terça-feira, 24 de abril de 2012

A especialista: Seus olhos, suas cores

Você sabia que algumas cores de lápis e de sombras podem destacar ainda mais a cor dos seus olhos?
Lembra das aulas de Artes na escola? Certamente você estudou o Círculo Cromático, ou Roda das Cores como também é conhecido. Através deste círculo, você consegue analisar as cores e suas combinações. É uma ferramenta muito usada em diversas áreas profissionais: arquitetura, decoração, moda, publicidade...


Mas como usar na maquiagem? Simples: observando o Círculo Cromático, procure onde está a cor dos seus olhos. Ex: tenho os olhos castanhos, procuro a cor marrom. Agora, trace uma linha imaginária no sentido oposto da cor escolhida. Você encontrou a sua cor complementar, que no caso do marrom é o azul em todas as suas variações de intensidade e tons. Isto significa que quando usar esta cor nos seus olhos, o marrom será mais valorizado, ficará mais bonito.


É muito comum ver pessoas de olhos claros usando cores iguais às dos seus olhos. Quem possui olhos verdes, usa lápis verde e quem tem olhos azuis usa lápis azul. Mas qual o efeito desta combinação? O impacto, será por claro/escuro e não por cores. Resumindo: o resultado será mais impactante se:
- quem possuir olhos verdes, escolher cores como: roxo, berinjela, uva, lilás e suas variações.


- quem possuir olhos azuis, optar pelas cores: marrom quente, pêssego, acobreado, dourado e suas variações.


Se você usa as cores neutras de sempre (marrom, cinza e preto), experimente usar estas opções e depois me conta o que achou! ;)


Fernanda Fadigas, maquiadora profissional, ministra cursos de automaquiagem.
@fefadigas 
nanifadigas [arroba] hotmail.com

segunda-feira, 23 de abril de 2012

Mais um BAZAR DA MAMMA em 29.04.12

Este dia das mães será o mais bacana de todos, porque vai ser meu primeiro! :) E da Loo também, e de várias amigas e familiares. E eu e minha tia ficamos pensando se faríamos ou não faríamos mais um bazar... até que resolvemos fazer!





Será dia 29 de abril de 2012, das 14h às 19h - portanto, na mesma bat-hora - e quem quiser comparecer, é só me mandar um e-mail para o endereço acima até o meio-dia sábado (dia 28). No e-mail deve constar o nome e o RG das pessoas participantes. Não se preocupem pois podem levar quem quiserem, a lista é só por questão de segurança mesmo. Maridos e namorados serão super bem vindos! Para quem escrever, responderei com o endereço físico e mapa. Quem já foi e sabe chegar, ótimo: será no mesmo bat-local também! Já adianto que fica aqui em SP, na zona oeste, e agora tem metrô novo mais ou menos perto.

A gente não é muito gananciosa não, e os preços vão estar bem baixos como sempre. As maquiagens e perfumes estarão lá, as caixas lindas de tecido também, os kits também, as utilidades domésticas também (aliás o Fred vai me matar porque coloquei online o lindo flyer que ele fez com um errinho, utilidades "domeesticas". Me perdoem vocês também, mas já tá ficando em cima da hora e eu queria convidar logo!). E nesta edição teremos uma novidade: os Scrapguys irão participar! Nesses links dá para conferir as coisas lindas que eles fazem em scrapbooking, e prometeram levar artigos bem diferentes: bastidores decorados, kits de costura, livrinhos de receita fofos... vai ser bem legal, tenho orgulho desses meninos.

Tá, você curte marcas... então te digo que teremos Urban Decay (inclusive as paletas Naked #1 e #2), Victoria's Secret, Sephora, OPI, Revlon, H&M, Urban Outfitters, ELF, ELF Studio, Forever 21... e a famosa bacia de R$1 a R$12 com marcas diversas, claro. E a dica é chegar cedo, porque claro, tudo o que é mais legal acaba antes!

Formas de pagamento? Por enquanto, aceitaremos dinheiro ou cheque. Minha tia, a "moça do caixa" é bem boazinha, e costuma dar umas facilitadas pra quem quiser levar mais coisinhas. Faremos trocas/devoluções em caso de defeito de fabricação, apenas os itens feitos à mão e de brechó não poderão ser trocados/devolvidos.

