração. Ok, na Arábica tinha o cinzinha fofo (que eu inclusive comprei) e na Pop 4 You tinha um cinza igual, só que... FOSCO! Aaaargh! A gente recebeu, e as cores mais legais eram foscas (mas a caixinha, em compensação, era linda). Enfim, acho que eu queria menos esmalte do RL, e mais roupa em parceria com a C&A, hihihi.

sexta-feira, 22 de abril de 2011

Organizando e cantando e seguindo a canção... II

Dia desses, atrás de alguma coisa tipo lâmpada de luz fria no C&C, encontrei uma série de objetos para casa feitos de bambu (aquele mesmo). Entre eles, esse porta-chá fofo de morrer.


Eu logo enxerguei pós, corretivos e blushes bem fofinhos debaixo do vidro mas né? eu não preciso de mais um porta-treco em cima da penteadeira.
E como sempre faço nesses casos, compro para dar de presente para alguém. A "vitima" da semana foi a minha mãe, que fazia aniversário.


Custou R$ 30, acho. É o mesmo produto nas 3 fotos, mas principalmente camera de celular sofre com white balance.

Desculpem o monotema arrumação, mas é o TOC atacado aahhaa.

quinta-feira, 21 de abril de 2011

Rimmel London Stay Matte Pressed Power

Quando fui a NYC, das poucas coisas que sabia que queria comprar* era o Blot da MAC, porque eu não tinha nenhum produto da MAC e sempre li opiniões positivas a respeito.
Mas o amor por farmácias sempre é mais forte. Indo a uma missa gospel no Harlem, parei em Walgreens para comprar alguma coisa e vi esse pó da Rimmel, a minha marca preferida-baratinha-gringa-que-não-tem-aqui.


Por U$6 ele prometia fazer a mesma coisa que o blot: matificar a pele sem depositar camadas. Lógico que paguei pra ver e amei e arrependo de não ter comprado mais. E claro, nem entrei na MAC depois.


Escolhi a segunda cor menos clara e deu certinho na minha pele. Aplicado com o pincel ultra-hiper-mega-maravilhoso da Natura (que é assunto para outro post) é garantia de pele uniforme e sequinha por pelo menos 8 horas.

Eu preferia que fosse daqueles produtos que não acabam nunca sabe? Mas infelizmente o fundo está ai e usarei até não sobrar mais nada para contar história. A única parte chata é que por ficar algum tempo dentro da necessárie na bolsa, apagou completamente o que estava escrito na tampa.

Dos (poucos) blogs que eu acompanho, quem usa e também ama é a Aninnha, do Funny Makeup. Quem souber indicar onde comprar daqui do Brasil conte nos comentários, mas sem esquecer que custa 6 míseros dolares, ok?

quarta-feira, 20 de abril de 2011

Adesivo Fashion

Já faz um bocado de tempo que a assessoria da Prim mandou pra gente alguns dos produtos da marca, entre eles o sensacional Adesivo Fashion. Apesar do nome breguinha, o adesivinho virou item indispensável ...


... sabe cinto que fica com a ponta solta ou regata que escorre pelo ombro? o adesivinho dá jeito nelas. Não sei onde vende em loja, mas no site indicado custa R$ 12,85 e dura pra caramba, já que só se usa um pedacinho por vez. Dá pra fazer barra de calça emergencialmente também, e é bem comum nas semanas de moda (confere lá na Camila!)

No site tem vídeo e outras formas de usar, e quem já viu pra vender compartilhaí!


PS da Joo: Eu fiquei MUITO FELIZ quando recebi este produto! Conhecia coisas do tipo de comprar na Duane Reade em NY, de uma marca que não lembro o nome, mas que tinha outro produto sensacional: uma almofadinha de silicone para ser colocada sob as alças do sutiã e impedir que elas marquem/machuquem os ombros (as peitudas agradecem). Posso dizer que aprendi na adolescência a fazer bainha de calça com fita dupla face - eu sou baixinha e todas as minhas calças precisam de barra, menos as calças que são "capri" nos outros e em mim ficam na altura da canela - e esse produto é muito, muito superior. Quebra um galhão!

terça-feira, 19 de abril de 2011

Garnier Body


No final de fevereiro rolou aqui em São Paulo o lançamento da linha de hidratantes corporais da Garnier. Primeira coisa a dizer: amo quando empresa trata blog como veículo e convida para o mesmo lançamento que a imprensa "tradicional" vai ter. A-M-O. Não é fazendo "encontrinho de blogueiras" que as coisas evoluem, mesmo.


