terça-feira, 28 de agosto de 2012

A Sephora e o sorvete

Demorou nada menos que uma semana e duas crises de cólica da Manuela (que aos 6 meses ainda sofre de cólicas e eu poderia usar isso como desculpa para a ausência desse blog, ou o fato que dos 6 meses de vida dela, 2 foram passados hospitalizada mas não vou, a realidade é que é difícil querer fazer posts para o blog tendo que lidar com isso) para fazer algum juízo sobre a inauguração da Sephora no Brasil e a fila de pessoas que passaram a noite na porta por um cupom de R$ 100.
Pode ser só porque uma noite de sono vale bem mais que R$ 100, para mim, ou pode ser porque achei a Sephora cara mesmo quando estive nos Estados Unidos.  Mas a verdade é que eu mesma não estava entendendo porque achava ótimo ter Freddo no Brasil, mesmo custando quase R$ 10 uma mísera bola, simplesmente por ter a opção de ter um sorvete de doce de leite delicioso sem precisar ir para a Argentina, mas não achava o mesmo da Sephora, mesmo com a coisa do é caro mas tem a opção aqui.

É porque sorvete não vende pela internet.

Nunca fui uma pessoa que compra feito doida pela internet, talvez com ressalva para o Deal Extreme. Comprei umas maquiagens na EveryDay Minerals, outras na Cherry Culture, fui taxada na minha segunda compra no Morangão e nunca mais comprei nada lá, e nos Submarinos da vida comprei de aspirador de pó a telefone sem fio. Eu nunca tinha entrado no Ebay até esse ano, e foi aí que um mundo mágico se abriu.

E é tudo culpa da Fernanda.

Fiz nada menos que 12 compras em 3 meses. Mesmo com a Maré Vermelha, a coisa que mais demorou para chegar foi um organizador de bolsa de 10 dólares, que chegou no Brasil em 15 dias e depois demorou 2 meses para chegar na minha casa. Fiz compras de roupas para Manuela que vieram da Australia em 20 dias e passaram dos 3 dígitos (foram várias e todas da Carter's, o que acabou sendo uma baita pechincha), comprei Waterpik por 80 dólares, sendo que 35 foram de frete (aqui o mesmo modelo custa apenas R$ 580). Comprei muito, e mereço um desconto por ter passado o mês de maio inteiro no hospital. Tava quase virando judia naquela av. Angélica. Foi tanto tempo que deu até para encontrar a Nina da Joo dando uma passadinha básica no PS para ver uma febre. E esse post, que era pra ser uma análise e terminou com uma declaração de amor ao Ebay, serve pra dizer: valorizem seu dinheiro. Pesquisem opções mais em conta, mesmo que demore pra chegar. Inclusive, se demorar pra chegar, dá pra avaliar se você precisa mesmo daquilo ou não.

PS: eu sei, tem alguém na Receita que gosta muito de mim.
PS II: eu sei, não conclui direito
PS III: Manu tá ótima.

segunda-feira, 20 de agosto de 2012

A especialista: Make e idade

Outro dia estava pensando na minha rotina de maquiagem quando tinha meus vinte aninhos... Poucos produtos e um grande efeito. Hoje, para conquistar o mesmo visual, fresh e jovem preciso de vários produtinhos. O fato é que com o passar dos anos, mesmo cuidando da pele, o viço, a textura, a elasticidade e a uniformidade de tom, já não são mais os mesmos, e aí, a maquiagem passa a ser uma grande aliada. Pare um pouco e pense: com vinte anos, um batom e uma máscara de cílios super dão conta do recado, mas depois dos trinta... Claro que varia muito de pessoa para pessoa, além dos fatores genéticos, existe o estilo de vida, a alimentação, o cigarro, o sol, a bebida, o stress, os hormônios, muitos fatores que influenciam na sua e na minha pele. Mas onde pretendo chegar? Simples: se você já passou dos trinta como eu, dificilmente parecerá bem disposta se sair de cara lavada... É sério, a maquiagem deixa de ser uma escolha, passa a ser uma "necessidade". Tenho ouvido isso de várias clientes...