Quem quiser levar um quilo de ração de cão ou gato como ingresso, fique à vontade. Toda a ração arrecadada será doada a OnGs de proteção animal. E mesmo quem estiver com o bolso furado pode aparecer pra me ver, vou adorar! Aliás tem gente que eu vejo duas vezes por ano, nos bazares... <3

domingo, 22 de abril de 2012

Cantinho do Assessor: Contém1g e Operação Sorriso - “Passe batom para ficar bonita por dentro”










Contém1g e Operação Sorriso - "Passe batom para ficar bonita por dentro"
 A Contém1g apoia a ONG Operação Sorriso para unir forças em prol de uma grande causa: devolver milhares de sorrisos para crianças portadoras da fissura lábio-palatina, conhecida popularmente como lábio leporino. Somente no Brasil, estima-se que a cada 650 crianças uma nasce com a deformidade facial. 
 
Para aderir ao projeto e potencializar a ação social, a ONG Operação Sorriso, que cuida de crianças carentes portadoras de lábios leporinos, lança com o apoio da Contém1g a linha Batom Operação Sorriso. Produzidos nas cores Pink Felicidade, Rosa Simpatia e Vermelho Alegria, os batons, com tonalidades exclusivas para a ação, promovem cor intensa - já na primeira aplicação - devido a sua alta concentração de pigmentos, ótima cobertura e textura macia.  Cada batom vendido ajudará a financiar cirurgias reparadoras em crianças com lábios leporinos de todo o Brasil. É você com a Contém1g ajudando a devolver autoestima a uma criança.

Preço: R$ 39,00.
85700 - PINK FELICIDADE
85701 - ROSA SIMPATIA
85702 - VERMELHO ALEGRIA



segunda-feira, 16 de abril de 2012

Mais Walmart: roupinhas dignas e pagáveis para o armário da Creuza.

Como já expliquei, tem dias em que eu aproveito minha hora de almoço pra passear no Walmart Pacaembu, que na real fica no glamuroso bairro da Barra Funda, onde trabalho e pertinho de onde moro. Não sei vocês, mas super curto um hipermercado, ainda mais quando tem roupinhas. A seção de confecções do Walmart andou meio caidinha por um tempo, mas agora parece que se redimiram: na última visita achei várias peças usáveis por bom preço.



Dizem que animal print estará em alta nesse inverno (aliás, todo inverno falam isso, então nem ligo, ó) e lá no Walmart tinha esse casaquinho de onça (onça? leopardo? jaguatirica?) com botões na frente. Bem bonitinho. Havia outras estampas de cobra e flores, mas a primeira era muito feinha e a segunda parecia revestimento do sofá da Dona Clotilde.




Todos custavam R$39,00. O problema é a quantidade de coisa sintética na composição do tecido, pelo que me lembro era mais de 70% (devia ter fotografado e esqueci). Dá pra usar, mas não dá pra abusar.





As camisas eram bem fofas. Havia vários tamanhos e estampas, tirei foto de alguns exemplos para mostrar aqui. Camisa xadrez, na minha opinião (de quem nunca estudou moda e tem a humildade de admitir que não "entende do assunto", mas tem espelho em casa) é bem versátil, dá pra usar fechada, aberta com blusinha por baixo, misturar estampas desde que com noção, etc.





As camisas também custavam R$39 cada uma. O modelo da foto imediatamente acima era um pouco mais caro e diferente, tinha uma amarração na frente, não cheguei a experimentar para ver como ficava no corpo mas parecia bem bonitinho também.






Esse manequim tava bem digno, tirando o sapato saindo do pé. É assim que eu vou trabalhar na maioria dos dias: jeans, camiseta, casaquinho, sapatilha e uns acessórios. Às vezes troco o jeans por uma calça de alfaiataria ou saia só pra não enjoar, mas com o monte de coisa que tenho a fazer de manhã, quero mais é praticidade, nada de ficar escolhendo visuais muito elaborados. O cardigã é bem parecido com aquele que postei recentemente, a diferença é que este não tem manga princesa.





Vi várias cores do cardigã (esse pink "maravilha", azul, preto, amarelo, verde) e, de ponta cabeça e tudo, a gente vê que a composição é bem mais bacaninha que a da peça de animal print: 70% algodão fazem a consumidora feliz. Cada um custava R$50, achei bem em conta.