O evento foi no Manioca, um restaurante modernoso, e essa foi a única parte ruim porque eu gosto de comida, mas ok, eu tive que voltar pro trabalho e me livrei de encarar o cardápio.


A linha é composta por 5 hidrantes, de pele extra-seca a normal, passando por pele sensível e normal, e ainda uma versão exclusiva para pele negras, que promete maior luminosidade. Esse eu dei pra minha cunhada e aguardo a avaliação dela.

Da linha, ainda não usei o de manga, para peles secas. Os outros são: mel - pele sensivel, karité - pele extra-seca, aloe vera - pele normal, e cacau - pele morena. O único que o cheiro é mei ruinzinho é o aloe. O de mel é uma delicia e a hidratação do karité é absurdamente incrível. O hidratante promete  até 7 dias de hidratação: se você usar por 7 dias seguidos e ficar 7 dias sem usar (mas tomando banho, veja bem!!), depois de uma semana sem uso você ainda vai perceber o efeito do hidratante na pele. Se é verdade eu não sei, porque realmente não consigo ficar 7 dias sem hidratante, acabaria burlando a regra. Mas mesmo depois de 24 horas aplicado, no banho você ainda percebe a pele hidratada. A tecnologia por trás desse efeito é a HidraFix, que retém a hidratação e cria um efeito anti-evaporação.


O preço vai ser em torno de R$ 6,00 e veio para concorrer com o líder do segmento, Nivea. Nas prateleiras, inclusive, o posicionamento é bem ao lado. Essa foto eu tirei em um dia, e no dia seguinte o display todo estava em destaque na entrada da farmácia, vocês já devem ter visto por aí.

Ainda sobre o cheiro, felizmente não tem o cheiro medonho dos produtos Garnier Fructis (para cabelos), que pra mim cheiram a fim de feira - ou fruta podre, a escolher. São suaves e não ficam na pele, o que na minha opinião é mais a favor do que contra - de hidratante ultra perfumado já basta Victoria Secrets nesse mundo.

Vale conferir.
http://garnierbody.com.br

segunda-feira, 18 de abril de 2011

Organizando e cantando e seguindo a canção...

... que a minha penteadeira é a única coisa que me faz sentir o coração quentinho é fato - ok, desde a semana passada os pincéis da Sigma também (e fiquem ligadjeenhas que vai ter sorteio por aqui). E aí organizar coisas e procurar coisas para manter tudo no lugar virou um hobby maior do que já era.



Quando vi na minha cunhada essas prateleiras da TokStok pirei. Achei excelente para guardar cosméticos, maquiagens e afins, deixando tudo a vista - para ser usado -  e arrumadinho. Cunhada falou que pagou +- R$ 300,00 em cada, mas nem está mais disponível no site. De guardar a foto e encomendar para um marceneiro.


Essa daí está no quarto do sobrinho e é ainda mais legal para guardar cosméticos. Imagina maquiagens todas separadinhas em cada prateleira? Perfeito!

E quem souber indicar marceneiro, por favor, avise aqui nos comentários!//

PS: e o meu inconsciente, que me fez copiar o titulo das postagens da Chu e nem percebi?

A especialista: Pó facial

O principal objetivo do pó facial é ajudar na fixação do make e conferir aquela aparência de pele aveludada. Eles podem ser soltos ou compactos e atualmente, seu uso é indicado apenas na zona T, para conferir um aspecto mais natural à pele.
Mas hoje quero falar de um tipo específico de pó, muito utilizado por maquiadores profissionais: o pó translúcido, ou "invisível". Este tipo de produto tem uma tecnologia capaz de reduzir o tamanho das partículas até elas ficarem muuuuito finas. Geralmente, eles são pós soltos, mas existem compactos também. As vantagens: ele não acumula, isto é, não constrói camadas como um pó convencional e pode ser usado em todas as cores de pele, da mais clarinha até a negra. Alguns possuem mais funções como reduzir a aparência de linhas e poros e controlar a oleosidade.
Atualmente, uso estes dois para finalizar um make: Prep+Prime da MAC e Powder Flage da Benefit.



