terça-feira, 22 de janeiro de 2013

Coletor de esmalte da Risqué

Uma ótima notícia para começar 2013: lembram quando fiz um post sobre esmaltes e descartes e et? A Risqué saiu na frente e lançou um coletor de esmalte: um baita vidrão, onde cabem 750 vidrinhos de esmalte <3.



Diz o release:

O material recolhido será coprocessado e transformado em fonte de energia para a indústria de cimento, reduzindo o impacto ambiental causado pelo uso de aterros sanitários”, afirma Patricia Peters, Diretora de Qualidade, Meio Ambiente e Assuntos Regulatórios Divisão Consumo da Hypermarcas, detentora da marca Risqué.

A estimativa na fase de implantação do projeto é que cerca de 150 kg de embalagens de esmaltes sejam coletadas por mês. Inicialmente, a marca disponibilizará os coletores em algumas unidades da perfumaria Ikesaki. A rede de lojas é a grande parceira da marca na ação. Risqué será responsável pelo recolhimento e a correta destinação das embalagens descartadas.


Viva!

16 comentários:

  1. Amei!!!!!!
    Vi uma ação legal no Kalunga, que a cada quilo de cadernos usados ganha um bônus para usar na loja.

    ResponderExcluir
  2. Nossa meninas!!!!! Essa pra mim é nova!!! Na minha saga atrás do descarte adequado de esmaltes a Risqué foi a unica marca que não respondeu, lembram?
    Meus posts sobre o assunto bombaram, ainda mais depois do link aqui no VnF? E até hoje meninas me perguntam no blog ou por email se tem alguma novidade. Não tinha, infelizmente.
    Agora tem! Que bom que uma marca resolveu fazer algo, acho que os questionamentos feitos por nós e por tantas outras garotas, manicures, etc, surtiu efeito. Não dá mais pras marcas fecharem os olhos para essa questão, até porque agora é lei. Valeu pela informação meninas!
    Ps: cada vez que vejo que tem post novo do VnF?no meu reader dou pulinhos de alegria! Vcs fazem falta no mundo blogueiro!
    Espero que as bebes estejam bem e crescendo com saúde!
    Um beijão em todas!
    Renata Crivoi

    ResponderExcluir
  3. Oi Meninas!!!

    Legal que vocês voltaram, e com um post tão digno! Eu, que nunca jogo esmalte fora (justamente por não saber o que fazer), vou fazer uma cata aqui em casa e levar na Ikesaki na próxima ver que eu for para a Liba.

    beijos!!

    ResponderExcluir
  4. Espero que a ação seja um sucesso e vá para mais cidades do Brasil. Normalmente, já deixo meus vidros guardados, espero que em breve possa finalmente me desfazer deles.
    =]

    ResponderExcluir
  5. Que legal!
    Olha, tô louca para achar um desse na minha cidade!
    Sabe onde já tem?
    Beijinhos!!


    http://lookando.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. achei muito legal a ideia. Eu nunca sabia o que fazer com meus vidrinhos...
    Mas será que posso descartar de outras marcas também ou só da Risqué?
    bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. tomara que não, se for só da Risqué vai ser meio burrice deles...

      Excluir
  7. MUITO LEGAL a idéia!
    que bacana!!!! adorei!

    ResponderExcluir
  8. Pelo fato de ser filha de dono de grafica, eu tenho o costume de reciclar todo o meu lixo. Acredito que se cada pessoa fizer a sua parte, conseguiremos viver melhor de maneira geral (e nao me refiro apenas a reciclagem, mas sim aos desperdicios em geral e a educacao - muitas pessoas ainda jogam lixo nas ruas :( ).
    Agora, em se tratando do post acima, acho super interessante essa iniciativa da Risque e da Ikesaki, pois, apesar de vivermos na era digital, muitas pessoas nao sabem o que e reciclagem, onde podem reciclar, etc. Este "vidrao" todo colorido de esmalte e incrivel, estrategia perfeita para atrair a atencao dos consumidores e educa-los ao mesmo tempo de maneira simples e divertida:).
    O unico ponto ruim, ao meu ver, e a centralizacao desses "postos de coleta" apenas para as lojas da Ikesaki. A abrangencia deveria ser maior e com uma campanha mais ativa, que realmente chegasse ao maior numero de consumidoras possivel.
    Pros e contras a parte, so tenho que parabenizar a Risque pela iniciativa e dizer que atitudes como esta trazem beneficios para todos: consumidores, empresas e meio ambiente :).

    Karina Romano

    ResponderExcluir
  9. Eles nunca vão ter os meus vidrinhos - eu guardo todos para fazer as minhas misturinhas. Na "minha natureza" nada se perde!

    ResponderExcluir
  10. Eles nunca vão ter os meus vidrinhos - eu guardo todos para fazer as minhas misturinhas. Na "minha natureza" nada se perde!

    ResponderExcluir
  11. Gente. Coprocessamento significa queimar os vidros de esmalte e seu conteúdo nos fornos das indústrias cimenteiras, lançando gases tóxicos na atmosfera. :((((

    ResponderExcluir

É novo(a) por aqui? Então preste atenção nas seguintes observações:

- O VnF? não é uma democracia
- Apreciamos críticas construtivas
- Comentários que tenham por objetivo apenas a auto-promoção poderão ser removidos.
- As postagens antigas estão sofrendo moderação para evitar os chatíssimos robôs-spam