Walmart, cá fica meu apelo: invista na parte de moda! Se depender de mim, vai ter consumidora!!!


domingo, 15 de abril de 2012

Testei: creme depilatório Depiroll Sensual Vanilla

Nunca fiz segredo que meu método predileto de depilação é a cera. Quente ou fria, tanto faz. Admito que, depois de uns boatos que ouvi sobre reaproveitamento de cera quente, fiquei meio com nhaca de ir fazer depilação em locais ditos especializados. Tudo bem que foram só boatos, mas depois fiquei grávida e preguiçosa, daí a Nina nasceu, e acabei preferindo resolver o problema em casa mesmo. 

Já contei aqui no blog sobre meu aparelho de depilação roll-on Gama Italy, que eu adoro. A razão principal é ele eliminar os pelos pela raiz com muito menos dor do que Epilady e similares, que eu chamo de "aparelhinhos do horror". Eles são, contudo, muito mais práticos do que o aparelho da Gama ou do que as folhas prontas da Depiroll ou da Veet, porque não rola a meleca toda. E tem mais: da última vez que eu comprei folhas prontas de depilação, esperei a Nina dormir e me joguei. Só que ela acordou no meio do processo, e eu com aquele monte de cera colada na perna. Foi uma meleca. Só que eu continuo detestando Epilady, porque dói-dói-dói. 

Cremes depilatórios e lâmina sempre foram minhas últimas escolhas, mas a lâmina eu tenho usado com uma grande frequência. O motivo? A praticidade. Resolvo o problema dos pelos no banho, em alguns minutos. Mas daí a pele fica meio ressecada (mesmo eu usando condicionador pra emulsionar, porque produtos específicos pra depilação com lâmina, como o fracassadinho da Kiehl's sobre o qual contei aqui, não funcionam comigo) e obviamente que, dois dias depois, o problema volta, porque os pelos já nascem grossinhos, me obrigando a fazer tudo de novo.

Pausa para lamentar como ser mulher às vezes é difícil. 

Pronto. 




A Depiroll me ofereceu uma unidade do creme depilatório deles para testar (esse da foto acima), e eu aceitei. Pelo que entendi, o diferencial dele é a fragrância, que chamaram de "Sensual Vanilla". Sinceramente achei o nome meio brega, porque acho que pernas besuntadas de creme depilatório amarelo nada têm de sensual. Mas a fragrância tem um ponto MUITO positivo: na hora da aplicação não fica aquele cheiro ruim no ambiente, sabe? Esse cheiro, que todos os cremes depilatórios que usei até hoje tinham, é um dos contras desses produtos na minha opinião. Daí, que, não sei como, a Depiroll conseguiu quaaaaase eliminá-lo. Quase, porque ele fica um pouquinho evidente nas mãos e no local onde o creme foi aplicado depois do uso, mas até aí não vejo grande problema, já que todo creme depilatório exige um banhinho depois.


Amaryellow


Outro ponto positivo é que as minhas pernas ficaram, sim, bem hidratadinhas depois da aplicação, o que não acontece quando uso lâmina. A famigerada gilete também acaba deixando a perna cheia de "pontinhos" pretos, que o creme elimina. Claro que, um ou dois dias depois, o pelo já volta a nascer daquele jeitinho vitaminado, mas como o produto jamais prometeu que o pelo demoraria mais para nascer, tudo bem. A gente sabe que, pra eliminar os pelos por mais tempo, só com cera ou, para quem quiser e puder, com o tal do laser... 


Eu curti bastante e, agora que conheço o produto, vou virar consumidora, para usar naqueles momentos em que não tenho como usar minha querida cera. Ultimamente, esses momentos têm sido muitos. E se você é adepta do creme depilatório ao invés dos outros métodos, sugiro que tente também.

segunda-feira, 9 de abril de 2012

A especialista: Você escolhe!

Faz um tempo que estou para escrever sobre isso. Como maquiadora, muitas vezes preciso escolher que tipo de produto vale a pena investir mais grana. Então, nem sempre a escolha é fácil, mas preparei algumas sugestões de produtos com a mesma função e preços bem diferentes, um mais caro e o outro mais barato. Os preços são aproximados com base em pesquisa na internet.