Fazendo uma pesquisa, encontrei estas opções nacionais*:

·         Pó Compacto Translúcido Duda Molinos - R$45,00
·         Pó Compacto Translúcido Yes – R$16,50
·         Pó Compacto Luxo Translucent Payot – R$27,90
·         Pó Compacto Luxo Translúcido Marcelo Beauty – R$34,43

*Não testei estes produtos, se alguém usa, compartilhe suas impressões nos comentários!
O ideal é carregar o pó na bolsa para retocar ao longo do dia, sempre com pincel (é mais higiênico e o acabamento fica melhor).  
Fernanda (mas pode me chamar de Nani), artista plástica e maquiadora. Acredito no poder de uma maquiagem para a auto-estima. Alguns minutos e você estará mais bonita para si mesma e para os outros... Nem pense em sair de casa de cara lavada!!!
nanifadigas [arroba] hotmail.com

domingo, 17 de abril de 2011

A nova Big Eyes (ou amor e ódio)

(ok, ódio é um pouco de exagero...)
Logo que comecei a usar a Big Eyes, nem achei essa Coca-Cola toda não. Era boa e tals mas nem achei que era o hype todo que se fala por aí não...


... tanto que acabei dando pra Joo, que super curte. Claro que isso também é um pouco de estratégia para não acumular máscaras abertas mas que acabou mostrando que a BigEyes pode ser bem incrível sim. Com exceção da máscara da Panvel, não repetiria nenhum outro que usei no período até que chegou em casa a nova embalagem da Big Eyes, e resolvi dar uma segunda chance. A fórmula não teve alteração, apenas a embalagem que deixou o lado cute pra trás e ficou mais adultinha. Continua chatinha pra remover - rápido mesmo só na água quente, e eu não uso água quente no rosto. Mas olha, é bem pretinha, alonga, dá volume se quiser e não me deixa um panda. Pra não ficar um efeito carregado, pentinho depois de aplicado. E pronto, amor incondicional adquirido.

Claro que o preço americano é mucho más camarada, mas para ter A máscara incrivel que dura o dia todo sem borrar nem nada, vale a pena.

E me invejem, que semana passada conheci a Larissa da Eyeko :-P

Sobre o sumiço, alergias, gravidez e a vida

- Gente, que semana foi essa heim? Zero posts por aqui ... sorry, mas a vida tá corrida e tals e a preguiça anda mandando em tudo por esses lados (e a Joo tá grávida, trabalhando e estudando, e mudando de casa). Sejam compreensivas que um dia a coisa volta ao normal

- Falando em gravidez, como em tudo o que acontece nesse blog, a gente só vai falar se der na telha. Não adianta pedir para a Joo falar sobre cosméticos para grávidas porque ela não é habilitada para isso.  Para saber o que usar e o que não usar, consulte seu médico.

- Falando em médico, gravidez e blog, a Dra. Luciana, do blog das antigas "Minha pele é melhor que a sua", é médica dermatologista, blogueira e grávida e tem dado várias dicas ótimas sobre gravidez, compras para bebês e etc. Vale conferir: minhapeleemelhorqueasua.blogspot.com

- Perguntaram-nos sobre produtos indicados para alérgicos. Mesma coisa: procurem seu médico. Alergia é coisa séria e além do básico - a gente não é alergica - uma coisa que pode dar alergia em uma pessoa pode não dar em outra e yadda yadda yadda. Só pra ilustrar, Joo teve problemas com a "a prova de alergias" e toda famosona Clinique e eu vi minhas unhas quebrarem ao usar a idem famosa Cera da Granado. Quédizê... quem garante que indicar alguma marca para alérgicos é legal, em todos os sentidos da palavra?

- As vezes a gente recebe comentários e emails com perguntas e pedidos de coisas que estão bem explicadinhas na FAQ, logo, não serão respondidas. Não se trata exclusivamente de mavon, mas sim de otimizar o tempo.  Em claras palavras, poderiamos estar criando posts ao invés de responder emails com coisas que já foram respondidas.

- O sorteio dos esmaltes no Facebook (www.facebook.com/vendenafarmacia) já rolou e eu preciso escrever aqui também, senão a ganhadora não vai acreditar que ganhou (pronto Angélica :-P)

- temos mais algumas coisas pra sortear e pensamos em dividir entre twitter e blog e tals, qq6achão?

segunda-feira, 11 de abril de 2011

A especialista: Make para negras

Se existe um tom de pele que exige cuidado redobrado na hora de maquiar, é o da pele negra. Além do próprio tom "pedir" cores mais fortes nas sombras ou batons, algumas bases podem deixar a pele com um tom acinzentado.