O fato é que nem todo dia, temos tempo (ou vontade mesmo) de fazer uma maquiagem. Mas eu não saio de casa sem: corretivo (nas pálpebras superiores e inferiores), máscara de cílios, base em pó, blush e hidratante labial. Com a prática, em cinco minutos você está de "cara nova". Se tenho um pouco mais de tempo, ou aparece um compromisso profissional, aplico um lápis bege na linha d´água, sombra marrom clara na pálpebra móvel e iluminadora abaixo da sobrancelha. Troco o hidratante labial por um batom de longa duração e às vezes invisto em um lápis marrom esfumado nos cílios superiores. Pronto! Como diria uma amiga maquiadora: "Nasci pronta!" Kkkkkkkkkk

E vocês? Qual a maquiagem que usam sempre?




Fernanda Fadigas, maquiadora profissional, ministra cursos de automaquiagem.
@fefadigas 
nanifadigas [arroba] hotmail.com

segunda-feira, 13 de agosto de 2012

A especialista: quem disse, berenice?

É isso mesmo que você acabou de ler. O Boticário lançou uma nova marca de maquiagem com este nome.
Mas o que está por trás desta pergunta? A proposta de quebrar as regras que cercam o mundo da maquiagem. Quem disse que olho preto só pode usar à noite? Sempre digo que maquiagem é personalidade, portanto, se você gosta de batom roxo, vá em frente! Sinta-se livre para usar aquilo que mais combina com você e seu estilo, sem ligar para padrões ou tendências. Porque vamos combinar, nada mais chato e entediante do que estar igual a todo mundo certo? É claro que você precisa antes de qualquer coisa, se conhecer, para usar aquilo que realmente traduz sua essência. Eu amo glitter e tudo que tem brilhinhos, já saí do jardim da infância faz um tempo, mas não vou deixar de gostar (e usar) só porque já passei dos trinta.

A convite da marca fiz um tour pela loja e fiquei muito empolgada com tudo que vi. A proposta é o autosserviço aliado à experimentação, isto é; um verdadeiro playground! São mais de 500 itens! Batom? Cem cores está bom para você?



Olha só que fofo o detalhe do coração “deitado” que é uma boca de perfil e a frase “Se joga!”

Que tal 70 cores de sombra? São três acabamentos: mate, acetinado e glitter.


E esta paleta de sombras, não é linda?   
Mas fiquei empolgada de verdade com duas novidades: a primeira, algo que já falamos várias vezes aqui no blog, sobre a falta de opções de bases nacionais que atendam aos diversos tons de pele, porque, fala sério, quatro tons de base como: clara, natural, média e escura é simplificar demais a diversidade de etnias do Brasil. A marca lança 18 tons de base com três tipos de acabamento: ultraleve (como se fosse um hidratante com cor), mate e iluminadora. Outro diferencial: as cores são
divididas em subtons mais rosados e subtons mais amarelados.


 
A segunda novidade são as máscaras de cílios. São treze aplicadores (!!!) e quatro formulações diferentes para você montar de acordo com sua vontade! Não é máximo? No próprio display os modelos de cerdas estão dispostos com suas “legendas” para facilitar na hora da escolha.

Mas tem muito mais! Eu vi cílios postiços, curvex, pincéis de cerdas coloridas, paleta de blushes, kits de presentes, esmaltes, perfumes, nécessaires, 3 cores de lápis para sobrancelha, primers coloridos...




Os preços são ótimos, alguns exemplos:

- batom: R$17,90
- máscaras de cílios: R$23,90
- sombra: R$21,90
- delineador: R$17,90
- curvex: R$19,90
- gloss: R$21,90
- paleta de blushes: R$55,9
- base líquida mate: R$39,90

As primeiras lojas inauguram no dia 16 de agosto, nos shoppings Paulista e Metrô Tatuapé e mais cinco endereços ainda este ano. As vendas pela internet começam a partir de setembro.

www.quemdisseberenice.com.br
facebook.com/quemdisseberenice

Fernanda Fadigas, maquiadora profissional, ministra cursos de automaquiagem.
@fefadigas 
nanifadigas [arroba] hotmail.com