Lápis para sobrancelhas
Vult – R$10,00
Yves Saint Laurent – R$100,00

Máscara para cílios preta
Maybelline – The Falsies – R$26,00
Dior – Diorshow – R$140,00

Lápis de olhos preto
Natura UNA – R$33,50
MAC – R$79,00

Primer facial
Vult – Primer HD – R$20,00
MAC – Prep+Prime Skin – R$139,00

Lenços demaquilantes*
Turma da Mônica (*este produto não foi feito para esta utilização, mas cumpre muito bem o papel de demaquilar sem agredir a pele) – R$9,00
Nivea – R$21,00

Blush pêssego
O Boticário – R$ 50,00
MAC – R$115,00

Batom "cor de boca"
O Boticário – Linha Intense – R$14,00
MAC – R$79,00

Gloss
Maybelline – R$18,90
Yves Saint Laurent – R$105,00

Pincel de blush
Ariana – R$34,00
MAC – R$173,00

Com o tempo, percebi que alguns produtos fazem toda a diferença na maquiagem; já outros, não comprometem o resultado final. O que eu quero dizer com isso? Se eu usei um gloss da Dior ou da Maybelline, não faz muita diferença no conjunto. O mesmo vale para o batom, a máscara de cílios e por aí vai.  Se precisar escolher em quais produtos de make vai investir mais dinheiro, aposte na base, corretivo e pó. Depois dos produtos para a pele, investiria nas sombras. Geralmente, as mais caras têm uma pigmentação e durabilidade maior.


Fernanda Fadigas, maquiadora profissional, ministra cursos de automaquiagem.
@fefadigas 
nanifadigas [arroba] hotmail.com

sexta-feira, 6 de abril de 2012

Mais dois shampoos pra oleosas: um mais ou menos e outro bacanão!

Cá continuo eu na minha saga para aumentar as opções de shampoos que as moças de cabelo oleoso possam usar felizes e contentes. Dessa vez, na falta de um, vão dois: Clear Anticaspa Óleo Control, para cabelo ou couro cabeludo oleoso; e Belofio Natureza Shampoo Vitalizador, com hidratante progressivo orgânico, sem sal, parabenos e corantes, que promete revitalizar e nutrir profundamente os fios (todas essas informações tirei dos rótulos dos produtos).

Vamos começar pela opção mais ou menos: o Clear Anticaspa Óleo Control. De tanto todo mundo falar bem dos shampoos Clear, comprei um. Tenho dermatite mas não tenho caspa (e por favor, hein, gente, nada de achar que quem tem caspa é porcão ou não toma banho direito, uma coisa não tem nada a ver com a outra e seu dermatologista pode explicar isso bem), daí achei que tudo bem usar para experimentar.

O rótulo diz que ele é um shampoo de uso diário, mas como em uma lavagem só meu cabelo ficou meio melecado, fiquei imaginando a situação se o usasse todos os dias. Da primeira vez, passei o condicionador de costume só nas pontas, e o resultado foram fios meio pesados e pouco maleáveis. Sem usar o condicionador, o resultado é um pouco melhor, mas definitivamente não é meu shampoo predileto. Se você tem problema de caspa + cabelos oleosos, talvez role usar alternadamente com outros shampoos, mas como cada caso é um caso, é sempre melhor perguntar pro dermato.




E eu não dava nada pelo Belofio Natureza Shampoo Vitalizador, mas ele acabou sendo eleito o produto bacanão desse post. A Loo ganhou o frasco numa feira de beleza e trouxe para mim. A palavra "hidratante" escrita no rótulo sempre me dá medinho, mas como shampoos "vitalizadores" ou "revitalizadores" costumam dar bons resultados em fios oleosos, literalmente fui pras cabeças (eu ando bem infame, eu sei). Ajudou a me convencer o cheirinho adocicado, que não tem nada a ver com a mistura guaraná e tangerina que a marca diz existir no shampoo, mas que, grata surpresa, fica nos fios um bom tempo depois da lavagem.

No rótulo tá escrito assim: ingrediente natural orgânico que funciona como poderoso hidratante e mantém o cabelo saudável por muito mais tempo (aumento de 67% de hidratação na aplicação e 114% após 3 horas). Esse ativo inovador é obtido de plantas xerófitas de fontes renováveis. Bom, não sei se isso ecziste ou non ecziste, acho que se meu cabelo ficasse TÃO hidratado assim, pingaria óleo por aí, eca. E esse negócio de xerófitas me levou de volta a uma apostila do vestibular - é, eu sou de humanas. O FATO é que meu cabelo ficou soltinho, brilhante, fácil de pentear (testei com e sem condicionador) e o que é mais importante, LIMPO. E cheiroso.