O vídeo é bacana, o maquiador usou poucos pincéis e a técnica é simples. Importante: o profissional mencionou que existem diversos subtons de pele, no caso mostrado no vídeo, a modelo tem um subtom amarelo. Isto é; se optar por sombras azuis, o resultado pode ser uma cor esverdeada, já que o azul da sombra "se mistura" com o amarelo da pele...

As dicas do maquiador são ótimas:

· cuidado com sombras de cores muito claras pois contrastam muito com a pele escura,
· sempre neutralizar a pálpebra antes de aplicar a sombra (para evitar que o tom da pele seja "somado" à cor da sombra),
· esponjinha presa no dedo para não marcar a base,
· delineador à prova d´água aplicado na parte interna dos olhos (garantindo uma durabilidade maior que a do lápis de olhos),
· aplicação da sombra brilhante na parte inferior dos olhos (um charme à parte),
· o lencinho na hora de aplicar o rímel nos cílios inferiores...



Fernanda (mas pode me chamar de Nani), artista plástica e maquiadora. Acredito no poder de uma maquiagem para a auto-estima. Alguns minutos e você estará mais bonita para si mesma e para os outros... Nem pense em sair de casa de cara lavada!!!
nanifadigas [arroba] hotmail.com

domingo, 10 de abril de 2011

Mil anos depois, na C&A.

Ontem foi o dia de tour por lojas de decoração que podemos pagar, para a casa nova. Foi até mais pra ter idéias, porque ainda não sabemos se vamos mudar a parede de cor, e o que funciona ou não com a tal cor. E aí que por enquanto só temos eletrodomésticos de cozinha, cama, mesa de jantar e duas cadeiras provisórias. Sobrevive-se, né?

Visitamos a Etna (um pouco mais barata e mais variada do que sua prima Tok & Stok, mas com qualidade piorzinha também) e paramos pra almoçar no Shopping Morumbi, ali ao lado. Depois de um excelente espaguete ao pesto genovês, fui até a C&A ver se achava as calças de malha com elástico que estão fazendo a alegria da minha barriga. Não tinha. O que tinha era a nova coleção "assinada" da loja, by Christina Aguilera.


Imagem: blog da C&A


Achei que a C&A mandou bem em uma coisa: após trazer uma coleção assinada "prazelites" (a da SMcCartney, mais pra frente falo dela de novo), vem esta outra, com uma celeb por trás (uy), mas com precinhos mais parecidos com aqueles desde sempre praticados pela loja. O problema, na minha opinião, não é nem a volta aos "padrões" de qualidade C&A (vi um vestidinho TQC rosa que era até muito bem acabadinho), mas que a Christina Aguilera, PRA MIM, embora cante bem e seja simpatiquinha, não é nenhum símbolo do bem vestir. Como esquecer dela, no Golden Globe Awards, enfiada naquele vestido de renda que era super lindo e diferente, mas que parecia cinco números menor??? Ok, quer ser sexy e estar acima do peso eu entendo, ô se entendo, mas a roupa precisa CABER, né? Taí Beth Ditto que não me deixa mentir, hehehe...


Achei que o pyryguetchysmo correu solto nessa coleção, como na imagem da vitrine abaixo, tirada do AguileraOnline. Brilho com oncinha com transparência com tachas com comprimentos curtíssimos com ombro de fora com dourado, ai meldels, doeu meu olho. Será que as amigas criativas que se vestem gastando pouco vão conseguir tirar leite de pedra dessa coleção? Tomara!




A parte de lingeries da coleção, porém, achei bem divertida: bastante renda, cores contrastando com preto e transparências. É pyryguetchy? É. É kitsch? Um pouco, sim. Mas lingerie você usa por baixo e mostra pra quem quer, quando quer, dependendo da vibe. Se são peças duráveis ou não, é outra história, só levando e usando pra saber. Eu, com 4 meses de gravidez e atrás de sutiã pra amamentação, passei loooonge...

E a Stella, hein? Como a Loo tuitou, é verdade verdadeira, ainda tem Stella na C&A Shopping Morumbi. Ontem havia 4 araras, pra ser exata. As peças? A tal camiseta do cavalo (achei feia, não usaria nem se fosse de ouro), a blusa comprida com listras bege e azul (uma graça), os vestidos fininhos marrom e listrados de roxo (bonitinhos mas meio pijamentos, quase levei um porque os achei com uma vibe "roupa confortável para grávidas), alguns cardigans (BEM pijamentos), UM blazer "beatle" de shantungue dourado tamanho 38 (super lindo), várias saias de shantungue douradas, nos tamanhos 40 e 44 (lindas), calças jeans, pretas e marrons skinny com zíper aparente (não me comoveram) e UM macacão chumbo de jacquard tamanho 36 (que eu nem achei tão pequeno, arrisco que vista um 38). Mas isso era ontem, néam? Hoje não sei o que sobrou. Os preços eram aqueles mesmos que a gente já sabe. Mas gostei de ter as peças nas mãos, bem acabadas elas são sim, acho que essas de alfaiataria até valem a pena.

Meu presente pra mim mesma? Uma camisa com amarração na gola e estampa de borboletas, super fofa, 60 e poucos reais. Clock House mesmo, meninas...


** Esse post exprime minhas opiniões, tá? Só coisas que eu acho. Nada pra ofender ninguém ou ser gravado em pedra.


sábado, 9 de abril de 2011

Enquanto isso, na Letras-USP...

+ tem uma moça que fica na área comum em frente à lanchonete e ao xerox, vendendo Natura. Acho que ela vai lá duas vezes por semana (quinta-feira com certeza, não estou certa sobre o outro dia), é muito gentil, tem vários produtos para pronta-entrega e aceita encomendas (gente, o sono da pessoa aqui é tanto que eu já estava escrevendo "incomendas"). A moça também informou que pratica os preços dos catálogos (os populares "livrinhos") mas, que quando consegue comprar alguma coisa com desconto, o repassa ao cliente final também. Sei que há muitas leitoras FFLCHentas por aqui, então, passem lá e prestigiem! Eu estou louca pra dar uma paradinha e perguntar se ela tem o tão falado hidratante de banho de uva, e farei isso na primeira vez em que não estiver atrasada pralguma aula. Ah, e para as mais puristas, a moça é uma revendedora Natura, ou seja, ela NÃO TEM UMA LOJINHA, então please não impliquem.

+ jemt, quinta passada eu estava saindo do xerox da Letras, quando me deparei com duas moças e uma maleta de maquiagem, ali num cantinho da área comum. Elas testavam itens de make que saíam de dentro da maleta, e conversavam a respeito. Fiquei morrendo de vontade de ficar amiga delas. Meninas conversando de MAKE na FFLCH? Comigo mesmo. Mas claro que fiquei com vergonha de dar uma de louca e ir lá dizer que "oi, sou a Juliana, viciada em maquiagem já há alguns anos". Moças, se vocês por acaso forem leitoras deste blog, fiquem minhas amigas!!!

+ sempre me perguntam se eu estou enjoando e eu respondo: enjoei muito pouco, seja de comida, de cheiros ou do nada. Há diversas histórias de grávidas que adoravam alguma comida e depois não podiam nem mais sentir o cheiro dela, que chamavam o HUGÃO. Isso não rolou comigo. Continuo gostando de todas as comidas e cheiros que curtia antes, incluindo-se aí também perfumes, cosméticos em geral, flores, etc. Mas meu nariz está bem mais sensível e potente, acreditem. Então, uma coisa que me incomoda muito é BAFO. Todo dia saio de casa rezando pra não ter que atender uma pessoa com mau hálito, porque passo mal MESMO. Claro que há diversas doenças e condições chatas de saúde que dão esse problema e não é bom generalizar, mas gente, essa semana sentou ao meu lado na aula um moço com hálito de cerveja + cigarro + bafo que ME ENLOUQUECEU. Eu estava vendo a hora em que ia produzir o número 3 (vocês já conhecem o número 1 e o número 2, usem a imaginação para descobrir o número 3) bem no pé dele. Portanto, pessoas com bafo, please, mantenham-se longe desta barrigudinha (yeah, foi um piti meio nada a ver, mas às vezes a gente simplesmente precisa do blog pra desopilar... foi um desaBAFO).