Clear eu sei que vende em qualquer farmácia; Belofio acho que é mais fácil encontrar em grandes perfumarias como Sumirê e 2000, e naquelas perfumarias de bairro que amamos. Tão aí mais duas opções pra você que é oleosa e revoltada com a indústria cosmética porque eles não pensam em você como deveriam!!!

quinta-feira, 5 de abril de 2012

Leitura da semana e/ou Todas shora* com a Glossybox alemã

(sim, eu faço poker face e ainda chamo essa seção de leitura da semana)

Maior saudade de quando eu tinha blog-diário-pessoal. Tá, eu não fazia grandes coisas da vida, mas era bem bacana.  Acho que por eu ter tido um é que gosto de ler o dos outros. É, eu sei, deveria ir ver novela e parar de acompanhar a vida alheia. É mais forte do que eu, porém: adoro achar um blog-diário que eu nunca li, e assim tenho vários posts pra ler de uma tacada só.

Através do blog da Ingrid, que é minha amiga há muitos anos, descobri o blog da Bruna, uma moça brasileira que conta suas peripécias morando em Hamburgo, na Alemanha. Primeiro que, né, Hamburgo - eu sou beatlemaníaca. Segundo que o jeito que ela escreve é bem legal.

E terceiro que, no blog dela, me deparei com um post sobre a Glossybox alemã. Antes de eu contar, ou de vocês irem lá ver, se liguem na foto do conteúdo da caixinha:


(creditando: a foto é da Bruna mesmo)

Ela conta que, por 10 euros (o post é de dezembro, mas no câmbio de hoje daria uns R$25) recebeu um peeling dessa marca de nome impronunciável que não conheço, um óleo para unhas da marca badalada Alessandro, uma base e um gloss duplo L'Oréal e uma miniatura do perfume 4711 (aqui tem a história do nome desse perfume, eu não sabia dessa e o Fred que me contou). Conta também que, ao preencher o cadastro, colocou nele a cor de sua pele e a Glossybox acertou em cheio na base que mandou para ela.

Bom, já contei aqui que tudo o que eu conheço da Glossybox foi porque eles nos mandaram duas cortesias. Fizemos, também, um publi para eles, que foi devidamente identificado como tal. A idéia, a meu ver, é ótima, mas vi muita gente (inclusive nos comentários desse post que linkei) reclamando de prazos de entrega, produtos sem graça ou de cores nada a ver, preço e por aí vai. Nem sou de ficar reclamando de que Brasil é isso e aquilo, eu gosto daqui, prefiro morar aqui que na Europa (e ninguém é obrigado a concordar não - já digo que um Canadá eu aceitaria!), pago uns micos como todo mundo mas beleza... porém, depois dessa, principalmente pelo preço e pelos produtos, fiquei com vontade de ir ali chorar.

Alguém tem um lencinho?




*"Todas shora" é gíria das internéte. Não fique bravo comigo, prof. Pasquale.



quarta-feira, 4 de abril de 2012

Vyvedas: Vale Quanto Pesa.

Infelizmente esse é mais um post denunciador de idade mas, what the hell, farei assim mesmo. Na casa da minha avó, quando eu era criança, só dava esse sabonete, o Vale Quanto Pesa, praticamente uma antiguidade no que diz respeito a produtos para banheiro. O próprio nome já diz: era um senhor sabonete, oval, enoooorme, que demorava um tempão pra acabar. Tinha no lavabo, onde ela me ajudava a lavar as mãos;  tinha nos banheiros, onde eu tomava meus banhinhos. Claro que ele se chamar assim era uma alusão ao tamanho dele (e pena que só consegui achar foto da versão, menorzinha, de 90g, no excelente blog Caríssimas Catrevagens), mas eu, em versão infantil, só conseguia pensar "uma coisa tão levinha que 'vale quanto pesa' não deve valer porcaria nenhuma!". E antes de contar sobre o que se trata o post, quero saber: quem se lembra do Vale Quanto Pesa? Ah, contem aí, sejamos saudosistas sem vergonha... 