+ ainda em aula, no netbook emprestado de uma colega (o meu ainda não saiu do conserto, pasmem), vi o tuíte da Loo sobre ainda haver peças da Stella McCartney na C&A do Shopping Morumbi. Vocês aí pensando em Stella e eu aqui, pensando em PAUL. Sim, o semideus vem de novo ao Brasil, vai tocar no Rio de Janeiro em 22 de maio, e os ingressos serão vendidos a partir de meia-noite do dia 12 de abril, madrugada de segunda pra terça. "Meia-noite" ou qualquer coisa que a fdp da ingresso.com entender por meia-noite, né, porque da última vez começaram a vender às 23:45 e a honestinha aqui perdeu a pista prime por isso. Sim, eu penso muito em Sir Paul e na possibilidade (ou não) de ir a esse show com uma barriga de 5 meses, no Rio de Janeiro, em um domingo, pra estar de volta e trabalhar na segundona. Preciso pesar todos os prós e contras... e pesar também que, diz a internet, que o feto já ouve sons externos no quinto mês de gravidez, e que provavelmente irei cantar Blackbird pra ele, mas nada como ouvir o semideus tocá-la ao vivo... ai, ai, ai... Aliás, alguém que conhece o Engenhão sabe o que significa "setor inferior leste e oeste" e "setor superior leste e oeste"? Alguma dessas coisas quer dizer cadeira ou arquibancada???

quarta-feira, 6 de abril de 2011

Clarisonic da Creuza

Vou viajar em 22 dias, não vejo a hora. Na listinha de compras, porém, só coisas de nenê: carrinho, manta, cadeirinha, isso-zinho, aquilo-zinho. Depois da notícia da gravidez e da mudança de apartamento, veio morar um escorpião bem malvado no meu bolso, e só de pensar em tirar algumas moedinhas dali... nhoc.

É por isso que, com lágrimas nos olhos (chuif), não vou poder comprar o famoso Clarisonic. E acho que não vai dar nem pro genérico dele, o Olay ProX, que tem sido super bem falado na interné, vejam só o que a Milena do Makeupalooza falou dele aqui. Mas creuza não chora, né? Creuza procura alternativas. E vejam só a que eu achei...



Fonte: http://www.zonasulatende.com.br/Produto/Escova_Facial_Prada_--20305. Esse negócio de Zona Sul Atende me lembrou o atendente do Mc Donald's perguntando se "fritas acompanha"?

Custou a bagatela de 7 e poucos reais na Sumirê da Al. Barros, e é LÓGICO que, por esse preço, não dá pra esperar nenhum milagre na pele. A minha intenção era apenas ter um item pra complementar a lavagem diária do rosto, já que grávidas costumam ser acometidas por acnes pentelhas, e que não posso mais sair usando qualquer ácido que tem por aí. Uso com o sabonete que o médico deixou (se você está grávida, consulte o seu!) e sim, notei uma melhora no aparecimento de cravinhos - porque os que já existem, só com limpeza de pele mesmo - e de espinhas monstrengas. Mas não vou mentir: às vezes ainda dá uma ou outra.

A Loo me disse que tem uma escova parecida, da Coastal Scents, e que o defeito que ela vê é que as cerdas não têm a ponta arredondada, parecem "cortadas no asfalto" (pra usar as palavras que ela usou). Eu acho que as cerdas da minha Prada, em geral, são até macias, mas uma ou outra pinica um pouco. Acho que a luvinha esfoliante pinica menos, com a vantagem de que eu consigo "controlar" melhor a pressão da limpeza. Por outro lado, a limpeza da luvinha é mais intensa, mais abrasiva até, então tenho medo de usar todo dia.

Esse post é só pra mostrar que você não precisa ficar chateada se não tem o Clarisonic (a escovinha que pulsa) ou o ProX (a escovinha que gira). Com uma dessas daí, dá pra imitar ambos os movimentos e conseguir um resultado até que bem bom - sem ogrices, claro, pra não machucar a pele do rosto. Vejam bem que eu não estou falando MAL de nenhum dos dois produtos - pelo contrário, com dinheiro sobrando, eu bem que compraria. É só uma alternativa. Creuza, é verdade, mas ainda assim uma alternativa!!!

terça-feira, 5 de abril de 2011

A especialista: Lançamento!!!

A Risqué acaba de lançar uma linha de maquiagem inspirada na personagem Penélope Charmosa, seguindo o mesmo tema da coleção de esmaltes!

Os produtos:

· quatro cores de batons, nos tons de rosa e vinho, cada um sairá por R$13,40.
· dois glosses, um rosa e outro vinho, cada um por R$9,50.
· um iluminador labial (em pó solto), com partículas cintilantes. Este produto é bacana para ser usado no centro dos lábios, depois de aplicar o batom, para dar um efeito de volume. Se quiser um resultado mais sexy, aposte na dupla gloss + iluminador. O produto custará R$13,60.
· dois kits, um rosa e outro violeta, contendo um esmalte, um batom e um gloss, em uma nécessaire transparente. Muito fofo! Ótima idéia para presentear uma amiga sem ficar desfalcada!!! Preço: R$24,50

A nova linha estará nas lojas em abril. A marca pretende lançar mais produtos de maquiagem, mas só no ano que vem...


Fernanda (mas pode me chamar de Nani), artista plástica e maquiadora. Acredito no poder de uma maquiagem para a auto-estima. Alguns minutos e você estará mais bonita para si mesma e para os outros... Nem pense em sair de casa de cara lavada!!!
nanifadigas [arroba] hotmail.com

domingo, 3 de abril de 2011

Rapidinhas de domingo...

Vamos pra mais umas curtinhas, antes que eu, como os Titãs, confunda o domingo com a segunda...

+ tá quase, hein... quando a página do Vende na Farmácia? no Facebook tiver 1000 "curtir" (ou "like", para os íntimos de Mr. Zuckerberg), vamos sortear entre os curtidores todos esses esmaltes (que Loo me corrija se eu estiver errada, mas acho até que há mais alguns, que ficaram de fora da foto mas irão fazer parte da sacolinha) para prestigiar quem nos segue lá e porque, como Loo falou aqui, só temos 5 dedos em cada mão. São 992 "curtir" até agora, portanto corrão!

+ queria agradecer a todo mundo que me mandou felicidades pela gravidez... por enquanto está dando tudo certo, e a torcida para que continue assim, pelo visto, é grande! Ontem, aliás, levei um baita susto... fui em uma festa infantil e, na hora que cheguei em casa e fui tomar banho, tinha uma macha ROXA na minha barriga... dei gritos, chamei Frederico, o bairro inteiro deve ter ouvido... até que percebi que era uma SUJEIRA... eu devo ter encostado a barriga em alguma coisa durante a festinha, e não percebi... ufa... Bobeiras à parte, agradeço de coração todos os votos!

+ ainda sobre o assunto Stella McCartney + C&A, notei que grande parte dos comentários no meu post sobre o assunto falavam do preço das peças... Queria explicar que meu medo com relação à situação não era pelo valor dos itens. Barato obviamente não é mas, na minha opinião, quem tem dinheiro e tá a fim tem mais é que comprar mesmo, e quem não tem, bom, azar (azar MEU no momento, inclusive, hahaha). O que eu achei besta, na real, foi esse marketing louco, esse negócio de incutir nas pessoas que "você tem que ter uma peça de roupa da C&A assinada pela SM porque a Fulana VIP esteve no lançamento dia 16 de março já 'garantiu a dela'". Fulana VIP essa que nunca tinha sequer passado na porta da C&A antes, com medo de, sei lá, pegar doença da pobreza. Isso tudo sim, como diria uma senhora que fez faxina pra minha família, é "coisa de pobre". Claro que cabe aos marqueteiros inventar essas estratégias e à gente não cair nelas. Quanto à Stella, ela só pode ser o máximo: 50% de sua genética veio DELE.

+ lembram do Bazar da Mamma? Pra quem lembra, boa notícia: tudo indica que haverá outro, em data a ser ainda definida, no início de maio. Depois dou mais detalhes por aqui. O que posso adiantar por enquanto é que vai ter muita coisa legal, itens de maquiagem e cosméticos diversos (ELF, Rimmel London, L'Oréal, Moroccanoil, Victoria's Secret, Tigi, Wonder Woman by MAC e até o limpador da Olay "genérico do Clarisonic!"), roupas e acessórios novos e de brechó, caixas de artesanato lindas em madeira e tecido pra organizar as miudezas e várias opções de presentes pras mães. Assim que me contarem, aviso por aqui da bat-hora e do bat-local.