Mil anos depois, encontrei um sabonete que me lembrou do tijolão VQP que eu usava na casa da minha avó. A Vyvedas tem uma barra de sabonete que pesa a bagatela de 150 gramas. É sabonete pra caramba.  As versões são Castanha do Brasil, Lavanda, e o campeão Capim Limão, super refrescante e cheiroso. Quem "descobriu" esses itens foi o Fred, lá nas prateleiras do St Marche do Shopping Higienópolis. Depois de testarmos todas as fragrâncias, passamos a comprar também a versão menor, de 80 gramas, para colocar nas pias dos banheiros.




Barato não digo que é: o maior custa R$14,90 e o menor, R$9,90. Super entendo que tem gente que não faz questão de um super sabonete pro banho, e eu mesma fico bem feliz com um Odor de Rosas básico da Phebo. Mas vale experimentar, especialmente esse maiorzão de capim limão, porque além do cheiro ótimo, dura banhos e banhos e mais banhos. Recomendo. E numa dessas visitas ao St Marche, a promotora da marca que estava de plantão me deu uma amostrinha de sabonete líquido de Litsea Cubeba. Claro que eu fiz minha cara de "ué" quando ela me disse esse nome; porém, ela me explicou que a linha feita dessa planta é a mais vendida da Vyvedas e que o cheiro é bem parecido com o do sabonete Capim Limão. Usei também, e atesto que é parecido sim, mas não é igual. Ainda prefiro pagar menos no sabonete em barra, que é bem mais gostoso, e cujo perfume dura bem mais na pele.

Mais sobre a marca? Bom, ao que eu saiba, os produtos são vendidos na rede St Marche, na loja conceito (que fica no próprio Shopping Higienópolis) e, olha a belezura, online. Além disso, a marca diz usar matérias primas puramente vegetais e ser completamente cruelty free (ou seja, não usar nenhum insumo animal e nem fazer testes em animais). 

terça-feira, 3 de abril de 2012

Sábado na ducha.

Embora eu seja cliente antiga da marca (tem uma loja aqui perto de casa, mas conheci mesmo numa multimarcas em Moema, há uns 5 anos), a Ducha nos convidou para dar um pulinho na loja, que fica na Rua Alagoas, 503, Higienópolis, e conhecer melhor os produtos. De fato, estava lá a super simpática Maína, que me mostrou e me deixou provar tudo que eu ainda não conhecia. 

O namoro é antigo mesmo (postei em 2008 sobre a marca, depois mencionei nos comentários em 2011 e contei da minha recente ida lá), mas quase não se fala da marca na blogosfera belezística... o que é uma bela comida de bola nossa!!! Lá tem produtos pra todos os gostos, de todos preços, com todos os cheiros, pra comprar pra si mesma, pra dar de presente, pra decorar a casa, pra crianças... recomendo a todo mundo conhecer. Pelo que eu entendi, o carro chefe da Ducha é mesmo a fragrância de figo (tem colônia, sal de banho, esfoliante, aromatizador de ambientes...) e, realmente, meu primeiro produto deles foi a colônia de figo. Agora estou pronta pra diversificar, já fiz uma lista na minha cabeça pra ir comprando aos pouquinhos, quando os produtos que tenho em casa forem acabando, e fiquei de olho em vários itens pra Nina também. 







Tudo arrumadinho nas prateleiras... embaixo, à esquerda, vários cosméticos com aroma de chocolate, pra comemorar a Páscoa. Vale como um presentão pra quem (tipo eu) não tá podendo exagerar no açúcar.



Ganhei um ovo de páscoa de oncinha, só que esse é pra usar no chuveiro... :)



Os mini cupcakes de verdade...



... e os docinhos que, na verdade, são lip balms (salgadinho achei o preço, até pelo tamanho).



Hidratante bifásico, um dos diversos produtos da linha de grapefruit. Achei um ótimo presente, com cara daqueles iogurtes parfait, sabem? Iogurte embaixo, cobertura em cima, depois mistura tudo, nham.



Sabonetes em bolinha, também na fragrância de grapefruit. O Fred não entende minha relação de amor e ódio com essa fruta (que nos dicionários de português aparece como "toronja" ou "toranja"): adoro o cheiro cítrico mas detesto o gosto, amargo demais, uma decepção pra quem esperava aquele azedinho da laranja ou do limão. Mas o perfume é uma delícia, e por isso amei essa linha.



Perfumes sólidos (tem de figo!!!), estilo aqueles da Lush e da L'Occitane.