+ depois dos oxfords, os esmaltes craquelados são a nova mania à qual eu não irei aderir. Vejam que gosto não se discute, eu respeito quem curte e minha intenção não é gongar essas pessoas de jeito nenhum - é muito mais fazer com que quem se sente um ET por achar que oxford é sapatinho do palhaço Arrelia (que aliás se formou em Direito na faculdade que eu frequentei, oe!) veja que não está sozinha, e que sim, também tem gente que acha que, por mais bonitinho que um look esteja quando usado um oxford, só tende a melhorar se ele for trocado por uma sapatilha. Eu (vejam bem, EU, é uma opinião e não uma lei gravada em pedra) acho que esmalte craquelado é bizarro, e já estou vendo a hora que vão inventar que dormir com esmalte úmido e andar com ele todo amassado nas unhas é in. Mas teve uma modinha a qual eu tive que aderir. Até que me segurei, mas não deu. Comprei em dezembro, enviei pra casa da minha amiga Beinha em SanFran e, quase em março, quando eu já estava perdendo a esperança, eis que os Correios resolvem dar o ar de sua graça e aparecer com minha Alexa Imitation Tabajara, made in Ebay, e "Tabajara" só de brincadeira mesmo, porque a bolsa é INCRÍVEL e a vendedora é uma fofa:


Errr, foi um investimento!


+ no fim do mês vou passar uns dias no mar bonito do Caribe, dourando meu barrigão e usando protetor solar na veia pra evitar melasmas, é claro. Depois, vou passar em NYC pra fazer compras exclusivamente pro Projeto (= bebê, que ainda não sei se é Arthur ou Isabel). Na real nem tenho a intenção de mudar o foco dos meus posts aqui no VnF?, embora a gravidez não me permita usar qualquer tipo de produto. Leia-se, isso aqui não vai virar um blog sobre gravidez. Mas quem quiser me mandar e-mail pra trocar dicas de boas compras infantis por lá, esteja à vontade, será muito bem recebida.

+ Poutz, essas curtinhas ficaram BEM longas... quem manda passar tanto tempo sem escrever, né???

sábado, 2 de abril de 2011

Dedão pra baixo: Demaquillant Yeux Physiologique, La Roche Posay


Tá devagar a coisa por aqui, né? Loo está na Hair Brasil e eu continuo grávida (ainda bem), quase de mudança (por tempo limitado) e sem computador até segunda-feira (espero). Nas arrumações de produtos fechados, que ainda não usei, encontrei este - ai, como é gostoso o meu francês - Demaquillant Yeux Physiologique, da La Roche Posay, que minha tia me trouxe por engano de uma viagem à Argentina. Por engano? É. Eu já tinha comprado numa outra ocasião, não tinha gostado e por engano, ganhei outro novo - ainda não sei se ela que comprou errado (pouco provável) ou se fui eu que, em um momento de loucura gravídica, pedi a coisa errada (bem provável). Acontece, e quando acontece, a gente dá uma gongadinha aqui pra desopilar.

Esse demaquilante é pra ser destinado a peles sensíveis. Até aí tudo bem: a pele dos olhos ainda é mais sensível do que a do resto da cara ("resto do rosto" ia ficar estranho, haha), e conheço N meninas que não podem nem pensar em passar qualquer coisa nessa área. Ele contém água termal La Roche Posay, o que é pra ser uma puta grande credencial. Por fim, é não comedogênico, não há sabão e nem parabenos em sua fórmula. Bacanérrimo.

O problema é que esse demaquilante... não demaquila. Pois é. Usá-lo e usar água pura, pra mim, dá basicamente na mesma. Aliás, ele até acaba tendo o efeito inverso do prometido: na primeira tentativa de tirar make dos olhos com ele, esfreguei tanto o algodão que acabei com os olhinhos vermelhos. Tentei também tirar make das outras partes da pele do rosto, mas só saiu tudo lavando depois.

Acabou que não entendi esse produto. Os olhos são onde acabo usando a maquiagem mais pesada, porque mesmo que esqueça batom, base, blush, estou sempre de rímel e corretivo nas "olheiras". Adoro um rímel empelotado, adoro delineador, e vou pra balada cheia de tudo o que tenho direito nos olhos: lápis, sombra esfumada, gloss... daí que ao mesmo tempo que meu demaquilante pra olhos deve ser suave, precisa ser potente, coisa que esse produto definitivamente não é. Pra dias hard rock, tenho usado o bifásico da Contém 1g (ótima opção se você não tem acesso ao Bi-facil da Lancôme, acho que demaquila igual) e nos outros dias, um produto à base de camomila da Body Shop. Mas se alguém entendeu esse demaquilante da La Roche, me explica? Aproveitem e contem qual demaquilante estão usando. Não acho que demaquilante seja uma coisa fácil de acertar, então toda sugestão é bem vinda.