Esse é o esfoliante de figo, que eu não conhecia, e fotografei pra vocês darem uma olhada na textura. Tem o mesmo cheiro da colônia, é feito com açúcar orgânico e deixou minhas mãos super macias. Dica boa pra quem tem pernas, cotovelos, joelhos e canelas/tornozelos ressecados: nada como uma boa esfoliação seguida de hidratação pra melhorar a secura.


Produtinho bacana pra quem tem pouco espaço no banheiro. O produto da direita também experimentei, um óleo de laranja de cheirinho delicioso. Não sou muito chegada em óleos até porque EU sou o óleo (eca! mas falando sério, tenho todo um trauma por ter pele oleosa, mas já contei aqui no blog minhas tentativas com o Sève), porém pra quem curte, recomendo.



Nina foi também, passear com o papai de mochilinha, e conferir as novidades da seção infantil.


O sabonete líquido vem com essa boinha, é a coisa mais fofa. Na minha outra visita queria comprar um pra Nina, mas desisti depois que lembrei do tanto de produto de banho que ela ganhou e nem usamos ainda. A colônia, essa da direita, comprei de aniversário para a Manu, filha da minha amiga Maíra. Ambos tem cheiro de bala de jujuba, uma coisa bem nostálgica pra mim.



Fred ficou apaixonado pela saboneteira de patinhos...



Esponja de pirata, a coisa mais fofa, e eu bancando o papagaio no espelho.



Meninas com meninos de todas as cores e fragrâncias nos diversos sabonetes...


... e também meninas com meninas, e meninos com meninos.



Achei bem simpática essa embalagem ziplock da colônia de romã, mas esqueci de sentir o cheiro pra contar aqui no blog se é bom... fica pra próxima. Ah, xô falar que a experiência que tenho com minha colônia de figo é uma fixação ótima, o cheiro fica suave na pele mas dura bastante.



Essas velinhas são bem fofas, especialmente as menores, porque vêm em versões mini daqueles copos de boteco com frisos paralelos, sabem? E me desculpe a Ducha, mas acho essa idéia bem fofa para as meninas do DIY copiarem :) Eu encheria minha banheira de velas se não tivesse medo de a Nina daqui a pouco começar a comer todas.



Tapetinho de banheiro fofura, fiquei com vontade de comprar pra Nina também. Mas meu apartamento é antigo, daqueles que tem o banheiro das visitas e o banheiro dos moradores. Quem sabe se um dia ela tiver um banheirinho só dela...




Cheiro quase mais gostoso do que o de figo: erva cidreira, pra deixar Fred calminho, calminho...



Achei tão bonita essa nécessaire toda cheia de coisas... e essa escovona também me dá nostalgia, meu pai tinha, quando eu era criança. Achei prática a tela, pra gente conseguir ver tudo o que tem dentro.



Nem sou a maior fã de lavanda, mas achei fofo esse vidro multicolorido.



Bizarrice interessante do dia: uma lixa para os pés em forma de fatia de maçã!


Depois de fuçar em tudo (das outras vezes fiquei com um pouco de vergonha de encaroçar na loja, ehhehe), acho que vale ainda mais a pena conhecer a Ducha. Além desses itens que eu fotografei, tem um monte de outras linhas, produtos, apetrechos para banheiro, para casa, etc. Nem tudo é ultra barato mas os preços são bem honestos. Com R$48 dá pra sair de lá com uma colônia de cheiro delicioso e durabilidade excelente (minha próxima vai ser a de erva cidreira), com R$35 pode-se comprar um hidratante de embalagem linda e que rende, com R$6 você enfeita seu banheiro com um sabonete lindo e cheiroso na saboneteira. Como eu falei no outro post, o único contra que vi foi cobrarem a cestinha usada pra montar os kits... já que a pessoa está levando produtos diversos, ela poderia sair como cortesia...

Pra finalizar, um lembrete: se você for passear na Ducha num sábado, como eu fiz, não deixe de visitar a feirinha de adoção de cães e gatos que acontece na mesma rua, um pouco mais adiante. Dá gosto de ver aqueles meninos, em sua maioria resgatados em condições péssimas, de banho tomado, cheirosinhos, castrados, vacinados, vermifugados, prontinhos pra ganhar um dono, ou melhor, um amigo. Se você estiver procurando um bichinho de estimação, já sabe. E, mesmo que não esteja, pode divulgar pros amigos.